Abrir menu principal
Amália
Duquesa na Baviera
Amália por volta de 1890.
Duquesa de Urach
Condessa de Württemberg
Reinado 4 de julho de 189226 de maio de 1912
Antecessor(a) Florestina de Mônaco
Sucessor(a) Wiltrude da Baviera
 
Cônjuge Guilherme Carlos, Duque de Urach
Casa Wittelsbach (por nascimento)
Württemberg (por casamento)
Nascimento 24 de dezembro de 1865
  Munique, Reino da Baviera (atual Baviera, Alemanha)
Morte 26 de maio de 1912 (46 anos)
  Estugarda, Reino de Württemberg (atual Baden-Württemberg, Alemanha)
Pai Carlos Teodoro, Duque na Baviera
Mãe Sofia da Saxônia
Brasão

Amália Maria da Baviera (em alemão: Amalie Maria ; Munique, 24 de dezembro de 1865Estugarda, 26 de maio de 1912)[1][2][3] foi duquesa na Baviera por nascimento, além de duquesa de Urach e condessa de Württemberg pelo seu casamento com Guilherme Carlos, Duque de Urach, o futuro rei Mindaugas II da Lituânia.

Índice

FamíliaEditar

Amália foi a única filha de Carlos Teodoro, Duque na Baviera e de sua primeira esposa, a princesa Sofia da Saxônia. Os seus avós paternos eram Maximiliano, duque na Baviera e Luísa Guilhermina da Baviera. Os seus avós maternos eram o rei João da Saxónia e a princesa Amélia Augusta da Baviera.

As avós de Amália, Luísa Guilhermina e Amélia Augusta, eram irmãs como filhas do rei Maximiliano I José da Baviera, e de sua segunda esposa, Carolina de Baden.

BiografiaEditar

 
Amália e Guilherme Carlos com seus filhos.

Aos 26 anos, a duquesa Amália casou-se com o futuro duque Guilherme Carlos, de 28 anos de idade, no dia 4 de julho de 1892, na cidade de Tegernsee, no então Reino da Baviera. Ele era filho de Guilherme, 1.° Duque de Urach e de sua segunda esposa, a princesa Florestina de Mônaco.

O casal teve nove filhos, cinco meninas e quatro meninos.

Amália faleceu no dia 26 de maio de 1912, semanas após dar a luz à sua última filha, Matilde, aos 46 anos, em Estugarda,.

DescendênciaEditar

  • Maria Gabriela de Urach (22 de junho de 1893 – 19 de março de 1908)
  • Isabel de Urach (23 de agosto de 1894 – 12 de outubro de 1962), foi esposa do príncipe Carlos Aloísio de Liechtenstein, com quem teve quatro filhos;
  • Carolina de Urach (6 de junho de 1896 – 26 de março de 1980), não se casou e nem teve filhos;
  • Guilherme, 3.° Duque de Urach (27 de setembro de 1897 – 8 de agosto de 1957), foi marido de Elisabeth Theurer, com quem teve duas filhas;
  • Carlos Gero de Urach (19 de agosto de 1899 – 15 de agosto de 1981), foi marido da condessa Gabriela de Waldburg zu Zeil und Trauchburg. Sem descendência;
  • Margarida de Urach (4 de setembro de 1901 – 28 de janeiro de 1975), não se casou e nem teve filhos;
  • Alberto de Urach (8 de outubro de 1903 – 11 de dezembro de 1969), conde de Württemberg. Sua primeira esposa foi Rosemary Blackadder, com quem teve uma filha, e depois foi casado com Ute Waldschmidt, com quem teve dois filhos;
  • Ebardo de Urach (24 de janeiro de 1907 – 29 de agosto de 1969), conde de Württemberg. Foi marido da princesa Iniga de Thurn e Taxis, com quem teve cinco filhos;
  • Matilde de Urach (4 de maio de 1912 – 11 de março de 2001), foi esposa de Frederico Carlos, 5.° Príncipe de Hohenlohe-Waldenburg-Schillingsfürst, com quem teve cinco filhos.

Títulos e estilosEditar

  • 24 de dezembro de 1865 – 4 de julho de 1892: Sua Alteza Real Duquesa Amália na Baviera
  • 4 de julho de 1892 – 26 de maio de 1912: Sua Alteza Real A Duquesa de Urach, Condessa de Württemberg, Duquesa na Baviera

AncestraisEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Amália da Baviera

Referências

  1. «The Peerage». thepeerage.com 
  2. «Geneanet». gw.geneanet.org 
  3. «Bavaria». angelfire.com