Amore & Vita-Prodir

equipa profissional de ciclismo de estrada
Amore & Vita-Prodir
Denain - Grand Prix de Denain, 24 mars 2019 (C014).JPG
Informações
Estatuto
Equipa pro (-)
UCI Trade Team II (d) (-)
UCI Trade Team III (d) (-)
continental (a partir de )Visualizar e editar dados no Wikidata
Código UCI
AMOVisualizar e editar dados no Wikidata
Disciplina
País
Fundação
Temporadas
15Visualizar e editar dados no Wikidata
Pessoas chave
Director geral
Director(s) desportivo(s)
Designações anteriores
-
Amore & Vita-Fanini
-
Amore & Vita-Galatron
Amore & Vita-Forzacore
Amore & Vita
-
Amore & Vita-Beretta
Amore & Vita-Beretta-Polska
-
Amore & Vita-McDonald's
Amore & Vita-Conad
-
Amore & Vita
-
Amore & Vita-Selle SMP
Amore & Vita-Selle SMP-Fondriest
-
Amore & Vita-Prodir
a partir de
Amore & Vita
Equipamento
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
equipamento

A Amore & Vita-Prodir (código UCI: AMO)[1] é uma equipa ciclista profissional de categoria Continental e licença letona, ainda que a sua estrutura é italiana.

HistóriaEditar

Ivano Fanini fundador da equipa, junto com seu pai e irmãos já tinham criado equipas juvenis e amadoras anteriormente ainda que a equipa nasceu em 1984 baixo o nome Grupo Sportivo Fanini. Ao longo da sua história tem em torno das 3.000 vitórias em todas as categorias, incluindo 12 Campeonatos do Mundo e 50 títulos nacionais (entre Itália e outros países). Campeões como Franco Chioccioli, Pierino Gavazzi, Gianbattista Baronchelli, Mario Cipollini, Michele Bartoli, Andrea Tafi e Rolf Sorensen foram descobertos por Ivano Fanini.

Criação do nome Amore & VitaEditar

Ivano Fanini, esteve unido à Santa Sede e ao Papa João Paulo II e durante a apresentação e bênção da equipa na Cidade do Vaticano pelo próprio Papa em 1989, decidiu fazer conhecer o seu pensamento com respeito ao aborto. Para levar o seu depoimento a favor da vida, fez escrever nos maillots dos seus corredores o lema "NÃO AO ABORTO", sabendo que lhe ia dar muitos problemas. De facto, desde a primeira carreira da equipa Fanini esteve baixo o fogo das feministas. Fanini não se deu por vencido e em 1990 chamou à sua equipa "Amore & Vita" (Amor e Vida).

A intenção de Fanini foi dar uma mensagem de solidariedade que reúne a todas as pessoas de todas as culturas e crenças, difundindo os valores através do ciclismo.[2]

LicençasEditar

A equipa tem sido registada em diversos países. A luta de Fanini contra a dopagem levou-o a denunciar a um dirigente da Federação Ciclista Italiana, facto que terminou na desafiliação da equipa da FCI.

A sua aproximação ao Papa João Paulo II e à Federação Polaca facilitou-lhe o caminho para registar a equipa na Polónia, além de começar a apostar a jovens polacos no elenco.

Ciclistas destacadosEditar

A equipa conseguiu lançar a ciclistas da formação de Kjell Carlstrom, Przemysław Niemiec, Jonas Ljungblad e Aleksandr Kuschynski, ciclistas que estavam em ascensão e depois passaram a outras formações.

Corredor melhor classificado nas Grandes VoltasEditar

Ano Giro d'Italia   Tour de France   Volta a Espanha  
1989 - - -
1990 32.º
  Andrea Chiurato
- -
1991 22.º
  Stefano della Santa
- -
1992 117.º
  Fabrizio Convalle
- -
1993 96.º
  Giuseppe Calcaterra
- -
1994 37.º
  Rodolfo Massi
- 55.º
  Rodolfo Massi
1995 23.º
  Michel Lafis
- -
1996 27.º
  Nicolaj Bo Larsen
- -
1997 21.º
  Riccardo Forconi
- -
1998 63.º
  Federico Profeti
- -
1999 - - -
2000 - - -
2001 - - -
2002 - - -
2003 - - -
2004 - - -
2005 - - -
2006 - - -
2007 - - -
2008 - - -
2009 - - -
2010 - - -
2011 - - -
2012 - - -
2013 - - -
2014 - - -
2015 - - -
2016 - - -
2017 - - -
2018 - - -
2019 - - -

SedeEditar

A sede da equipa encontra-se em Lucca (Itália) (Via Pesciatina, 352, Lunata).[1]

Material ciclistaEditar

A equipa utiliza bicicletas Fuji.

