Alexandre Boury

Alexandre Sucupira Boury (São Paulo, 1959) é um diretor de televisão e cineasta brasileiro[1]

Alexandre Boury
Nome completo Alexandre Sucupira Boury
Nascimento 1959 (62 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Diretor e cineasta

BiografiaEditar

Alexandre Boury é um cineasta nascido em São Paulo, em 1959, graduado em jornalismo pela Universidade Gama Filho e é o responsável pela direção de todos os filmes de Renato Aragão a partir de 1999.[2]

Em O Trapalhão e a Luz Azul (1999), seu longa de estreia (co-dirigido por Paulo Aragão), Dedé Santana interpretou seu primeiro vilão no cinema[3]

No ano seguinte, dirigiu, ao lado de Marcelo Travesso, Um Anjo Trapalhão 2000, versão para o cinema de Visita de Natal, especial da Rede Globo que, seguindo o formato de O Auto da Compadecida de 1999, fez o caminho TV-cinema.[3]

Em 2003 dirigiu, novamente ao lado de Paulo Aragão, Didi, o Cupido Trapalhão.

Fez ainda, em parceria com seu pai, Reynaldo Boury, Didi Quer Ser Criança em 2004.[3]

É irmão da roteirista Margareth Boury e tio do ator Guilherme Boury.[4]

No início de 2011 Alexandre deixou a Rede Globo depois de vários anos de trabalho na emissora e assinou contrato com a Rede Record, onde integrou a equipe de Vidas em Jogo.

CinemaEditar

Ano Título Função
1999 O Trapalhão e a Luz Azul (filme) Diretor
2000 Um Anjo Trapalhão (filme)
2003 Didi, o Cupido Trapalhão (filme)
2004 Didi Quer Ser Criança (filme)[5]
2015 Carrossel: O Filme (filme)

TelevisãoEditar

Ano Título Emissora Função
1995 A Próxima Vítima (novela) Rede Globo Diretor
1996 Vira Lata (novela)
1997 Zaza (novela)
1998 Renato Aragão (Especial Natal)
1999/2004 Turma do Didi (humorístico)
2001 Brava Gente (série)
2005 Carga Pesada (série)
2007 O Profeta (novela)
Faça sua História (Especial final de ano)
2008 Guerra & Paz (especial)
Casos e Acasos (série)
2009 Chico Anysio (especial)
2011 Vidas em Jogo (novela) Rede Record
2013 Pecado Mortal (novela)
2015 Cúmplices de um Resgate (novela) SBT
2018 As Aventuras de Poliana (novela)

Referências

  1. «Filme B». Consultado em 12 de julho de 2010. Arquivado do original em 8 de maio de 2012 
  2. E-Pipoca[ligação inativa]
  3. a b c Imdb[1]/
  4. Arquivos[ligação inativa]
  5. Supercinema

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.