Abrir menu principal

Wikipédia β

Ana Luiza Koehler

artista brasileira de banda desenhada
Ana Luiza Koehler
Ana Luiza Koehler na edição de 2018 do Festival Internacional de Quadrinhos.
Nascimento 12 de maio de 1977 (41 anos)
Porto Alegre
Cidadania Brasil
Alma mater Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Ocupação artista de história em quadrinhos
Prêmios Troféu HQ Mix de melhor publicação independente
Magnum opus Beco do Rosário
Página oficial
https://anakoehler.wordpress.com

Ana Luiza Koehler (Porto Alegre, 12 de maio de 1977) é uma quadrinista brasileira e arquiteta. Ela tem Mestrado em Arquitetura pela UFRGS e trabalha como ilustradora desde 1993, principalmente com o mercado franco-belga de quadrinhos.[1][2][3]

Seu primeiro trabalho foi para a editora europeia Éditions Daniel Maghen em 2009, sendo responsável pela arte de dois volumes do romance gráfico Awrah, escrito por Fuat Erkol e Christian Simon. Ana Luiza também trabalhou para editoras como Soleil Productions, Fauvard e DC Comics, entre outras, assim como desenvolvendo ilustrações científicas nas áreas de Arqueologia e História.[4]

Em 2015, Ana Luiza se tornou curadora do Festival Internacional de Quadrinhos. No mesmo ano, publicou no Brasil o romance gráfico independente Beco do Rosário, que fala sobre a modernização de Porto Alegre na década de 1920 através de história ficcional de Vitória, uma jovem que vive na área do Beco do Rosário e sonha em ser jornalista. Os desenhos foram feitos com bico de pena e aquarela. O trabalho foi desenvolvido em paralelo à dissertação de Mestrado da quadrinista, cujo tema era as mudanças urbanas naquela região.[5][6]

Em 2016, Ana Luiza ganhou o Troféu HQ Mix na categoria "melhor publicação independente de autor" por Beco do Rosário. Uma exposição de arte sobre o livro, exibida na Galeria Hipotética, em Porto Alegre, também ganhou o HQ Mix no mesmo ano na categoria "melhor exposição".[7][8]

BibliografiaEditar

Referências

  1. «Ana Luiza Koehler» (em inglês). Lambiek Comiclopedia 
  2. «Koehler, Ana Luiza» (em francês). Bédéthèque 
  3. «Oito ilustradoras que usam os quadrinhos para falar de igualdade entre homens e mulheres». Elle. 28 de outubro de 2016 
  4. «Mulheres se destacam como ilustradoras de HQs, universo ainda dominado pelos homens». Revista Donna. 23 de janeiro de 2012 
  5. «Entrevista com Ana Luiza Koehler, autora de HQs e curadora do Festival Internacional de Quadrinhos». Minas Nerds. 3 de novembro de 2015 
  6. a b «Resenha HQB: Beco do Rosário». Impulso HQ. 4 de abril de 2016 
  7. «Galeria Hipotética realiza exposição da nova HQ de Ana Luiza Koehler». Universo HQ. 18 de novembro de 2015 
  8. «Os vencedores do 28º Troféu HQ Mix». Universo HQ. 15 de agosto de 2016 
  9. a b «Awrah» (em francês). Bédéthèque 
  10. «Carthage» (em francês). Bédéthèque 
  11. «Conheça os autores do terceiro MSP 50». Universo HQ. 13 de dezembro de 2010 
  12. «La centurie des Convertis» (em francês). Bédéthèque 
  13. «Vertigo Quarterly CMYK (2014)» (em francês). Bédéthèque 
  14. a b «Une génération française» (em francês). Bédéthèque 

Ligações externasEditar