Allie X

cantora canadiana

Alexandra Ashley Hughes (Oakville, 31 de julho de 1985), também conhecida artisticamente como Allie X, é uma cantora e compositora canadense, criada em Los Angeles, na Califórnia.[5] Atualmente, tem um contrato com a Slepless Records.[6] Allie começou sua carreira ao performar em shows de talentos canadenses. Depois de se mudar para os Estados Unidos, lançou a canção "Catch", que atingiu a 55ª posição na Billboard Hot 100 do Canadá.[5][7]

Allie X
Allie X se apresentando no festival SOCAN Canada's Day Family and Friends Bash, em 2015.
Informação geral
Nome completo Alexandra Ashley Hughes[1]
Nascimento 31 de julho de 1985 (36 anos)[2][3]
Origem Oakville, Ontario[4]
País  Canadá
Gênero(s) Indie
Ocupação(ões) Cantora e compositora, atriz, produtora
Gravadora(s) UMG, Lava, Republic
Página oficial www.alliex.com
Assinatura de Allie X

PrecedentesEditar

Ashley teve aulas de piano clássico e voz na Interlochen Arts Academy, no Michigan, e se graduou no Sheridan College's Musical Theater Performance, além de ter estudado teatro musical.[8][9]

CarreiraEditar

Allie começou sua carreira sob o nome de Allie Hughes, em Toronto, por meio do ano de 2006,[10] performando músicas indie, pop melodramático e pop. Em 2008, ela esteve na competição musical How Do You Solve a Problem Like Maria? e foi eliminada após dois episódios. Seus trabalhos artísticos envolvem Triple Sensation, The Boys in the Photograph, King, Being Erica e Instant Star, e suas músicas já estiveram na trilha sonora de Rookie Blue, Saving Hope e Love Me.[8][9] Ela foi uma das quatro artistas musicais a receber o prêmio Canadian Film Centre Slaight Music Residence Showcase em 2013.[8][11] Em julho de 2013, mudou-se para Los Angeles[12] e começou a trabalhar com os produtores Cirkut, juntamente com a Billboard.[12][13] Por não estar satisfeita com as suas canções, passou a aprender sobre design sonoro e produção musical.[14] Em fevereiro de 2014, lançou a canção "Catch" sob o nome de Allie X. Katy Perry fez um comentário sobre a canção no Twitter, classificando-a como "spring jam".[12] Seu single atingiu a quinquagésima quinta posição no Billboard Hot 100 Chart canadense.[15] O EP CollXtion I foi lançado em 7 de abril de 2015, no Canadá.[16] O jornal Toronto Star descreveu Allie como uma "pessoa privada que criou uma persona diferente para suas performances."[14]

Em 2014 e 2015, Hughes fez uma contribuição com o cantor Troye Sivan em seu álbum Blue Neighbourhood, co-escrevendo um total de sete músicas, incluindo duas dos três singles do álbum, "Talk Me Down" e "Youth".[17]

Na segunda metade de 2015, Ashley começou uma turnê pela América do Norte,[18] enquanto apoiava musicalmente Troye Sivan em fevereiro de 2016.[19] No começo de 2017, Hughes recebeu créditos de produção pela canção "Moonlight" de Seohyun em seu EP solo debut "Don't Say No." O lançamento do seu álbum de estúdio, "CollXtion II",foi lançado em junho de 2017.

InfluênciasEditar

Allie cita Mariah Carey, Mark Mothersbaugh, Tom Petty e Haruki Murakami como suas principais influências.[20] Classificada como soprano Fach,[21] Alexandra descreve suas melodias como "pop crescente e borderline teatral da Disney", enquanto suas músicas "sempre soam mais escuras." Ela compara suas composições com um experimento científico em que você coloca o cérebro de duas pessoas juntos por horas e vê o que pode ocorrer posteriormente.[14] Em relação à explicação do X em seu nome, ela afirmou que representa a variável desconhecida em álgebra, e que o "X" é uma parte dela tentando se tornar uma pessoa melhor.[14]

DiscografiaEditar

Álbuns de estúdioEditar

2017 CollXtion II
  • Lançamento: 9 de junho 2017 (Worldwide)
  • Gravadora: Twin Music
2020 Cape God
  • lançamento: 21 de fevereiro de 2020 [22]
  • Gravadora: Twin Music, Allie X Canada

EPsEditar

2015 CollXtion I
Catch (EP)
2017 CollXtion II:Ʉnsolved
2018 Super Sunset
Super Sunset (Analog)

SinglesEditar

Ano Título Charts Álbum
CAN
[7]
2014 "Catch" 55 CollXtion I
"Prime"
"Bitch"
2015 "Catch (relançamento)" Catch EP
"Never Enough"
2016 "Old Habits Die Hard" CollXtion II
"Too Much to Dream" CollXion II: Unsolved
"All the Rage"
"That's So Us" CollXtion II
"Misbelieving" CollXion II: Unsolved
"Alexandra"
"Casanova" Casanova
2018 "Focus" Super Sunset
"Focus (Analog Version)" Super Sunset (Analog)
"Not So Bad In L.A." Super Sunset
"Science"
"Little Things"
"Girl Of The Year"
"Last Xmas" Last Xmas
2019 "Fresh Laundry" Cape God
"Rings a Bell"
"Regulars"
"Love Me Wrong"
2020 "Devil I Know"
"Downtown (2020)" Downtown (2020)
2021 "GLAM!" GLAM!

