Abrir menu principal
Andréa Guerra
Nome completo Andréa Sebastiane Dias Guerra
Nascimento 13 de outubro de 1970 (49 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade  Brasil
Ocupação Modelo

Andréa Sebastiane Dias Guerra (Rio de Janeiro, 13 de setembro de 1970) é uma atriz, modelo[1] e cantora brasileira.

BiografiaEditar

Desfilou e venceu o Concurso das Panteras de 1990. Na televisão estreou e ganhou notoriedade em 1994,[2] como a protagonista do episódio A Desinibida do Grajaú, do Caso Especial, na Rede Globo,[3] personagem pela qual é lembrada até hoje.[4] Atuou também na novela Mandacaru,[5] na extinta Rede Manchete e em Dona Anja, do SBT.

Foi capa da revista Manchete (ed. nº 2091, em 1992), duas vezes da Playboy, em setembro de 1991 e em maio de 1998,[6] e da revista Sexy, em maio de 2003. Em 1995,[7] foi destaque no carnaval na Escola de Samba Acadêmicos do Grande Rio. Participou dos clipes das músicas "Pedra, Flor e Espinho", do Barão Vermelho, e "Saudade Bandida", da dupla Zezé di Camargo e Luciano. Vendeu produtos eróticos no canal Shoptime[8] e fez cobertura de bailes de salões no carnaval para a TV Bandeirantes em 1999,[9] teve pequenas participações no Zorra Total e tentou carreira como cantora.[10] Atualmente é produtora de arte da novela Ribeirão do Tempo, na Rede Record.[11]

CarreiraEditar

TelevisãoEditar

CinemaEditar

TeatroEditar

  • 2000 - Sequestro na Sauna

Referências

  1. Veja, edição 1277, pág.61. Editora Abril, 1968-, semanal. 3 de março de 1993
  2. «Modelo interpreta tipo de Stanislaw Ponte Preta». Folha de S. Paulo. 11 de setembro de 1994 
  3. FIUZA, Sílvia Regina de Almeida. Dicionário da TV Globo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2003. pág.441/494 ISBN 857110722-X
  4. «Andrea Guerra, a eterna desinibida do Grajaú». 19 de janeiro de 2003 [ligação inativa]
  5. «Nova musa - AN Tevê». 11 de abril de 1998. Arquivado do original em 30 de junho de 2015 
  6. DURAN,J.R; MARTINELLI, Pedro; WOLFENSON,Bob; TRIPOLI, Luis; WEISSER, Otto. Playboy - 30 Anos de Fotografia 1975 - 2005. Rio de Janeiro: Ediouro, 2005. pág.110 ISBN 853640113-3
  7. «Paola Oliveira brilha, mas deixa reinado». Caras. 19 de fevereiro de 2010 
  8. «Gemidos e sussurros na madrugada». Folha de S. Paulo. 5 de outubro de 1997 
  9. «Caderno Ilustrada». Folha de S. Paulo. 5 de fevereiro de 1999 
  10. «Entrevistas - Bate-Papo com Andréa Guerra». Bem Star 
  11. «A ex-musa Andrea Guerra reaparece atrás das câmeras com nova silhueta». Extra. 13 de maio de 2010 
  12. Veja, edição 1395, pág.116. Editora Abril, 1968-, semanal. 7 de junho de 1995
  13. «Caderno Ilustrada». Folha de S. Paulo. 7 de junho de 1997 

Ligações externasEditar