André Abujamra

André Cibelli Abujamra (São Paulo, 15 de maio de 1965) é um cantor, compositor, multi-instrumentista e ator brasileiro.[1] André é filho do ator e diretor de teatro Antônio Abujamra.

André Abujamra
Nome completo André Cibelli Abujamra
Nascimento 15 de maio de 1965 (57 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileiro
Progenitores Pai: Antônio Abujamra
Cônjuge Anna Muylaert
Ocupação
Período de atividade 1995-presente
Carreira musical
Período musical 1988-presente
Página oficial
andreabujamra.net

CarreiraEditar

Montou na década de 1980, junto com Maurício Pereira, a banda Os Mulheres Negras. Eles se autodenominavam a terceira menor big band do mundo. A banda produzia rock experimental com instrumentos eletrônicos. Lançou dois álbuns: Música e Ciência (1988) e Música Serve pra Isso (1990). Depois disso, a banda se dissolveu. Após algum tempo, André Abujamra participou da banda Karnak. Hoje atua em carreira solo, com diversos álbuns lançados, entre eles Infinito de Pé (2004)[1], Mafaro (2010)[2] e O Homem Bruxa (2015)[3].

André Abujamra foi o responsável pela trilha sonora do Telecurso, do programa Provocações e ainda pela abertura do Castelo Rá Tim Bum, ambos da TV Cultura. Ele também cooperou na abertura do programa Charme com Adriane Galisteu do SBT.

Em 2012, Os Mulheres Negras[2] se reagrupou e voltou a se apresentar.

Em 2014, juntou-se ao comediante Rafinha Bastos no Agora É Tarde permanecendo até o término do programa.

Foi casado com a diretora Anna Muylaert.

Seu álbum Omindá foi eleito o 17º melhor disco brasileiro de 2018 pela revista Rolling Stone Brasil[3] e um dos 25 melhores álbuns brasileiros do primeiro semestre de 2018 pela Associação Paulista de Críticos de Arte.[4]

Em 2021, seu álbum Emidoinã foi indicado ao Grammy Latino de melhor álbum de rock ou música alternativa em língua portuguesa.[5]

DiscografiaEditar

SoloEditar

  • 2004 - O infinito de pé
  • 2007 - Retransformafrikando
  • 2010 - Mafaro
  • 2015 - O homem bruxa
  • 2018 - Omindá

Os mulheres negrasEditar

  • 1988 - Música e ciência
  • 1990 - Música serve pra isso

KarnakEditar

GorkEditar

  • 2010 - Tomorow tecnik

TurkEditar

  • 2019 - Dois Chás para o Duzentos e Vinte e Dois [6]

ABCYÇWÖKEditar

  • 2020 - AbcyÇwÖk (com John Ulhoa)

Na televisãoEditar

Ano Titulo Personagem Nota
2017 Manual para se Defender de Aliens, Ninjas e Zumbis Juarez
2015 Os Experientes Nogueira 2 episódios
2014 Agora É Tarde Ele Mesmo Co-apresentador
2013 Saramandaia Maestro Cursino
2008 Beleza Pura Tiago[7]
2007 A Diarista Abdul 1 episódio
2005 A Grande Família Xerife 1 episodio

Atuação em videoclipes de outras bandasEditar

Ano Videoclipe Banda Personagem
2001 Hoje eu acordei feliz Charlie Brown Jr. Bomba [8]

No cinemaEditar

Como atorEditar

Ano Titulo Personagem
2013 Até que a Sbórnia nos Separe Gonçalo Delaclorix (Pai de Cocliquot)
2009 É Proibido Fumar Pablo
2008 Caixa Preta Chefe da Banda
2004 Como Fazer um Filme de Amor Alfred
2002 Durval Discos Fat Marley
2001 Hoje eu acordei feliz Bomba
1999 Castelo Rá-Tim-Bum, o Filme Porteiro do hotel
1998 Boleiros - Era uma Vez o Futebol Pai Vavá
1995 Sábado convidado do churrasco
1995 A Origem dos Bebês Segundo Kiki Cavalcanti Cavalcanti

Como autor de trilha sonoraEditar

Abujamra é creditado como autor, produtor ou editor em mais de 40 obras cinematográficas, entre elas:

  • Onde São Paulo Acaba (1995), Documentário de Andréia Seligmann
  • Rota ABC (1991), Documentário de Francisco Cesar Filho
  • Tema musical dos créditos do Telecurso 2000
  • Domésticas (2000), filme dirigido por Fernando Meirelles e Nando Olival[9]
  • Carandiru (2003), de Hector Babenco

Referências

  1. «Os Mulheres Negras». Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Consultado em 15 de maio de 2021 
  2. Crítica: Documentário tenta decifrar mix musical do Mulheres Negras. Folha de S.Paulo, 8 de maio de 2013
  3. Antunes, Pedro (21 de dezembro de 2018). «Rolling Stone Brasil: os 50 melhores discos nacionais de 2018». Rolling Stone Brasil. Grupo Perfil. Consultado em 28 de dezembro de 2020 
  4. Antunes, Pedro (30 de novembro de 2018). «Baco Exu do Blues, Gilberto Gil, Duda Beat: os 25 melhores discos brasileiros do segundo semestre de 2018, segundo a APCA». Rolling Stone Brasil. Grupo Perfil. Consultado em 28 de dezembro de 2020 
  5. Hussey, Allison; Bloom, Madison (18 de novembro de 2021). «Latin Grammy 2021 Winners: See the Full List Here». Pitchfork. Condé Nast. Consultado em 30 de dezembro de 2021 
  6. André Abujamra lança sua banda punk Turk e celebra Karnak com ópera rock. UOL, 23 de abril de 2019
  7. http://belezapura.globo.com/Novela/Belezapura/Revista/0,,AA1684108-10276,00.html
  8. popfantasma.com.br/ Por trás do clipe de Hoje Eu Acordei Feliz, do Charlie Brown Jr.
  9. «Domésticas, o Filme». Cinemateca Brasileira. Consultado em 11 de julho de 2013. Arquivado do original em 4 de março de 2016 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um(a) compositor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.