Abrir menu principal
Alexandre Melo
Nascimento
Portugal Lisboa, Portugal
Nacionalidade Portugal Portuguesa
Ocupação crítico de arte, curador, ensaísta e professor

Alexandre Melo, nascido em Lisboa, é um crítico de arte, curador, ensaista, cineasta[1] e professor português. Assessor Cultural do Primeiro Ministro de Portugal José Sócrates de 2005 até ao final do mandato do mesmo. Curador da Ellipse Foundation.[2]

Índice

BiografiaEditar

Licenciado em Economia, doutorado em Sociologia e professor de Sociologia da Arte e Cultura Contemporânea na ISCTE, escreve, desde a década de 80, para as principais publicações portuguesas, entre elas o Jornal de Letras, o semanário Expresso ou o Público, e internacionais, como o El País, e é também colaborador regular de revistas internacionais de arte contemporânea como a Flash Art, Artforum e Parkett. Foi autor do programa de rádio «Os Dias da Arte».[3]

Comissário da representação portuguesa na Bienal de Veneza 1997, com Julião Sarmento e na Bienal de São Paulo 2004, com Rui Chafes e Vera Mantero.

Curador das colecções do Banco Privado (em depósito no Museu de Serralves) e da Ellipse Foundation.

Colaborador na escrita do argumento de O Fantasma de João Pedro Rodrigues, co-realizador de Fratelli de Gabriel Abrantes, argumentista e autor dos textos dos documentários Colecção Geração 25 de Abril.[4]


Algumas ExposiçõesEditar

Livros editadosEditar

  • Velocidades Contemporâneas
  • Julião Sarmento,
  • Artes Plásticas em Portugal,
  • Arte e Mercado em Portugal
  • 1994 - O que é Arte (reeditado em 2001)
  • 2002 - Globalização Cultural
  • Aventuras no Mundo da Arte
  • Arte e Artistas em Portugal

ReferênciasEditar

  1. «Página de Alexandre Melo no IMDb». imdb.com. Consultado em 1 de dezembro de 2012 
  2. «Ellipse Foundation». ellipsefoundation.com. Consultado em 10 de abril de 2013 
  3. «Biografia de Alexandre Melo na página da Quimera Editores». quimera-editores.com. Consultado em 25 de novembro de 2012 
  4. «Coleção Geração 25 de Abril no sítio do Público». publico.pt. Consultado em 15 de abril de 2013 

Ligações ExternasEditar