Abrir menu principal

Alfred Baeumler

professor académico alemão
Nascimento 19 de novembro de 1887
Neustadt an der Tafelfichte
Morte 19 de março de 1968 (80 anos)
Eningen unter Achalm
Nacionalidade Alemanha alemão
Ocupação filósofo
Filiação NSDAP

Alfred Baeumler (19 de novembro de 1887, Neustadt an der Tafelfichte, norte da Boêmia - 19 de março de 1968, Eningen unter Achalm, próximo de Reutlingen), foi um filósofo e pedagogo alemão, membro do corpo docente da Technische Universität Dresden de 1924 a 1933.[1]

Baeumler foi um dos mais importantes filósofos da Alemanha Nazista, e um dos principais intérpretes da filosofia de Friedrich Nietzsche para legitimar o nazismo - um equívoco denunciado no pós-guerra. Em seus cursos sobre Nietzsche, publicados no pós-guerra, Martin Heidegger manteve seus elogios à "leitura judiciosa feita por Baeumler" de Nietzsche.

Seus livros foram traduzidos em italiano em fins dos anos 1990 pelas Edizioni di Ar, uma editora de extrema-direita fundada em 1963 por Franco Freda, um neofascista condenado a 15 anos de prisão por "associação subversiva" e envolvimento em vários atentados à bomba.

Referências

  1. Snyder 1998, p. 16

BibliografiaEditar

  • Snyder, Louis L. (1998). Encyclopedia of the Third Reich (em inglês). Ware, Hertfordshire: Wordsworth Editions. 410 páginas. ISBN 1-85326-684-1 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.