Abrir menu principal

Cronologia do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha

Out of date clock icon.svg
Este artigo ou seção pode conter informações desatualizadas em seu conteúdo. Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes, citando fontes fiáveis e independentes.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde maio de 2015).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

O Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha é o maior estádio da capital do Brasil, Brasília.

Década de 1970Editar

  • 10 de março de 1975: Ocorre a inauguração oficial do Estádio Governador Hélio Prates da Silveira, que contou com a primeira partida de futebol do espaço, entre o Corinthians e o CEUB, resultando na vitória do primeiro com um placar de 2 a 1.[1]

Década de 1980Editar

  • Década de 1980: O Estádio Governador Hélio Prates da Silveira é renomeado para Estádio Mané Garrincha.[1]
  • 18 de junho de 1988: A banda Legião Urbana realiza o primeiro show de um artista no estádio, no que ficou conhecido como um dos episódios mais conturbados da carreira do grupo.[2]

Década de 2000Editar

  • 18 de julho de 2007: O governador José Roberto Arruda anuncia que a reforma do estádio deverá ser iniciada ainda em 2007 e concluída em 2009. As intenções são de que o novo espaço se torne o maior estádio da América e um dos maiores do mundo, com cerca de 100.000 lugares.[3]
  • 18 de fevereiro de 2009: Audiência Pública revela novas informações sobre a reforma do estádio, inclusive a previsão do início das obras - julho de 2009.[4]
  • 18 de maio de 2009: Governador Arruda apresenta à CBF mudanças no projeto do estádio.[5]
  • 31 de maio de 2009: A FIFA anuncia as 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. Brasília aparece na lista.[6]

Década de 2010Editar

  • 26 de fevereiro de 2010: A licitação de reforma do estádio é cancelada pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal.[7]
  • 5 de maio de 2010: É iniciada a desmontagem do Estádio Mané Garrincha para dar espaço à sua reconstrução.[8]
  • 7 de julho de 2010: O consórcio formado pelas construtoras Andrade Gutierrez e Via Engenharia vence a licitação para reforma do estádio.[9]
  • 13 de dezembro de 2010: Obras do estádio seguem para a etapa de fundações.[10]
  • 15 de maio de 2011: Após duas tentativas sem sucesso de implodir a última estrutura ainda de pé do Estádio Mané Garrincha, consórcio decide prosseguir com demolição mecânica.[11]
  • 6 de outubro de 2011: FIFA confirma Brasília como cidade-sede da abertura da Copa das Confederações.[12]
  • 8 de fevereiro de 2012: Com projeto de construção dos pilares em execução, obras atingem 50% de conclusão.[13]
  • 28 de agosto de 2012: Com 72% das obras, Mané Garrincha conclui anel de pilares da estrutura.[14]
  • 28 de setembro de 2012: Estádio atinge 76% de obras concluídas após finalização das arquibancadas.[15]
  • 4 de outubro de 2012: Secopa-DF confirma que todas as cadeiras do estádio serão vermelhas.[16]
  • 29 de outubro de 2012: O GDF, através da Secretaria de Comunicação Social do Distrito Federal, anuncia que o estádio está 81% concluído.[17]
  • 27 de novembro de 2012: Ao lado dos novos estádios de Manaus, Curitiba e Natal, Brasília é candidata a receber jogos dos campeonatos estaduais de Rio de Janeiro e São Paulo.[18]
  • 11 de dezembro de 2012: Com 84% de obras concluídas, estádio continua em processo de instalação da cobertura.[19]
  • 7 de janeiro de 2013: Finalizado o processo de içamento dos cabos da cobertura, obras atingem 87% de conclusão.[20]
  • 20 de fevereiro de 2013: É iniciada a instalação da membrana de cobertura do estádio.[21]
  • 26 de março de 2013: Instalado o último módulo da cobertura do estádio. Obras atingem 94% da conclusão.[22]
  • 5 de abril de 2013: GDF divulga nota reafirmando que o nome oficial da arena não será alterado para Estádio Nacional de Brasília devido a uma suposta exigência da FIFA.[23]
  • 15 de abril de 2013: A inauguração do estádio é adiada para o dia 18 de maio devido a atrasos na instalação do gramado.[24]
  • 27 de abril de 2013: Os primeiros rolos de grama chegam ao estádio.[25]
  • 30 de abril de 2013: Plantio do gramado do estádio é concluído.[26]
  • 18 de maio de 2013: Com presença da presidente Dilma Rousseff, além do governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz e diversas outras autoridades locais e nacionais, o estádio é oficialmente reinaugurado. À tarde ocorreu o jogo inaugural pela final do Campeonato Brasiliense ("Candangão"), entre Brasília e Brasiliense, que resultou na vitória do segundo por 3 a 0.[27]
  • 26 de maio de 2013: Como segundo e último evento-teste antes da Copa das Confederações da FIFA Brasil 2013, o estádio recebeu o jogo de abertura do Campeonato Brasileiro entre Santos e Flamengo, que eventualmente teve como resultado um placar de 0 a 0, mas quebrou o recorde de público do estádio e de arrecadação em toda a história do Brasil.[28][29]
  • 15 de junho de 2013: O estádio recebeu a abertura da Copa das Confederações da FIFA Brasil 2013 e o primeiro jogo do campeonato: Brasil 3 vs. 0 Japão, com gols de Neymar, Paulinho e . O jogo quebrou o recorde de público do estádio: mais de 67.000 torcedores compareceram.[30][31]
  • 15 de junho de 2014: O estádio recebeu a primeiro jogo de Brasília da Copa do Mundo FIFA de 2014, Suíça 2 vs. 1 Equador
 
Vista panorâmica do interior do estádio após a conclusão de sua reconstrução.

