Alianza País

Movimiento Alianza PAIS
(Patria Altiva I Soberana)
Presidente Lenín Moreno
Primeiro-secretário Gustavo Baroja
Fundação 3 de abril de 2006
Sede Quito, Equador
Ideologia Social-democracia[1]

Histórico:
Socialismo do século XXI[2]
Socialismo democrático
Socialismo
Bolivarianismo
Nacionalismo de esquerda
Populismo de esquerda
Anti-imperialismo

Espectro político Centro[3]

Histórico
Esquerda[4]

Membros (2016) 979.691
Afiliação internacional Foro de São Paulo
Congreso Bolivariano de los Pueblos
Assembleia Nacional do Equador
44 / 137
Cores Azul e verde
Página oficial
http://www.movimientoalianzapais.com.ec

Alianza País — em espanhol: Alianza PAIS (Patria Altiva i Soberana, Pátria Altiva e Soberana) — é um partido político de esquerda do Equador.[5] O partido é dirigido pelo presidente equatoriano, Lenín Moreno. De acordo com pesquisas, o seu antecessor, Rafael Correa teve 61% dos votos nas últimas eleições contra 21% de Guillermo Lasso do Creando Oportunidades, garantindo sua reeleição.

O projeto político do partido é denominado Revolución Ciudadana e se apoia em cinco eixos, todos relacionados com revoluções em vários setores políticos, econômicos e sociais, visando a integração da América Latina e procurando levar o Equador em direção ao socialismo do século XXI. O código eleitoral do PAIS é 35 e suas cores são o verde limão e o azul meia-noite. Em 2011, o partido possuía cerca de 1,5 milhão de membros.[6]

Resultados eleitoraisEditar

Eleições presidenciaisEditar

Data Candidato 1ª Volta 2ª Volta
Votos % Votos %
2006 Rafael Correa 1 246 333 22,8 (2.º) 3 517 635 56,7 (1.º)
2009 Rafael Correa 3 584 236 52,0 (1.º)
2013 Rafael Correa 4 918 482 57,2 (1.º)
2017 Lenín Moreno 3 716 343 39,4 (1.º) 5 060 424 51,2 (1.º)

Eleições legislativasEditar

Data Votos % +/- Deputados +/- Status
2007 75 998 710 64,5 (1.º)
80 / 130
Governo
2009 27 751 651 43,0 (1.º)  21,5
59 / 124
 21 Governo
2013 45 955 995 52,3 (1.º)  9,3
100 / 137
 41 Governo
2017 40 091 544 39,1 (1.º)  13,2
74 / 137
 26 Governo

Referências

  1. https://www.aljazeera.com/programmes/talktojazeera/2019/01/lenin-moreno-establish-ideology-190103060748796.html
  2. «Presidente Correa defiende socialismo del siglo XXI para el Ecuador». EcuadorInmediato.com. 25 de abril de 2007. Consultado em 5 de fevereiro de 2019 
  3. https://www.aljazeera.com/programmes/talktojazeera/2019/01/lenin-moreno-establish-ideology-190103060748796.html
  4. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome :4
  5. Ortiz-T., Pablo (2008), «Ecuador», International Work Group for Indigenous Affairs, The Indigenous World 2008 (em inglês), p. 147 
  6. (em castelhano) http://andes.info.ec/politica/alianza-pais-con-15-millones-de-firmas-para-inscribirse-en-el-organismo-electoral-57587.html Arquivado em 10 de abril de 2011, no Wayback Machine.
  Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.