VideoclipesEditar

Título Ano Diretor(es) Ref.
"Bitch" 2014 George Pimentel [23][24]
"Catch" 2015 Jérémie Saindon [25][24]
"Sanctuary" (ao vivo) Desconhecido
"Too Much to Dream" 2016 Jungle George [26][24]
"All the Rage" (ao vivo) [27]
"Casanova" (ao vivo)
"All the Rage" Jungle George
Maluko Haus
"Old Habits Die Hard" (ao vivo) Taylor Heres
"That's So Us" (ao vivo) Desconhecido
"Too Much To Dream" (ao vivo)
"Paper Love" 2017 Renata Raksha
"Casanova (feat. VÉRITÉ)" India Sleem
"Not So Bad In L.A." 2018
"Fresh Laundry" 2019 Ssion
"Regulars" Cody Critcheloe

ReferênciasEditar

  1. «Allie Hughes Valentines Wedding Spectacular». Sticky Magazine. Consultado em 18 de março de 2014. Arquivado do original em 9 de janeiro de 2012 
  2. «Nee Sous X». La Presse. Consultado em 19 de outubro de 2015. Arquivado do original em 15 de outubro de 2015 
  3. «Allie X tweets birth date (no year)». Allie X Twitter. Consultado em 19 de outubro de 2015. Arquivado do original em 3 de outubro de 2015 
  4. «Allie Hughes May Be The Next Maria». Consultado em 9 de novembro de 2015 
  5. a b Lipshutz, Jason. «Who Is Allie X? 'Catch' Singer Talks Katy Perry Shout-Out, Her Pop Takeover Plan». Billboard. Consultado em 7 de outubro de 2015 
  6. «ALLIE X - SLEEPLESS RECORDS». SLEEPLESS RECORDS (em inglês). Consultado em 29 de março de 2016 
  7. a b «Allie X (chart listing)». billboard.com. 11 de novembro de 2015 
  8. a b c «CFC announces participants for slaight music residency». cfccreates.com. Canadian Film Centre. 18 de março de 2013. Consultado em 9 de abril de 2015 
  9. a b «LyricCanada 2010 National Conference» (PDF). Consultado em 9 de abril de 2015 
  10. «Discogs Allie X Andra». Consultado em 8 de abril de 2015 
  11. Friend, David. «International Star You Should Know: Allie X». Variety (em inglês). Consultado em 29 de março de 2016 
  12. a b c «Allie X - Biography». Billboard.com. Consultado em 3 de abril de 2014 
  13. «Idolator Hello». Consultado em 8 de abril de 2015 
  14. a b c d «Allie X explores her 'shadow self' in her dark radio-ready pop» (entrevista). Consultado em 7 de abril de 2015 
  15. «Katy Perry tweet helps propel Canadian singer-songwriter's 'Catch' to Billboard heights» (entrevista). Consultado em 7 de abril de 2015 
  16. «Idolator Interview» (entrevista). Consultado em 8 de abril de 2015 
  17. Wass, Mike (9 de setembro de 2015). «Allie X On The Warm Reception Of 'CollXtion I,' Co-Writing Troye Sivan's "Bite" & Part II: Idolator Interview». Idolator.com. Consultado em 8 de fevereiro de 2016 
  18. «Allie X will embark on her first ever U.S. tour». AXS. Consultado em 29 de março de 2016 
  19. «Troye Sivan Snags Shamir, Allie X & LANY for 2016 Tour». Fuse. Consultado em 29 de março de 2016 
  20. Danton, Eric R. (14 de abril de 2015). «Wall Street Journal on CollXtion I». The Wall Street Journal. Consultado em 14 de abril de 2015 
  21. Studarus, Laura (1 de setembro de 2015). «Slick Songstress Allie X Mystifies with 'CollXtion'». Consultado em 25 de novembro de 2015. Arquivado do original em 5 de setembro de 2015 
  22. https://www.readdork.com/news/allie-x-and-troye-sivan-have-teamed-up-for-new-single-love-me-wrong
  23. Kaplan, Ilana (7 de julho de 2014). «Exclusive Video Premiere and Interview: 'Bitch,' Allie X». Interview. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  24. a b c Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome IMVDb
  25. Nika, Colleen. «Watch Allie X find unknown pleasures in 'Catch'». Dazed. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  26. Ccantalini, Chris (16 de maio de 2016). «Watch Allie X - Too Much to Dream». gorillavsbear.net. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  27. Baxter, Richard (19 de junho de 2016). «First Listen: Allie X – 'All The Rage'». popologynow.com. Consultado em 27 de fevereiro de 2017. Arquivado do original em 28 de fevereiro de 2017 

Links externosEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Allie X