Abrir menu principal

Andebol do Sporting Clube de Portugal

secção de andebol do Sporting Clube de Portugal
Nota:  Este artigo refere-se apenas ao andebol do Sporting CP. Se procura informação sobre o clube em geral ou sobre outra(s) modalidade(s), consulte o artigo Sporting Clube de Portugal.
Sporting Clube de Portugal
Andebol Handball pictogram.svg
Sporting Clube de Portugal.png
Abreviatura Sporting CP
SCP
Alcunhas Leões
Verdes e Brancos
Turma de Alvalade
Cores Verde e Branco
Mascote Jubas (Leão)
Informações
Cidade Lisboa
País Portugal
Competição Portugal Andebol 1
Portugal Taça de Portugal
Portugal Supertaça
União Europeia Liga dos Campeões
Fundação 1 de julho de 1906 (113 anos)
Pavilhão Pavilhão João Rocha
(Capacidade: 3 000)
Presidente Portugal Frederico Varandas
Técnico França Thierry Anti
Material esportivo Itália Macron
Resultados
A12018-19
TP2018-19
Vice-campeão
Oitavos-de-final
Uniformes
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Alternativo
[www.sporting.pt Página Oficial]

O Sporting Clube de Portugal (andebol) é um clube português de andebol sediado em Lisboa. É uma das secções profissionais do clube ecléctico Sporting CP e representa uma das modalidades de alto rendimento praticadas no clube. É um dos quatro grandes clubes de andebol de Portugal, com mais de 160.000 sócios registados que contribuem financeiramente para a manutenção da modalidade.[1] As suas equipas, atletas e simpatizantes, de alviverde, são apelidados de sportinguistas e leões pelos seus fãs.

É o clube mais bem sucedido em Portugal, tendo conquistado o Campeonato Nacional com a sua equipa profissional masculina por 21 vezes, sendo também detentor de 15 Taças de Portugal e 3 Supertaças num total de 39 títulos nacionais. É também detentor de 16 títulos regionais.
Internacionalmente, conquistou a Taça Challenge por duas vezes, tendo sido o primeiro clube português a alcançar o feito, e alcançou as meias finais da Liga dos Campeões por uma vez.

HistóriaEditar

O andebol é praticado no Sporting Clube de Portugal desde 1932, por influência de Salazar Carreira que introduziu a modalidade no clube. Foi a 10 de Abril que uma equipa do Sporting realizou o seu primeiro jogo na modalidade, então na variante de onze, a única que se praticava na altura, com o Sporting a vencer o Centro de Armas por 1-0. Curiosamente, o primeiro jogo oficial seria um mês depois frente ao mesmo adversário, mais concretamente em 15 de Maio de 1932.[2]

O andebol de salão, que mais tarde ficou conhecido por andebol de sete, foi aprovado pela Federação Internacional da modalidade em 1937, mas a primeira demonstração desta variante em Portugal, só aconteceu a 12 de Setembro de 1949 no recinto de patinagem de Cascais, tendo uma equipa do Sporting defrontado e vencido outra do Dramático de Cascais por 25-5, estava dado o mote para aquela que se viria a tornar numa das mais emblemáticas modalidades leoninas, essa primeira equipa foi constituída por: Evaristo Ribeiro; Artur Mira e Rui Lanceiro; Fernando Nunes; Pereira de Sousa; Domingos Vicente e Joaquim Chagas, com Pinto dos Santos a suplente.[2]

Em termos oficiais o Sporting arrancou com o andebol de sete em 1950/51 e desde logo a modalidade criou raízes profundas no clube, com a conquista, na época seguinte, do primeiro Campeonato Nacional realizado em Portugal. Inicialmente a temporada do Andebol de sete começava no verão depois de terminadas as competições do andebol de 11, o que se justificava pelo facto dos jogadores serem praticamente os mesmos.[2]

O Sporting tornou-se na grande potência do andebol português, particularmente nas décadas de sessenta e setenta e mesmo na de oitenta, com destaque para o período de 1966 a 1973, em que foram conquistados sete Campeonatos Nacionais em oito possíveis, cinco dos quais consecutivos, com uma equipa mítica que ficou conhecida como Os Sete Magníficos.[2]

Em 1966-67, o andebol do Sporting estreou-se nas taças europeias de clubes, competindo na Taça dos Campeões Europeus. O primeiro adversário foi o US Ivry de França, tendo a equipa leonina perdido os dois jogos (19-22 e 8-25) em tempos em que o Andebol português estava ainda longe do contacto e da experiência internacional que tem hoje.[2]

Em 1995, os sócios do Sporting escolheram o Andebol num referendo interno sobre as modalidades de alto rendimento a manter no clube. Com essa decisão, a modalidade consolidou-se no clube passando a ser uma das suas bandeiras, em termos internos com a conquista de inúmeros títulos e também na Europa, com a conquista da primeira taça europeia do andebol português.[2]

