Alvor (vila)

vila da freguesia homónima do município de Portimão, Portugal

Alvor é uma vila portuguesa situada na freguesia homónima de Alvor de que é sede, no concelho de Portimão.[1]

Igreja Matriz de Alvor

A povoação de Alvor foi elevada à categoria de vila pela Lei n.º 42/88 de 1988-04-19.[2]

ToponímiaEditar

Em 716, no curso da Invasão muçulmana da península Ibérica, Alvor foi conquistada pelos mouros e começou a ser referida como Albur ou Alvor, nome da serra onde foi construído o castelo de Alvor[3], de que restam apenas vestígios.[4]

HistóriaEditar

Alvor está associada a Portus Hannibalis, como porto fundado pelo general cartaginês Aníbal[5], conforme menciona João de Barros: "Alvor, vila no Reino do Algarve, sabia-se chamar Porto de Aníbal, como diz Florián de Ocampo"[6].

Tendo sido povoação muçulmana durante séculos, Alvor foi conquistada por D. Sancho I em 3 de Junho 1189, mas perdida pouco tempo depois, voltando a integrar-se definitivamente no Reino de Portugal, em 1250, com a conquista do Algarve por D. Afonso III.[4]

Por decreto de D. Afonso V, Alvor esteve inserida nos domínios do Conde de Faro, e o título de Conde de Alvor foi criado em 1683 por D. Pedro II, sendo extinto quando do Processo dos Távoras, com a condenação do 3º Conde de Alvor, Francisco de Assis de Távora.

Em Alvor faleceu, em 25 de Outubro de 1495, el-rei de Portugal D. João II. Pouco tempo depois, D. Manuel elevou-a a vila sede de concelho, estatuto que viria a perder no início do século XIX. O pequeno município era constituído apenas pela vila e tinha, em 1801, 1 288 habitantes.

Em 1975 foi nesta vila assinado o Acordo de Alvor entre o governo português e os três principais movimentos de libertação de Angola.

ActividadesEditar

Terra de tradição marítima e piscatória, no presente, paralelamente à pesca de cariz artesanal, a restauração, o comércio e o turismo são as actividades económicas principais.

Alvor é conhecida pelas suas praias e pela aldeia piscatória junto à foz do rio.

Embora seja costume ouvir os visitantes ou pessoas de fora chamar "O Alvor" à vila, a designação "O Alvor" refere-se ao Rio Alvor que bordeja a vila.

Praia e RiaEditar

Cercada por hotéis e empreendimentos turísticos Alvor dispõe de um extenso areal.

Protegida pelo areal da praia existe a Ria de Alvor, uma importante zona húmida onde nidificam ou se protegem e alimentam muitas espécies de aves.[7]

PatrimónioEditar

Personalidades ilustresEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Alvor (vila)

Referências

  1. Localização no Google Maps [1]
  2. Diário da República n.º 91/1988, Série I de 1988-04-19[2]
  3. Antoine Augustin Bruzen de la Martinière Le grand dictionnaire géographique, historique et critique, Volume 2
  4. a b Sampaio, José Rosa (2011). "Resenha Histórica da Freguesia de Alvor". Ed. Junta Freguesia de Alvor.
  5. David J. J. Evans (2004), p.470
  6. Barros, João de. Libro das antiguidades e cousas notaueis de antre Douro e Minho, e de outras muitas de España e Portugal. 1549. Capítulo: II. 
  7. Guia Visão das Praias (2004), pág. 140.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.