Amores verdaderos

(Redirecionado de Amores Verdaderos)
Amores Verdaderos
Amores Verdadeiros (BR)
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Romance
Duração 45 minutos
Criador(es) Enrique Estevanez
Marcela Citterio
País de origem México
Idioma original espanhol
Produção
Diretor(es) Salvador Garcini
Produtor(es) Nicandro Díaz González
Elenco Erika Buenfil
Eduardo Yáñez
Eiza González
Sebastián Rulli
ver mais
Tema de abertura "No Me Compares" por Alejandro Sanz
Tema de encerramento "Me Puedes Pedir Lo Que Sea" por Eiza González ft. Marconi
Exibição
Emissora original Canal de las Estrellas
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 3 de setembro de 2012 – 12 de maio de 2013
Episódios 181 (183 na versão original)
Cronologia
Programas relacionados Amor en custodia (Argentina)
Amor en custodia (México)

Amores Verdaderos (no Brasil, Amores Verdadeiros) é uma telenovela mexicana produzida por Nicandro Díaz para a Televisa e exibida pelo Canal de las Estrellas entre 3 de setembro de 2012 e 12 de maio de 2013, substituindo Abismo de pasión e sendo substituída por La tempestad.[1]

É uma adaptação da telenovela argentina Amor en custodia, produzida em 2005.[2]

Tem Erika Buenfil, Eduardo Yáñez, Eiza González, Sebastián Rulli, Enrique Rocha, Guillermo Capetillo, Marjorie de Sousa, Francisco Gattorno, Lilia Aragón, Julio Camejo, Sérgio Acosta, Sherlyn, Monika Sánchez, Susana González, Natalia Esperón e Ana Martín nos papéis principais.

SinopseEditar

Victoria Balvanera (Erika Buenfil) é diretora criativa da Meta Imagem Internacional, a agência de publicidade mais importante do país. É uma mulher muito bem sucedida e aparentemente muito feliz em seu casamento. Está casada com Nelson Brizz (Guillermo Capetillo), gerente de comercialização da Meta Imagem. Nelson constantemente trai Victoria com as modelos de sua própria agência e ao conhecer a bela Kendra Ferreti (Marjorie de Sousa), a modelo estrela da Meta Imagem, Nelson rapidamente começa um romance clandestino com ela, sem saber que isso lhe acarretaria em muitos problemas no seu casamento de 25 anos.

Kendra, além de sensual e provocante, também é uma mulher perigosa e ambiciosa. E junto com Salsero (Francisco Gattorno), chefe de segurança da mansão dos Balvanera, planeja sequestrar Victoria e cobrar um resgate milionário. Os planos deles acabam falhando graças a José Ángel Arriaga (Eduardo Yáñez), um homem do campo que aparece na Fazenda Balvanera para solicitar o emprego de capataz e acaba salvando Victoria das garras dos bandidos graças ao seu conhecimento em artes marciais.

Victoria, agradecida, e com medo de sofrer novos atentados, decide contratar José Ángel como seu guarda costas e confia nele a sua vida. Cristina (Monika Sánchez), a esposa de Arriaga, não gosta nada do novo emprego do marido e sente ciúmes doentios da aproximação dele com sua patroa. E ela não está errada, pois a amizade entre Victoria e Arriaga acaba se transformando em um grande amor, que os dois escolhem conter para não magoar e trair seus respectivos cônjuges.

Após os atentados que sofreu, Victoria se preocupa também pela segurança de sua filha Nikki (Eiza González), e contrata Francisco Guzmán (Sebastián Rulli) como seu guarda-costas. O problema é que Nikki é uma jovem caprichosa, irritante e mimada que logo de cara rejeita e maltrata Guzmán pois acha que isso é apenas uma forma de sua mãe mantê-la vigiada. Mas com a convivência, Guzmán descobre que Nikki na verdade é uma jovem solitária e que sofre de depressão, manifestada através da bulimia. Os dois se apaixonam perdidamente, mas o orgulho de ambos faz com que vivam entre tapas e beijos.

Liliana (Sherlyn), a filha de Arriaga, começa a trabalhar na mansão dos Balvanera como jardineira e também se apaixona por Guzmán, isso provoca grandes enfrentamentos com Nikki e as duas constantemente brigam pelo amor e atenção dele.

Enquanto isso, Adriana Balvanera (Natália Esperón), a irmã mais nova de Victoria vive um drama há quase 18 anos. Isso porque passou pela dor de perder sua filha Lucía logo depois de seu nascimento. Mas Adriana não aceita a morte de Lucía e tem certeza absoluta que Aníbal Balvanera (Enrique Rocha), seu próprio pai, foi o responsável pelo desaparecimento da bebê. Isso porque Vicente (Marcelo Córdoba), o pai da criança, era um rapaz pobre e humilde, a quem Aníbal rejeita por não ser digno de se casar com sua filha.

