Anatoli Chubais

político russo

Anatoly Chubais (em russo, Анатолий Борисович Чубайс, em 16 de junho de 1955) é um político e empresário russo responsável pela privatização na Rússia como um membro influente da administração de Boris Yeltsin no início de 1990.[1] Durante este período, ele foi uma figura chave na introdução da economia de mercado e dos princípios da propriedade privada na Rússia após a queda da União Soviética.

Anatoli Chubais
Anatoli Chubais
Nascimento 16 de junho de 1955 (69 anos)
Borisov
Cidadania União Soviética, Rússia
Cônjuge Awdotja Andrejewna Smirnowa
Irmão(ã)(s) Igor Czubajs
Alma mater
Ocupação político, economista, empresário
Prêmios
  • Quarto grau da Ordem ao Mérito pela Pátria (2010)
  • Diploma Honorário do Presidente da Federação Russa (2008)
  • Medal "For Merit to the Chechen Republic"
  • Medal "In Commemoration of the 1000th Anniversary of Kazan"
Empregador(a) Instituto de Física e Tecnologia de Moscou
Assinatura

De 1998 a 2008, ele chefiou o monopólio estatal de energia elétrica RAO UES. Uma pesquisa de 2004 conduzida pela PricewaterhouseCoopers e o Financial Times o nomeou o 54º líder empresarial mais respeitado do mundo.[2] Ele foi o chefe da Russian Nanotechnology Corporation (RUSNANO) em 2008-2020.[3][4] Ele foi membro do Conselho Consultivo do JPMorgan Chase desde setembro de 2008[5] até 2013.[6] Atualmente ele trabalha como Enviado Especial do Presidente da Federação Russa para Relações com Organizações Internacionais (desde dezembro 2020).[7]

Referências

editar
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Anatoli Chubais