Abrir menu principal
Going the Distance
Amor à Distância[1] (PRT)
Adoro-te... À Distância[2] (BRA)
 Estados Unidos
2010 •  cor •  102[3] min 
Direção Nanette Burstein
Produção Adam Shankman
Jennifer Gibgot
Garrett Grant
Roteiro Geoff LaTulippe
Elenco Drew Barrymore
Justin Long
Charlie Day
Jason Sudeikis
Christina Applegate
Gênero comédia romântica
Música Mychael Danna
Cinematografia Eric Steelberg
Edição Peter Teschner
Companhia(s) produtora(s) New Line Cinema
Offspring Entertainment
Distribuição Warner Bros. Pictures
Lançamento Estados Unidos 3 de setembro de 2010
Brasil 10 de setembro de 2010
Portugal 23 de setembro de 2010
Idioma inglês
Orçamento US$ 32 milhões[4]
Receita US$ 42.1 milhões[4]
Site oficial

Going the Distance (no Brasil, Amor à Distância e em Portugal, Adoro-te... À Distância) é um filme de comédia romântica de 2010 dirigido por Nanette Burstein e estrelado por Drew Barrymore e Justin Long como um jovem casal, Erin e Garrett, que se apaixonam em um verão em Nova York e tentam manter vivo seu relacionamento de longa distância, quando Erin vai para casa em São Francisco. O filme começou a ser filmado em Nova Iorque em julho de 2009 e as filmagens terminaram em setembro de 2010.

Inicialmente, o filme seria lançado internamente em 27 de agosto de 2010, em meio a críticas fracas, mas a Warner Bros. decidiu adiar a data de lançamento de uma semana para 3 de setembro. Isso significou que seu fim de semana de abertura coincidiria com o fim de semana do Labor Day. Dan Fellman, presidente de distribuição doméstica da Warner Bros., afirmou que "a mudança para o fim de semana do Labor Day não apenas nos permite aproveitar o longo feriado, mas nos dá uma certa distância dos outros filmes femininos lançados em agosto".[5] Eventualmente, o lançamento mais antigo de Going the Distance foi em 2 de setembro de 2010, em oito países, incluindo Austrália, Argentina e Alemanha, um dia antes de seu lançamento na América do Norte.[6]

Going the Distance abriu em 3,030 cinemas nos Estados Unidos e no Canadá em 3 de setembro de 2010 e arrecadou US$6,884,964 em seu fim de semana de abertura, ocupando o 5º lugar nas bilheterias atrás de The American, Machete, Takers e The Last Exorcism.[7] O filme finalmente arrecadou $17,804,299 na América do Norte, ficando em 120º no mercado doméstico em 2010.[8] Nos mercados estrangeiros o filme arrecadou $24,248,458, para um total de 42,052,757 dólares, o que o tornou o 118º filme de maior bilheteria de 2010.[9]

Índice

ElencoEditar

Trilha sonoraEditar

  1. Generationals: "Either Way"
  2. Georgie James: "Places"
  3. Katie Herzig: "Hey Na Na"
  4. Albert Hammond Jr.: "In Transit"
  5. The Cure: "Just Like Heaven"
  6. The Pretenders: "Don't Get Me Wrong"
  7. The Boxer Rebellion: "Spitting Fire"
  8. Cat Power: "Could We"
  9. Band of Skulls: "Cold Fame"
  10. Eels: "Prizefighter"
  11. Passion Pit: "The Reeling" (Groove Police Remix)
  12. Fanfarlo: "Harold T. Wilkins, or How to Wait for a Very Long Time"
  13. The Replacements: "Here Comes a Regular"
  14. The Boxer Rebellion: "If You Run"
  15. Gotye: "Learnalilgivinanlovin"
  16. The Airborne Toxic Event: "Half of Something Else"

Três músicas adicionais podem ser acessadas através de um link no CD e na versão digital deluxe:

  1. The Boxer Rebellion – "Evacuate"
  2. Joe Purdy – "Miss Me"
  3. Edward Sharpe and the Magnetic Zeros – "40 Day Dream"

Recepção da críticaEditar

Going the Distance teve recepção mista por parte da crítica especializada. No Rotten Tomatoes, o filme detém uma taxa de aprovação de 53% com base em 165 avaliações, com uma classificação média de 5.73/10. O consenso crítico do site afirma: "É mais oportuno e um pouco mais honesto do que a maioria das comédias românticas, mas a química de tela de Drew Barrymore e Justin Long não compensa o achatamento geral de Going the Distance e a história complicada".[10] Em Metacritic, o filme tem uma pontuação média ponderada de 51 em 100, com base em 31 críticos, indicando "revisões mistas ou médias". [11] As audiências pesquisadas pelo CinemaScore deram ao filme uma nota média de "B" na escala A+ a F.[12]

Referências

  1. Going the Distance (2010) (em português) no CineCartaz (Portugal)
  2. Going the Distance (2010) (em português) no AdoroCinema (Brasil)
  3. «GOING THE DISTANCE (15)». British Board of Film Classification. 5 de julho de 2010. Consultado em 26 de agosto de 2015 
  4. a b «Going the Distance». Box Office Mojo. Consultado em 19 de janeiro de 2013 
  5. «Going the Distance Distancing Itself for Another Week». ReelzChannel. 12 de agosto de 2010. Consultado em 20 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 26 de agosto de 2012 
  6. «Going the Distance (2010) - International Box Office Results». Box Office Mojo. Consultado em 20 de janeiro de 2013 
  7. «Weekend Box Office Results for September 3–5, 2010». Box Office Mojo. Consultado em 20 de janeiro de 2013 
  8. «2010 Yearly Box Office Results - Domestic Grosses». Box Office Mojo. Consultado em 20 de janeiro de 2013 
  9. «2010 Yearly Box Office Results - Worldwide Grosses». Box Office Mojo. Consultado em 20 de janeiro de 2013 
  10. «Going the Distance (2010)». Rotten Tomatoes. Consultado em 6 de agosto de 2014 
  11. «Going the Distance reviews». Metacritic. Consultado em 6 de agosto de 2014 
  12. «Cinemascore». CinemaScore. Cópia arquivada em 20 de dezembro de 2018 

Ligações externasEditar