Abrir menu principal
Allen Berg
Informações pessoais
Nome completo Allen Bernard Berg
Nacionalidade canadiano
Nascimento 1 de agosto de 1961 (57 anos)
Vancouver, Colúmbia Britânica
Registros na Fórmula 1
Temporadas 1986
GPs disputados 9
Títulos 0 (27º em 1986)
Vitórias 0
Pódios 0
Pontos 0
Pole positions 0
Primeiro GP Estados Unidos GP dos EUA, 1986
Último GP Austrália GP da Austrália, 1986

Allen Bernard Berg (Vancouver, 1 de agosto de 1961) é um ex-automobilista canadense.

Índice

CarreiraEditar

Começou a correr em 1978, pilotando karts. Seu primeiro campeonato profissional foi a Fórmula Atlantic, em 1980, quando ficou na segunda posição - o vencedor foi Scott Goodyear, que posteriormente disputaria a CART e a IRL nas décadas de 1990 e 2000. Disputou a categoria até 1981, e correu a Fórmula Pacific australiana no ano seguinte.

Em 1983, disputou a Fórmula 3 Britânica, onde num campeonato polarizado entre o brasileiro Ayrton Senna e o inglês Martin Brundle, ficou na quinta posição, com 32 pontos. Na temporada seguinte, Berg obteve o vice-campeonato, ficando atrás de Johnny Dumfries, com 11 segundos lugares e 67 pontos na classificação geral. Sem vaga em outras categorias, disputou provas do Mundial de Esporte-Protótipos, da Fórmula Atlantic e da obscura Fórmula K Mexicana.

Fórmula 1Editar

Em 1986, aos 24 anos de idade, Berg comprou uma vaga na equipe Osella, no lugar de Christian Danner, contratado pela Arrows para o lugar do lesionado Marc Surer. Estreou no GP dos Estados Unidos, onde abandonou. Penando com um carro sem confiabilidade, o canadense abandonou 5 das 9 etapas que disputou, tendo um 12º lugar no GP da Alemanha como melhor resultado.

Com a volta do GP do Canadá para a temporada de 1987, Berg era lembrado por outras equipes, porém o cancelamento da corrida forçou a saída de Berg da categoria.

Ele ainda chegou a ser cogitado para correr na Andrea Moda Formula, uma vez que o dono da equipe, Andrea Sassetti, foi chefe de Berg no Mundial de Esporte-Protótipos. Uma fratura na mão impediu que o canadense voltasse à Fórmula 1.

Outras categoriasEditar

Depois que saiu da F-1, Berg manteve-se na ativa, disputando provas do DTM, na Fórmula 2 Mexicana, onde foi campeão em 1992, e em 1997 ingressou na Indy Lights Pan-Americana.

Em 2001, aos 40 anos e trabalhando como piloto e dono de equipe ao mesmo tempo, encerrou a carreira ao conquistar o título da Fórmula de Las Americas, pilotando um Lola-Chrysler. No ano seguinte criou a equipe Scuderia Fortia, que disputaria a F-Atlantic até 2003.

Hoje comanda uma escola de pilotagem com seu nome em Calgary.

Resultados completos nas 24 Horas de Le MansEditar

Em 1990, juntamente com Bruno Giacomelli e John Watson, Berg disputou sua única edição das 24 Horas de Le Mans. Pilotando um Porsche Type-935 da Richard Lloyd Racing, ficou em 11º lugar na classificação.

Ano Equipe Veículo Co-Piloto (1) Co-Piloto (2) Colocação
1990   Richard Lloyd Racing Porsche 962C
Porsche Type-935 3.0L Turbo Flat-6
  Bruno Giacomelli   John Watson 11º

Ligações externasEditar