Alphabet Inc.

conglomerado multinacional norte-americano

Alphabet Inc. é uma holding e um conglomerado que possui diretamente várias empresas que foram pertencentes ou vinculadas ao Google, incluindo o próprio Google.[3][4] A empresa está sediada na Califórnia e foi fundada pelos cofundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin.[5] Desde dezembro de 2019, o CEO da empresa passou a ser Sundar Pichai.[1]

Alphabet Inc.
Empresa de capital aberto
Cotação
Atividade Conglomerado
Fundação 10 de agosto de 2015 (7 anos)
Fundador(es)
Sede Califórnia, Estados Unidos
Proprietário(s)
Pessoas-chave
Empregados +156 500 (2021)[2]
Subsidiárias
Ativos Aumento US$359.3 bilhões (2021)[2]
Lucro Aumento US$76 bilhões (2021)[2]
LAJIR Aumento US$78.7 bilhões (2021)[2]
Faturamento Aumento US$257.6 bilhões (2021)[2]
Website oficial abc.xyz

O portfólio da Alphabet se expandiu através de vários setores, incluindo tecnologia, ciências da vida, capital de investimento e pesquisa. Algumas de suas subsidiárias incluem Google, Calico, Google Capital, Google Ventures, Google X e Nest Labs.

O estabelecimento da Alphabet como um conglomerado de empresas do Google foi motivado por seus executivos, que sentiram que o Google teve que se tornar "mais limpo e mais responsável", permitindo maior controle das empresas cuja atividade principal não estava relacionado com ele.[4][6]

Em 2022, a empresa foi considerada uma das maiores do mundo no ramo da tecnologia. Ela ocupa o segundo lugar no ranking Global 2000 da Forbes com vendas recorde de US$ 257,5 bilhões em anúncios digitais.[7]

HistóriaEditar

A Alphabet foi anunciada em 10 de agosto de 2015 no blog do Google.[8] Ela foi criada para reestruturar o Google movendo as subsidiárias do Google para a Alphabet, diminuindo a área de atuação do Google ou mesmo como eles dizem "Sem ter de atrelar tudo ao nome Google", podendo se ampliar no mercado e deixando a Google mais livre de suas tarefas atuais, podendo focar em seus atuais serviços fornecidos.

O nome foi escolhido por causa de "alphabet" (alfabeto, em português) denominar todas as letras de uma linguagem, uma das inovações mais importantes da humanidade, e é o núcleo de como eles indexam as buscas do Google.[9]

A companhia é formada pela Google Inc., Nest Labs, Calico e as subsidiárias anteriores da Google, como o Google X, Google Capital, Google Fiber, Life Sciences e Google Ventures.[5][10]

GoogleEditar

Sundar Pichai, que anteriormente era o Chefe de Produtos da Google, como o sistema operacional Android, se torna o novo CEO da Google Inc, substituindo o anterior diretor-executivo Larry Page.[11]

A Google ainda continuaria tendo subsidiárias, porém o seu foco iria diminuir e a empresa poderia se expandir em outros ramos, tendo a Google no foco de softwares e produtos tecnológicos. Mesmo com a Alphabet se tornando a nova empresa e a Google apenas uma subsidiária, a Google é a principal empresa da Alphabet.[12]

Domínio .xyzEditar

A escolha do nome abc.xyz pode ter sido porque o nome Alphabet.com pertence a uma divisão de negócios da empresa de automóveis BMW,[13] porém as empresas ainda estão em diálogos para entrarem em um acordo sobre o domínio.

EstruturaEditar

 
Estrutura proposta pela Alphabet Inc.

A maior subsidiária da Alphabet é o Google Inc., mas o conglomerado também é a empresa-mãe da Calico, Google Ventures, Google Capital, Google X e Nest Labs.[5]

Enquanto muitas empresas ou divisões que anteriormente eram parte do Google se tornaram subsidiárias da Alphabet, o Google continuou a ser a empresa responsável pelos negócios relacionados à internet do conglomerado. Estes incluem muitos dos produtos e serviços mais emblemáticos e associados à marca Google, tais como o sistema operacional móvel Android, o YouTube e o Google Search, que permaneceram como componentes diretos do Google e não foram transformados em subsidiárias da Alphabet.[14]

Processo de reestruturação acionáriaEditar

Para iniciar o processo de reestruturação, a Alphabet foi criada como uma subsidiária, detida diretamente pela Google Inc. Os papéis das duas empresas - uma como proprietária e a outra como subsidiária - então foram revertidos em duas etapas. Em primeiro lugar, uma subsidiária fantoche da Alphabet foi criada. Em seguida, a Google se fundiu com essa filial de fachada durante a conversão de ações do Google para as da Alphabet. A subsidiária pós-fusão, não a de fachada, mudou seu nome para "Google Inc." A Alphabet manteve a história e o preço das ações da Google Inc. e continuou a negociar sob siglas "GOOG" e "GOOGL". Sob a lei de Delaware, uma reorganização acionária deste tipo pode ser feita sem o voto de acionistas, assim como essa reorganização foi.[15]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b Zogbi, Paula (4 de dezembro de 2019). «Fundadores do Google deixam empresa após 21 anos; Sundar Pichai acumula liderança da Alphabet». InfoMoney. Consultado em 10 de dezembro de 2019 
  2. a b c d e «Alphabet Inc. 2021 Annual Form 10-K Report» (PDF) (em inglês). Alphabet. 31 de dezembro de 2021. Consultado em 3 de fevereiro de 2022 
  3. «Google to be part of new holding company, 'Alphabet'». Consultado em 11 de agosto de 2015 
  4. a b Page, Larry. «G is for Google». Google Official Blog. Consultado em 11 de agosto de 2015 
  5. a b c Womack, Brian (10 de agosto de 2015). «Google Creates New Company Called Alphabet, Restructures Stock». Bloomberg. Consultado em 10 de agosto de 2015 
  6. Metz, Cade. «A New Company Called Alphabet Now Owns Google». Wired. Condé Nast. Consultado em 13 de agosto de 2015 
  7. Redação (12 de maio de 2022). «Apple é a maior empresa de tecnologia do mundo em 2022; veja a lista completa». Forbes Brasil. Consultado em 9 de agosto de 2022 
  8. Page, Larry. «G is for Google». Official Google Blog. Google Inc. Consultado em 10 de agosto de 2015 
  9. Por que o Google se tornou parte de uma empresa ainda maior chamada Alphabet (Gizmodo UOL) Visitado em 22/08/2015
  10. «What is Alphabet, Google's new company?». Business Insider. Consultado em 10 de agosto de 2015 
  11. Chen, Angela. «Google Creates Parent Company Called Alphabet in Restructuring». Wall Street Journal. Consultado em 10 de agosto de 2015 
  12. Tecnoblog - Alphabet e Google. Visitada em 22/08/2015
  13. O domínio www.alphabet.com pertence à BMW Visitado em 22/08/2015
  14. «Google's new Alphabet, from A to Z (pictures) - CNET». CNET. Consultado em 12 de agosto de 2015 
  15. «Google Inc. filing with the SEC, Form 8-K». United States Securities and Exchange Commission. 10 de agosto de 2015. Consultado em 11 de agosto de 2015 

Ligações externasEditar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Categoria no Commons
  Este artigo sobre Internet é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.