Aliança Militar Islâmica

Aliança Militar Islâmica é uma aliança militar intergovernamental composta por 34 países do mundo muçulmano unidos em torno de uma intervenção militar contra o grupo terrorista Estado Islâmico e outras atividades de combate ao terrorismo.[1]

Aliança Militar Islâmica
Islamic Military Alliance.svg

Mapa descrevendo a Aliança Militar Islâmica
Tipo aliança militar
Fundação 15 de dezembro de 2015
Sede Riade, Arábia Saudita
Membros

Trata-se de uma coalizão formada por iniciativa da Arábia Saudita no final de 2015, embora em seus estágios iniciais foi delineada pela intervenção no Iêmen. É direcionada principalmente a combater o terrorismo, a rebelião dos Houthis no Iêmen e o Estado Islâmico no Iraque, na Síria e na Líbia.[2]

Mais outros dez países islâmicos, incluindo a Indonésia (maior nação muçulmana do mundo), manifestaram o seu apoio para a aliança, e o Azerbaijão está a discutir a adesão à aliança.[3][4][5] A Arábia Saudita também convidou o Afeganistão para se juntar a sua recém-formada Aliança Militar Islâmica contra o terrorismo. O embaixador do Tajiquistão na Arábia Saudita confirmou que o Tajiquistão está a estudar seriamente a possibilidade de aderir a Coalizão Islâmica para combater o terrorismo.[6][7]

A organização baseia-se em um centro de comando conjunto em Riade, Arábia Saudita. A sua criação foi anunciada pela primeira vez por Mohammad bin Salman Al Saud, ministro da Defesa da Arábia Saudita, em 15 de dezembro de 2015.[8][9]

Referências

  1. «Joint statement on formation of Islamic military alliance to fight terrorism». www.mofa.gov.sa. Kingdom of Saudi Arabia - Ministry of Foreign Affairs 
  2. «C'est au nom d'Allah que l'alliance militaire de 34 pays formée par l'Arabie combattra le terrorisme» (em francês). 45e Nord. 15 de dezembro de 2015 .
  3. Wam (16 de dezembro de 2015). «34-nation alliance to fight terrorism». Emirates 24/7 
  4. Marguerite Afra Sapiie (16 de dezembro de 2015). «Indonesia yet to decide on Saudi-led military coalition». The Jakarta Post 
  5. Sara Rajabova (15 de dezembro de 2015). «Baku considers joining Riyadh-based coalition to fight terrorism». AzerNews 
  6. «Tajikistan, Azerbaijan to Join Islamic Coalition - ASHARQ AL-AWSAT» (em inglês). ASHARQ AL-AWSAT. Consultado em 14 de janeiro de 2016. Arquivado do original em 24 de dezembro de 2015 
  7. «Tajikistan reportedly plans to join Muslim anti-terror coalition formed by Saudi Arabia | Tajikistan News-NA «Asia-Plus»». news.tj 
  8. «Saudi Arabia Unveils 34-Country 'Islamic Military Alliance'». NBC News 
  9. DeYoung, Karen (15 de dezembro de 2015). «Saudi Arabia launches 'Islamic military alliance' to combat terrorism». The Washington Post (em inglês). ISSN 0190-8286