Aníbal é o patriarca dos Balvanera e tem uma imagem impecável diante de todo o meio empresarial. Também é a adoração de sua neta Nikki e cumpre todos os seus caprichos. Victoria e Adriana guardam um grande ressentimento de seu pai, já que na época em que sua mãe era viva, Aníbal colecionava amantes e não se importava com a saúde da esposa. Uma dessas amantes é Paula Trejo (Silvia Manríquez), a mãe de Francisco Guzmán, que abandonou a ele e a sua irmã Beatriz (Susana González) para ter um romance com Aníbal. Paula passou 20 anos afastada de seus filhos, e apesar de já ter obtido o perdão de Beatriz, Francisco a rejeita e sente um grande rancor por ela.

Beatriz é casada com Leonardo (Julio Camejo) e tem um filho chamado Guillo (Adrián Escalona). A vida dela se torna um inferno graças às agressões físicas e psicológicas que sofre do marido. Beatriz resolve se separar mas Leonardo não vai deixar o caminho livre. Além de se negar a dar o divórcio, ele também envenena o filho contra a própria mãe. Em meio a toda essa desgraça, Beatriz conhece Salsero e os dois se apaixonam. Salsero era um homem ambicioso e praticava crimes com Kendra Ferreti contra os seus próprios chefes. Mas graças ao amor de Beatriz, ele se torna um bom homem e está disposto a defendê-la de seu ex-marido violento.

Amores Verdadeiros é uma história cheia de tramas envolventes, segredos, ação e principalmente muito amor.

ProduçãoEditar

Em fevereiro de 2012, o produtor Nicandro Díaz confirmou que faria uma adaptação da novela argentina Amor en custodia, para estrear no horário nobre no segundo semestre de 2012[3]. Essa é a segunda versão da trama feito no México; a primeira foi feita pela TV Azteca em 2005.

Para interpretar a protagonista Victoria, varias atrizes fizeram casting, entre elas Rebecca Jones, Daniela Castro, Olivia Collins e Victoria Ruffo[4]. Erika Buenfil, umas das últimas a fazer o casting ficou com a protagonista[5].

Quanto ao personagem Arriaga, Nicandro queria que ele fosse interpretado por algum ator que já havia trabalhado com ele anteriormente. Ou seja, foi disputado por Fernando Colunga e Eduardo Yáñez, sendo este último o escolhido[6].

Dulce María, Ale García e Sherlyn fizeram teste para a personagem Liliana, o papel ficou com Sherlyn, apesar da torcida de Eiza para que Dulce fizesse a personagem.[7].

As gravações da trama começaram em 23 de julho de 2012[8] e duraram até maio de 2013[9].

ElencoEditar

AudiênciaEditar

Estreou com uma média de 26.7 pontos[10]. Ao longo dos meses, conseguiu manter esse número. Sua menor audiência é 14.3 pontos, alcançada em 31 de dezembro de 2012, véspera de ano novo. Já sua maior audiência é de 32.5, alcançada em 19 de março de 2013[11]. Seu último capítulo, com duração de três horas, teve média de 27.8 pontos[12]. Teve média geral aproximada de 27.2 pontos, se tornando a maior audiência do horário desde Mañana es para siempre.[13]

ExibiçãoEditar

No MéxicoEditar

Foi reprisada pelo seu canal original de 29 de julho a 6 de dezembro de 2019, em 95 capítulos, substituindo La gata e sendo substituída por La que no podía amar, às 14h30 e, posteriormente, 15h30.[14]

No BrasilEditar

Foi exibida pela primeira vez através do canal pago TLN Network de 8 de julho de 2019 a 20 de março de 2020, substituindo Um Refúgio para o Amor e sendo substituída por A Força do Destino, com edição original e áudio dublado em português.[15] Encontra-se em processo de dublagem na Rio Sound Estúdios.[16]

Será exibida pelo SBT a partir de 8 de fevereiro de 2021, substituindo Quando me Apaixono na faixa das 18h30.[17]

Trilha SonoraEditar

  1. No me Compares - Alejandro Sanz
  2. Me Puedes Pedir lo que sea - Marconi & Eiza González
  3. Ahora Tu - Malú
  4. De Punta a Punta - Grupo Caneo
  5. Hastío - Lisardo Guarinos
  6. Loco Por Ti - Lisardo Guarinos

