Amadeu V de Saboia

Amadeu V de Saboia chamado O Grande, nasceu no Castelo do Bourget (Saboia) cerca de 1253 e morreu em Avinhão a 16 Outubro de 1323.

Amadeu V de Saboia
Conde de Saboia
Reinado 1285 - 1323
Predecessor Filipe I
Sucessor Eduardo
 
Nascimento 4 de setembro de 1249 (772 anos)
  Le Bourget-du-Lac
Morte 16 de outubro de 1323 (74 anos)
  Avinhão
Cônjuge Sibila de Bâgé
Maria de Brabante
Descendência Ver seção Descendência...
Casa Casa de Saboia
Pai Tomás II de Saboia
Mãe Beatriz Fieschi

Filho mais novo de Tomás II de Saboia, conde do Piemonte, e da genovesa Beatriz Fieschi, perde o pai ainda criança e é educado pela mãe até o momento em que o seu tio Filipe I de Saboia o vem buscar para fazer os estudos junto dele, em Lyon.

ConflitosEditar

Aos 36 anos e como Conde de Saboia, sucede ao seu tio paterno Filipe I, apesar da existência de um filho do seu irmão mais velho. Amadeu é tutor do outro Filipe, Filipe I de Piemonte, então menor, mas para ficar com a Condado de Saboia, da-lhe as cidades de Turim e de Pinerolo na região do Piemonte.

Amadeu V é senhor de Bresse e de Bagé por casamento com Simone (ou Sibila) de Bâgé. Em 1295 compra o Castelo dos duques de Saboia em Chambéry que rapidamente se torna a residência condal.

AliançasEditar

Amadeu bate Humberto I do Viennois e o conde de Genebra e obriga-os a serem seus vassalos pelo tratado de Annemasse. Num primeiro tempo junto do rei de França, volta-se mais tarde para Habsburgos e do imperador Henrique VII, do Sacro Império.

Em 1315, ataca a ilha de Rodes para ajudar os cavaleiros de São João de Jerusalém contra os Otomanos.

DescendênciaEditar

Amadeu casou-se duas vezes. Uma a 5 Jul 1272 em Lyon com Simone (ou Sibila) Bâgé, e com Maria de Brabante filha do duque de Brabante.

Do casamento com Simone nasceram:

Do casamento com a Maria nasceram:

Ver tambémEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Amadeu V de Saboia

ReferênciasEditar

Precedido por
Filipe I
Amadeu V, Conde de Sabóia

1285 - 1323
Sucedido por
Eduardo