Classificações UCIEditar

A partir de 2005 a UCI instaurou os Circuitos Continentais da UCI, onde a equipa está desde que se criou dita categoria. Tem participado em carreiras de diferentes circuitos, com o qual tem estado nas classificações do UCI Europe Tour Ranking, UCI America Tour Ranking, UCI Asia Tour Ranking e UCI Africa Tour Ranking. As classificações da equipa e do seu ciclista mais destacado são as seguintes:[3]

UCI Africa TourEditar

Temporada Classificação por equipas Melhor corredor Posição
2006-2007   Alexey Bauer 36º
2007-2008 11º   Sławomir Kohut 50º
2010-2011   Volodymyr Bileka 34º
2016 18º   Eugenio Bani 124º
2017 14º   Pierpaolo Ficara 57º

UCI America TourEditar

Temporada Classificação por equipas Melhor corredor Posição
2005 23º   Domenico Passuello 238º
2005-2006 - - -
2006-2007 - - -
2007-2008 16º   Yuriy Metlushenko 23º
2008-2009 10º   Volodymir Starchyk 47º
2009-2010 18º   Bernardo Cólex 143º
2010-2011 18º   Bernardo Cólex 39º
2013-2014 34º   Uri Martins 242º
2015 29º   Uri Martins 133º
2016 28º   Redi Halilaj 205º
2017 40º   Pierpaolo Ficara 170º
2018 37º   Davide Gabburo 334º

UCI Asia TourEditar

Temporada Classificação por equipas Melhor corredor Posição
2007-2008 46º   Shaun Davel 176º
2008-2009 26º   Yuriy Metlushenko 57º
2009-2010 17º   Yuriy Metlushenko 24º
2010-2011 19º   Yuriy Metlushenko 26º
2011-2012 40º   Maksym Averin 112º
2012-2013 45º   Hossein Alizadeh 82º
2013-2014 24º   Mattia Gavazzi 26º
2015 10º   Mattia Gavazzi
2016 49º   Paolo Lunardon 117º
2017 61º   Marlen Zmorka 120º
2018 28º   Pierpaolo Ficara 122º

UCI Europe TourEditar

Temporada Classificação por equipas Melhor corredor Posição
2005 27º   Jonas Ljungblad 34º
2005-2006 44º   Dainius Kairelis 178º
2006-2007 76º   Dainius Kairelis 150º
2007-2008 79º   Vladislav Borisov 496º
2008-2009 53º   Volodymyr Starchyk 51º
2009-2010 68º   Vladislav Borisov 201º
2010-2011 92º   Niv Libner 372º
2011-2012 109º   Jarosław Dąbrowski 730º
2012-2013 106º   Mihkel Räim 525º
2013-2014 106º   Mattia Gavazzi 569º
2015 94º   Mattia Gavazzi 329º
2016 61º   Marco Zamparella 429º
2017 59º   Marco Zamparella 332º
2018 68º   Iltjan Nika 637º
2019 35º   Marco Tizza 269º

UCI Oceania TourEditar

Temporada Classificação por equipas Melhor corredor Posição
2005-2006 16º   Dainius Kairelis 35º

PalmarésEditar

Para anos anteriores veja-se: Palmarés da Amore & Vita-Prodir.

Palmarés 2020Editar

Circuitos Continentais da UCIEditar

Datas Circuito Carreiras Ganhador

ElencoEditar

Para anos anteriores, veja-se Elencos da Amore & Vita-Prodir

Elenco de 2020Editar

Nome[4] Nascimento Nacionalidade Equipa de 2019
Davide Appollonio 02/06/1989   Itália Amore & Vita-Prodir
Māris Bogdanovičs 19/11/1991   Letônia Interpro Cycling Academy
Yukinori Hishinuma 05/03/1992   Japão Amore & Vita-Prodir
Vitālijs Korņilovs 17/07/1979   Letônia Amore & Vita-Prodir
Viesturs Lukševics 16/04/1987   Letônia Amore & Vita-Prodir
Riccardo Marchesini 05/11/1993   Itália Neoprofissional
Kristaps Pelčers 18/11/1999   Letônia Amore & Vita-Prodir
Kaspars Sergis 12/06/1992   Letônia Amore & Vita-Prodir
Marco Tizza 06/02/1992   Itália Amore & Vita-Prodir
Antonio Zullo 31/08/1993   Itália Amore & Vita-Prodir

Notas e referênciasEditar

Ligações externasEditar