Aluvaiá

Aluvaiá (de àlùwàlá), na mitologia bantu, é um inquice da comunicação e do corpo humano e guardião da comunidade. Equivale ao orixá Exu.[1] Seu nome, genericamente, está ligado ao conjunto de procedimentos purificatórios, sendo este o sentido, no candomblé, do "despacho de Exu".[2]

Referências

  1. Barros 2007, p. 55; 211.
  2. Barros 2007, p. 211.

BibliografiaEditar

  • Barros, Elisabete Umbelino de (2007). Línguas e Linguagens nos Candomblés de Nação Angola. São Paulo: Universidade de São Paulo