Abrir menu principal

Alexandra Vitória de Eslésvico-Holsácia-Sonderburgo-Glucksburgo

Alexandra Vitória
Princesa da Prússia
Princesa de Eslésvico-Holsácia-Sonderburgo-Glucksburgo
Alexandra em retrato, c. 1910.
Consorte Augusto Guilherme da Prússia
Arnold Rümann
Nascimento 21 de abril de 1887
  Grünholz, Eslésvico-Holsácia, Alemanha
Morte 15 de abril de 1957 (69 anos)
  Lyon, França
Filho(s) Alexandre Fernando da Prússia (1912-1985)
Pai Frederico Fernando, Duque de Eslésvico-Holsácia
Mãe Carolina Matilde de Eslésvico-Holsácia-Sonderburgo-Augustemburgo

Alexandra Vitória de Eslésvico-Holsácia-Sonderburgo-Glucksburgo (21 de abril de 1887 - 15 de abril de 1957) foi uma filha de Frederico Fernando, Duque de Eslésvico-Holsácia e da sua esposa, a princesa Carolina Matilde de Eslésvico-Holsácia-Sonderburgo-Augustemburgo.

Índice

FamíliaEditar

A princesa Alexandra era a segunda filha do duque Fernando Frederico de Eslésvico-Holsácia-Sonderburgo-Glucksburgo e da princesa Carolina Matilde de Eslésvico-Holsácia-Sonderburgo-Augustemburgo. A sua irmã mais velha, Vitória Adelaide era mãe da princesa Sibila de Saxe-Coburgo-Gota, mãe do actual rei Carlos XVI Gustavo da Suécia. Uma das suas tias maternas era a princesa Augusta Vitória de Eslésvico-Holsácia, esposa do cáiser Guilherme II da Alemanha e mãe do seu futuro marido.[1]

Os seus avós paternos eram o duque Frederico de Eslésvico-Holsácia e a princesa Adelaide de Schaumburg-Lippe. Os seus avós maternos eram o duque Frederico VIII de Eslésvico-Holsácia e a princesa Adelaide de Hohenlohe-Langenburg.[1]

Casamentos e descendênciaEditar

Augusto GuilhermeEditar

 
Alexandra com o marido

Alexandra Vitória casou-se pela primeira vez com o príncipe Augusto Guilherme da Prússia, filho do cáiser Guilherme II e da sua tia, a princesa Augusta Vitória de Eslésvico-Holsácia, no dia 22 de Outubro de 1908 em Berlim.[2]

 
Alexandra Vitória com o filho, o príncipe Alexandre Fernando da Prússia

Apesar do casamento ter sido arranjado pelo imperador e pela imperatriz, foi relativamente feliz no principio e Alexandra era uma grande favorita da sua sogra e tia.[3] A princesa Catherine Radziwill, que frequentava a corte prussiana na época, comentou que Alexandra "sempre se mostrou disposta a ouvir os conselhos da sua sogra. É uma menina simpática - bonita, gorducha e o tipo perfeito de 'Deutsche Hausfrau' que é adorada pelas almas dos novelistas alemães".[4] Outra pessoa da época escreveu que o casamento era de amor e que Alexandra era "uma menina charmosa e inteligente".[5]

Contudo, o casal divorciou-se no dia 16 de março de 1920, tendo apenas um filho:

Arnold RümannEditar

Alexandra Vitória casou-se depois com Arnold Rümann no dia 7 de janeiro de 1922 em Grünholz. Em 1926 mudou-se durante algum tempo para Nova Iorque onde trabalhou como pintora.[6] Viria a divorciar-se do segundo marido em 1933.

Depois da Segunda Guerra Mundial, Alexandra passou a viver numa caravana perto de Wiesbaden, onde ganhava a vida como retratista e pintora de paisagens. Morreu no dia 14 de abril de 1957 num quarto de hotel em Lyon, França.

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alexandra Vitória de Eslésvico-Holsácia-Sonderburgo-Glucksburgo

Referências

  1. a b C. Arnold McNaughton, The Book of Kings: A Royal Genealogy, in 3 volumes (London, U.K.: Garnstone Press, 1973), volume 1, page 59.
  2. Marlene A. Eilers, Queen Victoria's Descendants (Baltimore, Maryland: Genealogical Publishing Co., 1987), page 156.
  3. Radziwill, p. 38.
  4. Radziwill, pp. 38-39.
  5. Schwering, p. 92.
  6. "Obituary 2 -- No Title; Princess Alexandra, 70", The New York Times (Lyons, France), 15 de Abril de 1957