Referências

  1. a b 10 de março de 2013 http://globoesporte.globo.com/futebol/copa-do-mundo/noticia/2013/03/estadio-mane-garrincha-faz-39-anos-e-ex-jogadores-relembram-historias.html. Consultado em 7 de julho de 2014  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  2. Daniel Cariello (16 de junho de 2006). «Legião Urbana em Brasília: 18 anos depois». Consultado em 19 de fevereiro de 2012 
  3. «Novo estádio ficará pronto no fim de 2009». Fazenda.gov.br. 18 de julho de 2007. Consultado em 14 de abril de 2013 [ligação inativa]
  4. «Novidades sobre a reforma do Estádio Mané Garrincha». Portal Brasília 2014. 18 de fevereiro de 2009. Consultado em 14 de abril de 2013. Arquivado do original em 24 de maio de 2013 
  5. «Novidades sobre a reforma do Estádio Mané Garrincha». Portal Brasília 2014. 29 de maio de 2009. Consultado em 14 de abril de 2013. Arquivado do original em 19 de maio de 2013 
  6. Thales Calipo (31 de maio de 2009). «Sem surpresas, Fifa anuncia sedes da Copa do Mundo de 2014». Portal UOL. Consultado em 1 de abril de 2013 
  7. «Cancelada licitação para reforma no Estádio Mané Garrincha». Portal Brasília 2014. 26 de fevereiro de 2010. Consultado em 14 de abril de 2013. Arquivado do original em 15 de abril de 2013 
  8. «Atrasada, Brasília lança edital de arena da Copa». Portal 2014. 5 de maio de 2010. Consultado em 14 de abril de 2013. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  9. «Andrade e Via vencem licitação do Estádio de Brasília». Portal Brasília 2014. 7 de julho de 2010. Consultado em 14 de abril de 2013. Arquivado do original em 5 de junho de 2013 
  10. «Obras do Mané Garrincha seguem para etapa de fundações». Portal 2014. 13 de dezembro de 2010. Consultado em 14 de abril de 2013. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  11. «Após tentativa frustrada, demolição do Mané Garrincha fica sem data». Portal 2014. 17 de maio de 2011. Consultado em 14 de abril de 2013. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  12. «Fifa confirma Brasília na abertura da Copa das Confederações». Portal 2014. 6 de outubro de 2011. Consultado em 14 de abril de 2013. Arquivado do original em 14 de setembro de 2014 
  13. «Brasília ergue "floresta de pilares" no estádio da Copa; veja fotos». Portal 2014. 8 de fevereiro de 2012. Consultado em 1 de abril de 2013. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  14. «Com 72% das obras, Mané Garrincha conclui anel de pilares da estrutura». Portal 2014. 28 de agosto de 2012. Consultado em 1 de abril de 2013. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  15. «Após conclusão das arquibancadas, estádio de Brasília atinge 76%». Portal 2014. 28 de setembro de 2012. Consultado em 1 de abril de 2013. Arquivado do original em 23 de maio de 2013 
  16. «Secopa-DF confirma cadeiras vermelhas, mas desmente "escolha política"». Portal 2014. 4 de outubro de 2012. Consultado em 1 de abril de 2013. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  17. «Com 81% das obras, Mané Garrincha se prepara para montar a cobertura». Portal 2014. 29 de outubro de 2012. Consultado em 1 de abril de 2013. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  18. «Elefante branco? Brasília quer receber jogos dos estaduais de RJ e SP». Portal 2014. 27 de novembro de 2012. Consultado em 1 de abril de 2013. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  19. «Mané Garrincha, 84% concluído, segue na fase de içamento da cobertura». Portal 2014. 11 de dezembro de 2012. Consultado em 1 de abril de 2013. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  20. «Orçado em mais de R$ 1 bilhão, Mané Garrincha chega a 87% das obras». Portal 2014. 7 de janeiro de 2013. Consultado em 1 de abril de 2013. Arquivado do original em 31 de agosto de 2014 
  21. «Mané Garrincha inicia instalação da membrana da cobertura». Portal 2014. 20 de fevereiro de 2013. Consultado em 1 de abril de 2013. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  22. «Instalado o último módulo da cobertura do Mané Garrincha». Portal 2014. 26 de março de 2013. Consultado em 1 de abril de 2013. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  23. «Fifa teria vetado nome Mané Garrincha em Brasília, mas GDF nega». Portal 2014. 5 de abril de 2013. Consultado em 7 de abril de 2013. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  24. «Gramado atrasa e inauguração do Mané Garrincha será no dia 18 de maio». Portal 2014. 15 de abril de 2013. Consultado em 29 de abril de 2013. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  25. «Mané Garrincha terá gramado nesta quarta-feira, garante governo». Portal 2014. 29 de abril de 2013. Consultado em 29 de abril de 2013. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  26. «Plantio do gramado do Mané Garrincha é, enfim, concluído». Portal 2014. 1 de maio de 2013. Consultado em 4 de maio de 2013. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  27. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome reinauguração
  28. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome jogo-recorde-santos-fla
  29. 29 de abril de 2013 http://esportes.terra.com.br/flamengo/na-despedida-de-neymar-santos-e-flamengo-empatam-sem-gols-no-df,1e8ca0e1f62ee310VgnVCM5000009ccceb0aRCRD.html. Consultado em 7 de julho de 2014  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  30. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Só seleção se salva na abertura da Copa das Confederações
  31. http://esportes.terra.com.br/futebol/ficha-tecnica-brasil-3-x-0-japao,1f62e81e2424f310VgnCLD2000000ec6eb0aRCRD.html. Consultado em 7 de julho de 2014  Em falta ou vazio |título= (ajuda)