Abrir menu principal

O Andaraí Esporte Clube é um clube brasileiro de futebol, da cidade de Barbacena, no estado de Minas Gerais.

Andaraí E.C.
Nome Andaraí Esporte Clube
Alcunhas Rubro-negro
Fundação 1 de maio de 1943 (76 anos)
Estádio Walter Antunes
Capacidade 3.500 Pessoas
Presidente Brasil Fernando Sérgio de Oliveira
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Índice

HistóriaEditar

No dia 1º de maio de 1943 nascia o Clube da Boa Vontade, hoje Andaraí Esporte Clube. O local escolhido era um terreno que ficava ao lado do Ginásio Mineiro, onde hoje é a quadra de esportes da Escola Preparatória de Cadetes do Ar - EPCAR. Ali eram feitos os treinamentos e “peladas”.

Os diretores do Andaraí, na época, propuseram ao América de Barbacena o aluguel do Estádio Onda Nunes, que ainda não era gramado, proposta que seria aceita com a condição de que o Andaraí disputasse o campeonato de “Aspirantes” representando o clube da Olegário Maciel. Não houve acordo e o Andaraí partiu para alugar o campo do Atlético, onde hoje fica a Basílica de São José Operário, pela quantia de “cem mil réis” mensais. Era um espaço aberto, sem comodidade nenhuma e foi cercado pelos próprios dirigentes do Andaraí.

As coisas ainda não estavam como era o desejo do Andaraí, era necessário encontrar um local espaçoso para erguer, futuramente, um estádio.

Sylvio Romano Quintão passando certa vez pelo Beco Tugúrio, hoje Rua São Vicente de Paula, ficou deslumbrado com um terreno utilizado, naquela época, pelo Derby Clube Barbacenense. Procurou o dono do imóvel, José Alvez de Oliveira, ex-presidente do Derby Clube, e fez uma proposta de compra que da primeira vez não foi aceita. Não desistindo da empreitada Sylvio Romano Quintão voltou a se encontrar com o proprietário e, desta vez, ficou acertada a compra do terreno, onde fica o atual estádio Walter Antunes,pelo valor Cr$ 10.000,00 (dez mil cruzeiros), a nova moeda vigente no Brasil. Mas como pagar se o clube não tinha o dinheiro? Sylvio Romano Quintão conseguiu um empréstimo de parte desta quantia no antigo Banco da Lavoura e o restante com o Sr. Miranda, morador da vizinha cidade de Barroso, e estava concretizada a transação.

Mais uma vez os abnegados simpatizantes do Clube da Boa Vontade arregaçaram as mangas e, depois de trabalhar até as 17 horas, se dirigiam ao local do terreno com ferramentas cedidas por empréstimo e se dedicavam a construir o hoje Estádio Walter Antunes.

Um dos fatos mais importantes de sua história é que no início de 1948, em seu estádio, aconteceu a primeira transmissão de futebol ao vivo do interior de Minas Gerais, em uma partida contra o Social Ferroviário de Santos Dumont.

O Andaraí se filiou a Liga de Futebol do município em 1945 e disputou o seu primeiro campeonato com os 1º e 2º quadros. Sua primeira camisa era toda em vermelho, com uma listra preta onde tinha a inscrição “Andaraí”, porém suas cores sempre foram o vermelho, o preto e o branco.

Os seus grandes rivais na cidade sempre foram o Olympic, o Villa do Carmo e o América de Barbacena.

A primeira Sede Social ficava em uma casa alugada próxima à atual Basílica de São José, no local denominado Chacrinha. Posteriormente foi transferida para a rua Sete de Setembro, 686.

Em 1949 o clube lançou à venda os “Quinhões” para arrecadar fundos para a construção de sua sede própria cujo terreno, pertencente a Prefeitura, fora doada pelo prefeito Dr. Theobaldo Tolendal e ficava nas confluências da Praça Padre Correia e General Ernani Rabelo, nos fundos da Cadeia Velha, ali o Andaraí permaneceu de 1950 a 1964. Porém com o passar do tempo as acomodações já se tornavam pequenas para abrigar os associados e visitantes.

A Sede Social definitiva, adquirida do Sr. João Batista Rocha, foi inaugurada em 1964 contando com um salão de baile, uma cozinha, dois banheiros (masculino e feminino); uma secretaria, um bar, um salão de reuniões onde funciona a sede da Melhor Idade de Barbacena, além de quatro lojas de aluguel, perfazendo um total de 365 metros quadrados de área construída.

Concretizado mais um sonho, Sylvio Romano Quintão partiu então para a construção de uma Sede Campestre, a Parquelândia, obra que poucos acreditavam possível devido a sua grandeza e que foi inaugurada em 1970. Em um terreno de mais de 100.000 metros quadrados, doado pelo Sr. Stélio Gaitanito Piacezi, foram construídas 5 piscinas para crianças e adultos, 2 bares, parquinho infantil, 2 campos de futebol, quadra poliesportiva, uma lagoa com salão de baile e restaurante suspensos, além de 10 quiosques com churrasqueiras, luz e água corrente.

A “menina dos olhos” do clube, hoje, é o ginásio poliesportivo que leva o nome do seu fundador e maior benemérito do clube, Sylvio Romano Quintão, tendo como primeiro Vice-presidente de Esporte Especializado o " Dr. Fernando Sergio de Oliveira", inaugurado em 1993. Em suas dependências funcionam uma academia de ginástica, uma sauna mista, além da quadra poliesportiva com confortáveis vestiários, palco para espetáculos e camarotes laterais, além de concentração de atletas.

Entre as décadas de 60 e 70, o clube disputou várias vezes o Campeonato Profissional da Liga de Juiz de Fora.

Em 19/01/1969, em seu estádio, o Andaraí enfrentou amistosamente o Alético-MG e foi derrotado por 4x0 com gols de Vaguinho, Amauri, Laci e Tião.

Atualmente seu Departamento de futebol dedica-se às categorias de base e ao futebol amador, disputando apenas o Campeonato de Barbacena e outros torneios regionais promovidos pela LBD (Liga de Desportos de Barbacena).

Participações em Campeonatos Profissionais da FMFEditar

Ano Série Colocação
1967 2º Nível Eliminado no 1ª Fase
1968 2º Nível Eliminado no 1ª Fase
1969 3º Nível Abandonou

TítulosEditar

MunicipaisEditar

Ligações ExternasEditar