VersõesEditar

Prêmios e IndicaçõesEditar

Ano Cerimônia Categoria Nomeados Resultados
2013 Prêmios People en Español 2013[18]
Melhor telenovela
Nominado
Melhor atriz Erika Buenfil Nomeada
Eiza González Nomeada
Melhor ator Eduardo Yáñez Nomeado
Sebastián Rulli Nomeado
Melhor vilã Marjorie de Sousa Nomeada
Melhor atriz secundária Sherlyn Nomeada
Melhor casal Erika Buenfil e
Eduardo Yáñez
Nomeados
Eiza González e
Sebastián Rulli
Nomeados
2014 Prêmios TVyNovelas 2014[19] Melhor telenovela Nicandro Díaz González Ganhadora
Melhor atriz protagonista Erika Buenfil Ganhadora
Melhor ator protagonista Sebastián Rulli Nomeado
Melhor vilã Marjorie de Sousa Ganhadora
Melhor primeira atriz Ana Martín Ganhadora
Melhor atriz co-estrelar Natalia Esperón Nomeada
Melhor atriz de reparto Susana González Ganhadora
Melhor atriz juvenil Sherlyn Ganhadora
Melhor tema musical "No me compares" por Alejandro Sanz Ganhador
Melhor história ou adaptação Kary Fajer, Ximena Suárez Ganhadoras
Melhor direção de cena Salvador Garcini Nomeado
Telenovela multiplataforma
Ganhadora

Prêmios Bravo[20]Editar

Categoria Telenovela Resultado
Melhor telenovela Nicandro Díaz Ganhador
Melhor atriz protagonista Erika Buenfil Ganhadora
Melhor revelação feminina Michelle Rodríguez “Polita" Ganhadora


Referências

  1. «Hoy gran estreno de Amores verdaderos». Televisa. 3 de setembro de 2012. Consultado em 28 de dezembro de 2015 
  2. «Nicandro Díaz confirma que realizará el remake de "Amor en custodia"». TV Boricuasa. 28 de fevereiro de 2012. Consultado em 14 de fevereiro de 2016 
  3. «Nicandro Díaz confirma que realizará el remake de "Amor en custodia"». TV Boricuasa. 28 de fevereiro de 2012. Consultado em 14 de fevereiro de 2016 
  4. «Fernando Colunga, José Ron, Dulce María y otros actores que pudieron protagonizar "Amores verdaderos"». Publimetro. 6 de outubro de 2012. Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  5. «Protagonizará nueva versión de 'Amor en custodia'». Noroeste. 20 de junho de 2012. Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  6. «Yáñez será 'guardaespaldas'». Noroeste. 29 de maio de 2012. Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  7. «Dulce María la villana juvenil de Amores verdaderos». Mas Telenovelas. 22 de junho de 2012. Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  8. «Televisa inició las grabaciones de su nueva producción Amores verdaderos». Produ. 23 de julho de 2012. Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  9. «"Amores Verdaderos" termina grabaciones con susto». Produ. 2 de maio de 2013. Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  10. «Amores Verdaderos supera audiencia de Los Rey». TV y Espectaculos. 4 de setembro de 2012. Consultado em 9 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 14 de fevereiro de 2016 
  11. «Eiza Gonzalez, feliz por la audiencia de Amores Verdaderos». Terra. 22 de março de 2013. Consultado em 9 de fevereiro de 2016 
  12. «Final de Amores Verdaderos logra rating promedio de 27.9 pts». SDP Noticias. 14 de maio de 2013. Consultado em 9 de fevereiro de 2016 
  13. «Reporte de rating "Amores Verdaderos"». Fórum Univision. 13 de maio de 2013. Consultado em 27 de julho de 2015 
  14. TIM, Televisa. «Amores Verdaderos». Las Estrellas TV (em espanhol). Consultado em 12 de dezembro de 2019 
  15. Hiago Junior (15 de maio de 2019). «Inéditas: Sucessos da Televisa, "Amores verdaderos" e "El color de la pasión" ganharão exibição no Brasil». Aparato do entretenimento 
  16. «Clube Versão Brasileira». www.dubla.com.br. Consultado em 11 de novembro de 2020 
  17. «Aparato do Entretenimento: Confirmado: SBT divulga chamada de "Amores Verdadeiros" novela que irá substituir "Quando Me Apaixono" nas tardes da emissora». www.aparatodoentretenimento.com.br. Consultado em 9 de janeiro de 2021 
  18. «"Amores verdaderos" en la revista premios "People en Español"» (em espanhol). Peopleenespañol. Consultado em 4 de janeiro de 2014 
  19. «Lista de ganadores premios TV y Novelas 2014». Starmedia. 23 de março de 2014. Consultado em 9 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 15 de fevereiro de 2016 
  20. «Noche de gala en los premios Bravo». El Mexicano. 17 de outubro de 2013. Consultado em 9 de fevereiro de 2016 

Ligações externasEditar