Alfonso Castaldo

Alfonso Castaldo (6 de novembro de 1890 - 3 de março de 1966) foi um cardeal italiano da Igreja Católica Romana . Ele serviu como arcebispo de Nápoles de 1958 até sua morte, e foi elevado ao cardinalato em 1958.

Alfonso Castaldo
Cardeal da Santa Igreja Romana
Arcebispo de Nápoles
Atividade eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Nápoles
Nomeação 7 de fevereiro de 1958
Predecessor Dom Marcello Cardeal Mimmi
Sucessor Dom Corrado Cardeal Ursi
Mandato 1958 - 1966
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 8 de junho de 1913
por Dom Angelo Michele Jannachino
Nomeação episcopal 27 de março de 1934
Ordenação episcopal 30 de junho de 1934
por Dom Alessio Cardeal Ascalesi
Nomeado arcebispo 4 de janeiro de 1950
Cardinalato
Criação 15 de dezembro de 1958
por Papa João XIII
Ordem Cardeal-presbítero
Título São Calisto
Brasão
Coat of arms of Alfonso Castaldo.svg
Lema Non dormitabit neque dormiet
Dados pessoais
Nascimento Casoria de Aniello Castaldo
6 de novembro de 1890
Morte Nápoles
3 de março de 1966 (75 anos)
Nacionalidade italiano
Progenitores Mãe: Marianna Crispino
Pai: Aniello Castaldo
Funções exercidas -Bispo de Pozzuoli (1934-1950)
-Arcebispo-coadjutor de Nápoles (1950-1958)
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

BiografiaEditar

Alfonso Castaldo nasceu em Casoria de Aniello Castaldo (cerca de 1897) e Marianna Crispino. O terceiro de cinco filhos, ele foi batizado em sua casa quatro dias depois, em 10 de novembro, por seu tio paterno, que era um cônego com o mesmo nome, com a permissão da cúria de Nápoles . Castaldo, influenciado por monsenhor Francesco Morano e pelo padre Luigi Maglione , decidiu seguir carreira na Igreja e freqüentou os seminários em Cerreto Sannita , Pozzuoli e Nápoles. Ele também estudou filosofia e letras na Universidade de Nápoles .

Ordenado um sacerdote pelo Bispo Angelo Jannacchino em 8 de junho de 1913, Castaldo serviu como um capelão para o exército italiano (1915-1918), e um reitor em Casoria (1918-1934). Em 27 de março de 1934, foi nomeado bispo de Pozzuoli pelo Papa Pio XI. Castaldo recebeu sua consagração episcopal no dia 30 de junho do cardeal Alessio Ascalesi , com os bispos Salvatore del Bene e Salvatore Meo servindo como co-consagradores .

O Papa Pio XII nomeou-o Arcebispo-coadjutor de Nápoles, Arcebispo Titular de Tessalônica, e Administrador Apostólico de Pozzuoli em 14 de janeiro de 1950. Castaldo tornou-se Arcebispo de Nápoles em 7 de fevereiro de 1958 e foi criado Cardeal-presbítero de São Calisto [1] pelo Papa João XXIII no consistório de 15 de dezembro do mesmo ano. No dia 5 de agosto seguinte, ele foi nomeado bispo ad personam de Pozzuoli.

O cardeal participou do Concílio Vaticano II de 1962 a 1965 e foi um dos eleitores que participaram do Conclave de 1963, que selecionou o Papa Paulo VI. Ele era altamente reverenciado pelo povo de Nápoles e estava muito envolvido em atividades de bem-estar, caridade e educação. [2]

Castaldo morreu em sua residência arquiepiscopal em Nápoles aos 75 anos. Ele está enterrado na Capela Succorpo na Catedral de Nápoles .

 
Tomb of Alfonso Castaldo in the Cathedral of Naples.

ReferênciasEditar

  1. Cardinal Title S. Callisto GCatholic.org
  2. TIME Magazine. The New Cardinals 22 December 1958