Abrir menu principal
As 26 secções da Partição dos Alpes. A Oriental começa a 17

Os Alpes Orientais fazem parte da divisão tradicional da chamada Partição dos Alpes adotada em 1924 pelo IX Congresso Geográfico Italiano, com o fim de normalizar a sua divisão em Alpes Ocidentais, Alpes Centrais e Alpes Orientais.

Esta designação também foi usada numa outra partição dos Alpes segundo a classificação # SOIUSA, pois a outra parte é a dos Alpes Ocidentais. O ponto mais alto dos Alpes Orientais é o Piz Bernina que culmina a 4.049 m

Divisão tradicionalEditar

A chamada divisão tradicional divide os Alpes em Alpes Ocidentais, Alpes Centrais e Alpes Orientais, segundo a Partição dos Alpes adotada em 1926 pelo Congresso Geográfico Italiano.

Segundo esta classificação, os Alpes Orientais eram divididos em:

SOIUSAEditar

 
As duas Partes dos Alpe segundo SOIUS

A Subdivisão Orográfica Internacional Unificada do Sistema Alpino (SOIUSA), apresentou em 2005 uma nova divisão dos Alpes que datava de 1926. Esta nova classificação divide os Alpes em duas grandes partes: Alpes Ocidentais e Alpes Orientais, separados pela linha Rio Reno - Passo de Spluga - Lago de Como - Lago de Lecco.

Alpes OrientaisEditar

Os Alpes Orientais, com 22 secções, estão subdivididos em três grupos

Alpes Orientais-NorteEditar

Os Alpes Orientais-Norte são formados por 7 secções

Alpes Orientais-CentroEditar

 
Alpes Orientais SOIUSA; Norte (21-27), Centro (15-20) e Sul (28-36)

Os Alpes Orientais-Centro são formados por 6 secções

Alpes Orientais-SulEditar

Os Alpes Orientais-Sul são formados por 9 secções

Ver tambémEditar

Referências

  • Sergio Marazzi. «SOIUSA» (PDF) (em italiano). Consultado em Nov. 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)


  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.