Abrir menu principal

Investigação sobre o Entendimento Humano

(Redirecionado de An Enquiry Concerning Human Understanding)
Investigação sobre o Entendimento Humano
Autor(es) David Hume
Idioma inglês
País  Inglaterra
Editora Andrew Millar
Lançamento 1748

A Investigação sobre o Entendimento Humano (em inglês, An Enquiry concerning Human Understanding) é o livro de epistemologia do filósofo escocês David Hume publicado em 1748.[1]

A obra aparece ainda no segundo volume de suas obras filosóficas quase completas (pois excluíam textos póstumos e anônimos), o Essays and Treatises on Several Objects. Aí acrescentara uma introdução onde explica a relação com o outra obra sua, o Tratado da Natureza Humana, de publicação anônima. Segundo Hume,

A maioria dos princípios e raciocínios contidos neste livro foi publicada numa obra em três volumes, chamada Tratado da natureza humana: uma obra que o autor projetou antes de deixar a faculdade e que ele publicou não muito depois. Mas, não a achando exitosa, tomou consciência do seu erro de colocá-la na prensa cedo demais e rearranjou-a toda de novo nas seguintes peças, onde algumas negligências no antigo raciocínio, e mais ainda na expressão, estão – espera ele – corrigidas. [2]

O assunto do Tratado era abrangente: o livro I continha a epistemologia humeana, célebre pela crítica à causalidade. A Investigação sobre o Entendimento Humano herda boa parte do conteúdo do Livro I, excluindo-se as discussões acerca da identidade, do tempo e do espaço, mas incluindo-se querelas teológicas acerca da crença em milagres, estado futuro (isto é, após a morte) e providência.

Ligações externasEditar

Referências

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 28 de novembro de 2016. Arquivado do original em 22 de novembro de 2016 
  2. «Cópia arquivada». Consultado em 28 de novembro de 2016. Arquivado do original em 6 de agosto de 2016 
  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.