Ana Rocha de Sousa

actriz e realizadora portuguesa

Ana Rita Rocha de Sousa (Lisboa, 25 de Outubro de 1978)[1] é uma atriz e realizadora portuguesa.[2][3][4]

Ana Rocha de Sousa
Nome completo Ana Rita Rocha de Sousa
Nascimento 25 de outubro de 1978 (45 anos)
Lisboa
Nacionalidade portuguesa
Ocupação atriz e realizadora
Atividade 1997–presente
Festival de Veneza
2020 – Leão do Futuro
2020 – Prémio Especial do Júri

Biografia

editar

Estreou-se na série Riscos, exibida em 1997 na RTP1.[5] Desde então já entrou noutras produções televisivas como A Senhora das Águas, da RTP e as séries Maiores de 20 e Alves dos Reis, do mesmo canal, bem como A Raia dos Medos. Na TVI entrou em Sonhos Traídos e Mistura Fina e recentemente na SIC na série Jura.[6]

No cinema Ana Rocha entrou, com uma participação especial, no No Dia dos Meus Anos (1991) de João Botelho tendo sido o seu primeiro trabalho de sempre. Fez parte do elenco de Até Onde?. Protagonizou em 2007 Beija-me de Aurélio Vasques. No teatro, entre outros espectáculos, integrou o elenco de Sonho de uma Noite de Verão no Teatro Nacional D. Maria II com encenação de João Ricardo. Paralelamente Ana Rocha trabalha como artista plástica, sendo licenciada em Pintura pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa.Também trabalha como realizadora. Dirigiu o documentário Aqui e agora sobre Adriano Correia de Oliveira, a curta-metragem Quem nos Larga…, e diversos showcases de música de artistas como Sérgio Godinho, Maria João, Raquel Tavares, Xaile ou Aldina Duarte.[6]

Depois de concluir a sua licenciatura em Artes Plásticas emigrou para Londres, onde estudou cinema e completou o seu mestrado em realização pela mão da escola de Mike Leigh, a London Film School.[5] Realizou filmes como Laundriness,[3][7] um documentário nomeado para melhor documentário internacional de estudantes, Minha Alma and You e No Mar.[6][8]

Prémios e Reconhecimentos

editar

Sousa esteve por duas vezes consecutivas no "Short Film Corner", segmento de mercado de curtas do Festival de Cannes.[9]

No Festival Internacional de Cinema de Veneza de 2020 venceu o Leão do Futuro e o Prémio Especial do Júri na secção "Horizontes", pela longa-metragem Listen. Tendo igualmente ganho os prémios Bisato d’Oro, Sorriso Diverso Veneza, Casa Wabi e HFPA, paralelos ao festival.[10][8]

Em 2020, foi também galardoada com o Prémio Activa Mulheres Inspiradoras, na categoria Artes.

Voltou a ser premiada por Listen, em 2021, tendo ganho os prémios de Melhor Argumento e Melhor Realização nos Prémios Sophia atribuídos pela Academia Portuguesa de Cinema. [11]

Carreira

editar

Televisão

editar

Referências

  1. Grupo Municipal do CDS-PP (17 de setembro de 2020). «VOTO DE SAUDAÇÃO A ANA ROCHA DE SOUSA» (PDF). Assembleia Municipal de Lisboa. Consultado em 6 de fevereiro de 2021 
  2. Mesquita, Marta (19 de fevereiro de 2019). «Caras | Ana Rocha: "A maternidade deu outro sentido à minha vida"». Caras. Consultado em 18 de julho de 2020 
  3. a b «Caras | Ana Rocha estreia-se como realizadora no Festival de Cinema de Cannes». Caras. 20 de maio de 2012. Consultado em 18 de julho de 2020 
  4. a b c d e Costa, Madalena (16 de setembro de 2020). «De atriz a realizadora: quem é Ana Rocha?». RFM. Consultado em 21 de setembro de 2020 
  5. a b Azinheira, Nuno (22 de outubro de 2017). «Lembra-se da série "Riscos", na RTP? Foi há 20 anos e os atores juntaram-se para recordá-la». www.n-tv.pt. Consultado em 18 de julho de 2020 
  6. a b c «Ana Rocha» (PDF). Instituto do Cinema e Audiovisual. Consultado em 18 de julho de 2020 
  7. «Laundriness | London Film School». lfs.org.uk. Consultado em 18 de julho de 2020 
  8. a b Ribeiro, João Gabriel; André, Mário Rui; Pinto, Rita (14 de setembro de 2020). «Realizadora portuguesa Ana Rocha de Sousa premiada quatro vezes em Veneza». Shifter. Consultado em 21 de setembro de 2020 
  9. «Caras | A escolha de... Ana Rocha». Caras. 26 de julho de 2015. Consultado em 18 de julho de 2020 
  10. «Não foram dois, nem quatro. Ana Rocha de Sousa venceu seis prémios em Veneza». Plataforma Media. 14 de setembro de 2020. Consultado em 21 de setembro de 2020 
  11. «Prémios Sophia 2021: Vencedores». Cinema Sétima Arte. 20 de setembro de 2021. Consultado em 20 de setembro de 2021 
  12. Rádio e Televisão de Portugal. «Um Estranho em Casa - Séries Nacionais - RTP». www.rtp.pt. Consultado em 18 de julho de 2020 
  13. «Ana Rocha reage à polémica da escolha do júri dos apoios ao cinema». Lux. Consultado em 18 de julho de 2020 

Ligações externas

editar