Algemas de Ouro

Algemas de Ouro
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero
Duração 50 minutos
Criador(es) Benedito Ruy Barbosa
Dulce Santucci
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Diretor(es) Walter Avancini
Elenco
Exibição
Emissora original RecordTV
Formato de exibição Preto e branco
Transmissão original 3 de março de 1969 – 21 de março de 1970
Episódios 275

Algemas de Ouro é uma telenovela brasileira produzida e exibida pela RecordTV entre 3 de março de 1969 e 21 de março de 1970 com 275 capítulos, substituindo A Última Testemunha e sendo substituída por As Pupilas do Senhor Reitor. Foi escrita por Benedito Ruy Barbosa e Dulce Santucci, tendo a direção de Dionísio Azevedo, Régis Cardoso, Walter Avancini e Waldomiro Baroni e direção geral de Walter Avancini.[1][2] Foi a telenovela mais assistida no período em que era exibida.[3]

Contou com a participação de Lolita Rodrigues, Ivan Mesquita, Susana Vieira, David Netto, Laura Cardoso, Rolando Boldrin, Maria Estela e Márcia Maria.

ProduçãoEditar

 
Laura Cardoso e Ivan Mesquita durante cena da novela.

Algemas de Ouro foi o projeto mais audacioso da emissora até então, tanto pelo alto investimento nos cenários, quanto por trazer um elenco que contava com alguns dos principais nomes da teledramaturgia brasileira, como Susana Vieira, Laura Cardoso, Rolando Boldrin, Lolita Rodrigues e Fúlvio Stefanini.[4] Susana acumulou diversos trabalho simultaneamente, uma vez que havia protagonizado a telenovela anterior, A Última Testemunha, e também estava escalada para Seu Único Pecado, que estrearia em outubro, fazendo com que a atriz estivesse em duas novelas ao mesmo tempo.[4]

Benedito Ruy Barbosa não terminou de escrever a novela, uma vez que seu contrato se encerrou em dezembro de 1969 e o autor preferiu assinar com a Rede Tupi visando um salário maior.[4] Coube à Dulce Santucci – que fazia exatamente o caminho contrário, vinda da Tupi para a Record também por um salário mais alto – escrever os três últimos meses da história.[4] Dulce pediu um referencial para Benedito de como ele imaginava o desfecho dos personagens para que pudesse continuar a trama.[4]

EnredoEditar

Linda (Lolita Rodrigues) é uma mulher a frente do tempo que, ao perceber que seu casamento com Alexandre (Ivan Mesquita) chegou ao fim após descobrir o caso dele com a ardilosa Tide (Susana Vieira), prefere se separar amistosamente e aguentar as duras penas de ser taxada de desquitada do que viver na infelicidade. A decisão não é bem aceita pelos filhos do casal, Moacir (Fúlvio Stefanini), Lene (Márcia Maria), Marcos (Roberto Bolant) e Lu (Reny de Oliveira), que se chocam ainda mais quando a mãe decide se jogar em um novo amor com Custódio (David Netto).

ElencoEditar

Referências

  1. «Na minha novela o Silvio de Abreu não põe a mão, diz Benedito Ruy Barbosa». UOL. Consultado em 23 de março de 2018 
  2. «Algemas de Ouro Resumo». Novelas do Brasil. Consultado em 23 de março de 2018 
  3. «A época de ouro da TV Record». Fashion Bubbles. Consultado em 23 de março de 2018 
  4. a b c d e «Algemas de Ouro». Teledramaturgia. Consultado em 23 de março de 2018 

Ligações externasEditar