Abrir menu principal

Alexandro da Silva Batista

futebolista brasileiro

Alexandro da Silva Batista, mais conhecido como Alex Créu ou Alexandro Créu, ou simplesmente Alexandro (Cabo Frio, 6 de novembro de 1986), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente joga pelo Guarany de Sobral.

Alexandro
Alexandro
Alexandro em 2007.
Informações pessoais
Nome completo Alexandro da Silva Batista
Data de nasc. 6 de novembro de 1986 (32 anos)
Local de nasc. Cabo Frio, Rio de Janeiro (RJ),  Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1, 84 m
Destro
Apelido Alex Créu
Alexandro Créu
Macacão
Alezandro
Tanque Matador
Informações profissionais
Período em atividade 2005presente (14 anos)
Clube atual Brasil Guarany de Sobral
Número 9
Posição Atacante
Clubes de juventude
2003
20042005
2005
Brasil Real Central Sub-17
Itália Roma Sub-18
Brasil Cabofriense Sub-20
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20052007
2007
2008
2008
2008
2009
20092011
2009
2010
2010
2010
2011
2012
2012
2013
2013
20142016
2014
2015
2015
20152016
2016
2017
2017
2018
2018
2019
2019
Brasil Cabofriense
Brasil Resende
Brasil Joinville
Brasil Resende
Brasil Botafogo
Brasil Santo André
Brasil Resende
Brasil America (emp.)
Coreia do Sul Pohang Steelers (emp.)
Brasil Duque de Caxias (emp.)
Brasil Santa Cruz (emp.)
Brasil Náutico (emp.)
Brasil Macaé
Brasil Tupi
Brasil Bangu
Brasil Icasa
Brasil Penapolense
Brasil Ponte Preta (emp.)
=Emirados Árabes Unidos Emirates Club (emp.)
Brasil Bahia (emp.)
Brasil Ponte Preta (emp.)
Brasil Paysandu (emp.)
Brasil Grêmio Novorizontino
Brasil Oeste
Brasil Portuguesa-RJ
Brasil Sampaio Corrêa
Brasil Resende
Brasil Guarany de Sobral
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0006 0000(5)
0010 0000(1)
0003 0000(0)
0025 000(11)
0033 000(21)
0009 0000(1)
0003 0000(2)
0002 0000(0)
0013 0000(0)
0004 0000(0)
0006 0000(2)
0007 0000(0)
0007 0000(0)
0016 0000(5)
0035 000(13)
0013 000(10)
0013 0000(2)
0022 0000(4)
0015 0000(1)
0011 0000(2)
0009 0000(2)
0008 0000(2)
0004 0000(0)
0006 0000(1)
0003 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 24 de fevereiro de 2019.

Índice

CarreiraEditar

Real Noroeste e Roma – ItáliaEditar

Alexandro começou sua carreira no Real Central, um time de empresários já extinto do Mato Grosso, se destacou pela equipe e foi levado para a Roma, da Itália, onde permaneceu por cerca de um ano e meio.[1]

Cabofriense, Resende e JoinvilleEditar

Por motivo de uma doença de seu pai, já falecido, teve de voltar ao Brasil, foi jogar na Cabofriense, onde se profissionalizou e ficou na equipe por dois anos, de onde foi para o Resende em 2007, em 2008 foi emprestado ao Joinville e ficou apenas um mês no clube. Retornou ao Resende para a disputa da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

BotafogoEditar

O jogador ficou conhecido por vingar o Botafogo, seu time de coração, da "zoação" de seu rival Flamengo, que havia o derrotado e se tornado o campeão da Taça Guanabara de 2008, Alexandro fez um gol numa cobrança de pênalti e comemorou no estilo "chororô" e dançando o "créu".[2] Contra o também rival do Botafogo, o Fluminense, Alexandro marcou dois gols também comemorando do mesmo estilo. Seus gols e suas declarações de amor despertaram o interesse da diretoria do alvinegra,[3] que o contratou por quatro temporadas.[4]

Após o final do campeonato Alexandro foi eleito a revelação do Campeonato Carioca de 2008.[5]

Estreou pelo alvinegro no dia 9 de maio de 2008, contra o Atlético Mineiro pelas quartas-de-final da Copa do Brasil de 2008, entrando no segundo tempo do jogo que terminou 0 a 0 no Mineirão.

Santo AndréEditar

Todavia, não conseguiu repercussão suficiente no Botafogo e acabou sendo repassado ao Santo André em 2009.

AmericaEditar

Afinal, indo para o America, ainda em 2009, disputou por este clube a segunda divisão do campeonato carioca: além de se sagrar campeão, foi o artilheiro da competição, com 21 gols.

Retorno ao Resende e Pohang SteelersEditar

Em 2010, voltou para o Resende, mas logo depois indo para o Pohang Steelers da Coreia do Sul. Após 6 meses retornou para o Brasil para a disputa da Série B pelo Duque de Caxias.

Santa CruzEditar

Em 28 de agosto de 2010, foi contratado pelo Santa Cruz, a pedido do experiente técnico, Givanildo Oliveira. onde disputou o Campeonato Brasileiro da Série D.

Resende – Terceira PassagemEditar

Em 2011 voltou ao Resende para a disputa do Campeonato Carioca de 2011. Foi contratado pelo Náutico, para a disputa da Série B de 2011 mas devido à sua falta de qualidade técnica e de profissionalismo (que culminou com sua chegada bêbado ao treino) foi sumariamente dispensado do time alvirrubro.

America – Segunda passagemEditar

No início de 2012, foi anunciado seu retorno ao America do Rio, dessa vez não conseguido subir-ló a primeira divisão do carioca.

Tupi de Juiz de ForaEditar

Mais tarde, acertou com o Tupi para a disputa da Série C.[6]

Ponte PretaEditar

Chega desacreditado na Ponte Preta mas consegue fazer um bom campeonato ajudando de forma significativa no ano de 2014 na campanha do acesso da série B do brasileirão, sendo artilheiro da equipe na competição. Sendo chamado carinhosamente pela torcida de Macacão em retribuição ao comprometimento que demonstrava nos jogos.

Grêmio NovorizontinoEditar

Em janeiro de 2017, acertou com o Grêmio Novorizontino.

No dia 11 de janeiro de 2017, Alexandro marcou seu primeiro gol pelo Grêmio Novorizontino, na derrota de 3x1 para o Botafogo de Ribeirão Preto, jogo válido pela 2° rodada do Paulistão de 2017.[7]

TítulosEditar

ArtilhariasEditar

América-RJ

Referências

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alexandro da Silva Batista
   Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.