Abrir menu principal
Out of date clock icon.svg
Este artigo ou seção pode conter informações desatualizadas. Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes, citando fontes fiáveis e independentes.
Alfredo Pérez Rubalcaba
Alfredo Pérez Rubalcaba
Líder da Oposição Espanhola
Período 21 de dezembro de 2011
a 26 de julho de 2014
Antecessor Mariano Rajoy
Sucessor Pedro Sánchez
Dados pessoais
Nascimento 28 de julho de 1951
Medio Cudeyo, Cantábria
Morte 10 de maio de 2019 (67 anos)
Majadahonda, Comunidade de Madrid
Partido Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE)
Profissão Político

Alfredo Pérez Rubalcaba (Medio Cudeyo, Cantábria, 28 de julho de 1951 - Madrid, 10 de maio de 2019) foi um político espanhol filiado no Partido Socialista Obrero Español e Ministro de diversas pastas nos governos liderados por José Luis Rodríguez Zapatero e vice-presidente de governo da Espanha.

Doutor em Ciências Químicas e professor universitário na Universidade Complutense de Madrid, foi Ministro de Educação e Ciência (1992 - 1993) e Ministro da Presidência (1993 - 1996). Na V legislatura foi deputado por Toledo, passando a ser por Madrid nas eleições de 1996 e 2000, e pela Cantábria em 2004.

A partir de abril de 2006 e até 2011 foi Ministro do Interior e desde novembro de 2010 até final de 2011 foi também vice-presidente do governo e porta-voz após a saída de María Teresa Fernández de la Vega.[1]

Rubalcaba foi o candidato socialista a primeiro-ministro nas eleições de 20 de novembro de 2011.[2] Perdeu (com o pior resultado de sempre do PSOE) estas eleições para o Partido Popular liderado por Mariano Rajoy. O PSOE elegeu apenas 110 deputados, o seu pior resultado de todos os tempos sendo batidos em 2015.[3][4]

A 8 de maio de 2019, Rubalcaba entrou no Hospital Puerta de Hierro, em Majadahonda, em estado grave devido a um AVC. Morreu dois dias depois.

Referências

  1. Público.pt (20 de novembro de 2010). «Zapatero faz remodelação profunda do governo». Consultado em 11 de dezembro de 2010. Arquivado do original em 24 de outubro de 2010 
  2. «Diário de Noticias: Rubalcaba nomeado candidato socialista a primeiro-ministro» [ligação inativa] recuperado 9 de julho 2011
  3. «Elecciones generales 2011 - resultados». Consultado em 21 de novembro de 2011 
  4. País, Ediciones El (21 de dezembro de 2015). «Gana el PP, sin votos para gobernar». EL PAÍS (em espanhol) 
Precedido por
María Teresa Fernández de la Vega
Vice-Presidente do Governo da Espanha
2010 - 2011
Sucedido por
Elena Salgado

Precedido por
Mariano Rajoy
Líder da Oposição Espanhola
2011 - 2014
Sucedido por
Pedro Sánchez

Precedido por
José Luis Rodríguez Zapatero
Secretário-Geral do PSOE
2011 - 2014
Sucedido por
Pedro Sánchez
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alfredo Pérez Rubalcaba