Em 2009-10, conquistou o seu primeiro troféu internacional nesta modalidade, batendo o MMTS Kwidzyn da Polónia na final da Taça Challenge.[3]

Em 2016–17, o clube voltou a repetir o feito, conquistando a Taça Challenge dessa época. Após a conquista europeia, o Sporting acabaria por conquistar o Campeonato Nacional, terminando um jejum de 11 anos.[4] Na época seguinte, o Sporting sagrou-se bicampeão nacional, sagrando-se campeão pela segunda vez consecutiva ao bater o SL Benfica por 33–27 no Pavilhão João Rocha.

Infraestruturas DesportivasEditar

Pavilhão João RochaEditar

 Ver artigo principal: Pavilhão João Rocha
 
Interior do Pavilhão João Rocha.

O Pavilhão João Rocha é a casa das modalidades de alto rendimento do Sporting Clube de Portugal. Situado em Lisboa, junto ao Estádio José Alvalade, tem capacidade para 3000 pessoas, sendo o maior pavilhão do Campeonato Nacional.

EquipamentosEditar

     
 
 
Equipamento Principal
     
 
 
Equipamento Alternativo
     
 
 
Equipamento Stromp

PlantelEditar

Atualizado de acordo com o website oficial do Sporting a 7 de setembro de 2019.[5]

JogadoresEditar

Guarda-Redes
Nac. Nome
16   Cudic
19   Tomás Van Zeller
24   Manuel Gaspar
86   Skok
Laterais
Nac. Nome
2   Pedro Valdés
5   Edmilson Araújo
10   Gonçalo Vieira
13   Frankis Carol
31   Nemanja Mladenović
Centrais
Nac. Nome
11   Carlos Ruesga
18   Carlos Carneiro
Extremos
Nac. Nome
22   Francisco Tavares
28   Arnaud Bingo
29   Valentin Ghionea
37   Nikčević
Pivots
Nac. Nome
17   Tiago Rocha
82   Luís Frade

Equipa técnicaEditar

Nac. Nome Cargo
  Thierry Anti Treinador
  Rui Silva Treinador adjunto
  Pedro Biscaia Preparador físico

PalmarésEditar

Continentais
Competição Títulos Temporadas
  Taça Challenge 2 2009–10 • 2016–17
Nacionais
Competição Títulos Temporadas
  Campeonato Nacional 21 1951–521955–561960–611965–661966–671968–691969–701970–711971–721972–731977–781978–791979–801980–811983–841985–862000–012004–05* • 2005–06* • 2016–172017–18
  Taça de Portugal 15 1971–72 • 1972–73 • 1974–75 • 1980–81 • 1982–83 • 1987–88 • 1988–89 • 1997–98 • 2000–01 • 2002–03 • 2003–04 • 2004–05 • 2011–12 • 2012–13 • 2013–14
  Supertaça Portuguesa 3 1997–98 • 2001–02 • 2013–14
Regionais
Competição Títulos Temporadas
  Campeonato de Lisboa 16 1950–51 • 1951–52 • 1952–53 • 1954–55 • 1955–56 • 1956–57 • 1957–58 • 1959–60 • 1960–61 • 1961–62 • 1962–63 • 1963–64 • 1964–65 • 1965–66 • 1967–68 • 1968–69

* Campeonatos conquistados durante a disputa entre Liga e Federação.

Modalidades do Sporting Clube de PortugalEditar

Sporting Clube de Portugal - Modalidades com Secções Ativas
  aikido   andebol   atletismo   automobilismo   basquetebol   bilhar
  boxe   canoagem   capoeira   ciclismo   desporto adaptado   dressage
  eSports   futebol   futebol feminino   futebol de praia   futsal   ginástica
  golfe   hóquei em patins   surf   judo   karate   kickboxing
  krav maga   natação   padel   paintball   pesca desportiva   polo aquático
  râguebi   remo   taekwondo   ténis   ténis de mesa   tiro à bala
  tiro com arco   triatlo   voleibol   xadrez

Referências

  1. «Sporting CP atinge 160.000 Sócios». Sporting Clube de Portugal. Consultado em 2 de agosto de 2017 
  2. a b c d e f «História do andebol do Sporting». Wiki Sporting. Consultado em 30 de junho de 2019 
  3. «Final da Taça Challenge de 2009–10» (em inglês). EHF. Consultado em 23 de agosto de 2017 
  4. «Final da Taça Challenge de 2017–18» (em inglês). EHF. Consultado em 23 de agosto de 2017 
  5. «Plantel». Sporting Clube de Portugal. Consultado em 30 de junho de 2019