Lista de presidentes do Governo da Espanha

Esta é uma lista dos Presidentes do Governo da Espanha (artigo de lista da Wikimedia)

O presidente do Governo de Espanha (espanhol Presidente del Goberno de España) é o chefe de governo da Espanha. Não há data específica em que o cargo de chefe de Governo surgiu, pois o cargo não foi criado de uma vez, mas evoluiu ao longo de um período de tempo através dos tempos e os acúmulos de funções. Os historiadores modernos não conseguiram concordar quem foi o primeiro presidente do Governo da Espanha, mas Francisco Martínez de la Rosa foi o primeiro primeiro-ministro reconhecido por uma lei constitucional (o Estatuto Real Espanhol de 1834).[1]

Presidente do Governo de Espanha
Presidente del Gobierno de España
Spanish Presidential Flag.svg
Pedro Sánchez 2021 (portrait).jpg
No cargo
Pedro Sánchez

desde 2 de junho de 2018
Residência Palácio da Moncloa
Designado por Felipe VI
Duração Indeterminado
Criado em 3 de julho de 1976
Primeiro titular Adolfo Suárez
Website https://www.lamoncloa.gob.es/Paginas/index.aspx

Na atual Espanha moderna, o primeiro chefe de Governo do Reino da Espanha desde a aprovação da atual Constituição foi Adolfo Suárez.[2][3] Devido à evolução gradual do cargo, o título é aplicado aos primeiros primeiros-ministros apenas retrospectivamente e, portanto, esta lista inclui aqueles que foram referidos como tal sob vários títulos desde a criação do Conselho de Ministros em 1823. Desde o reinado de Filipe V, os primeiros-ministros receberam vários nomes como Secretário de Estado (até 1834), Presidente do Conselho de Ministros (1834-1868; 1874-1923; 1925-1936),[4][5] Presidente do Poder Executivo (1874) ou Presidente da o Governo (1938-presente), entre outros. Abaixo as denominações totais com o passar do tempo.

DenominaçãoEditar

  • Presidente do Conselho de Ministros (1834-1868)
  • Presidente da Junta Revolucionária (1868)
  • Presidente do Governo Provisório (1868-1869)
  • Presidente do Poder Executivo (1869)
  • Presidente do Conselho de Ministros (1869-1873)
  • Presidente do Poder Executivo da República Espanhola (1873-1874)
  • Presidente do Conselho de Ministros (1874)
  • Presidente do Ministério-Regencial (1874-1875)
  • Presidente do Conselho de Ministros (1875-1923)
  • Presidente do Diretório Militar (1923-1925)
  • Presidente do Conselho de Ministros (1925-1939)
  • Chefe do Governo de Estado (1936-1938)
  • Presidente do Governo (1938-presente)

Lista de chefes de GovernoEditar

Retrato Presidente Início do Mandato Fim do Mandato Partido Chefe de Estado
Reino de Espanha (1834-1868)
 
15 de janeiro de 1834
7 de junho de 1835
Rainha Regente
Maria Cristina das Duas Sicílias
(1833-1840)
 
José María Queipo de Llano
7.º Conde de Toreno
(1786-1843)
7 de junho de 1835
14 de setembro de 1835
 
14 de setembro de 1835
25 de setembro de 1835
Progressista
 
25 de setembro de 1835
15 de maio de 1836
Progressista
 
Francisco Javier de Istúriz
(1790-1871)
15 de maio de 1836
14 de agosto de 1836
 
José María Calatrava
(1781-1846)
14 de agosto de 1836
18 de agosto de 1837
Progressista
 
18 de agosto de 1837
18 de outubro de 1837
Progressista
 
Eusebio Bardají y Azara
(1776-1842)
18 de outubro de 1837
16 de dezembro de 1837
 
Narciso Heredia
Conde de Ofalia
(1775-1847)
16 de dezembro de 1837
6 de setembro de 1838
 
Bernardino Fernández de Velasco
14.º Duque de Frías
(1783-1851)
6 de setembro de 1838
9 de dezembro de 1838
 
Evaristo Pérez de Castro
(1778-1849)
9 de dezembro de 1838
20 de julho de 1840
 
Antonio González
(1792-1876)
20 de julho de 1840
12 de agosto de 1840
Progressista
 
Valentín Ferraz
(1792-1866)
12 de agosto de 1840
28 de agosto de 1840
Progressista
 
Modesto Cortázar
(1783-1862)
29 de agosto de 1840
11 de setembro de 1840
Progressista
 
Vicente Sancho
(1784-1860)
11 de setembro de 1840
16 de setembro de 1840
Progressista
 
16 de setembro de 1840
10 de maio de 1841
Progressista
Regente
Baldomero Espartero
(1840-1843)
 
Joaquín María Ferrer
(1777-1861)
10 de maio de 1841
20 de maio de 1841
Progressista
 
Antonio González
(1792-1876)
20 de maio de 1841
17 de junho de 1842
Progressista
 
17 de junho de 1842
9 de maio de 1843
Progressista
 
Joaquín María López
(1798-1855)
9 de maio de 1843
19 de maio de 1843
Progressista
 
Álvaro Gómez Becerra
(1771-1855)
19 de maio de 1843
23 de julho de 1843
Progressista
 
Joaquín María López
(1798-1855)
23 de julho de 1843
20 de novembro de 1843
Progressista
Rainha
Isabel II
(1843-1868)
 
20 de novembro de 1843
29 de novembro de 1843
Progressista
 
5 de dezembro de 1843
3 de maio de 1844
 
3 de maio de 1844
11 de fevereiro de 1846
 
Manuel de Pando
6.º Marquês de Miraflores
(1792-1872)
12 de fevereiro de 1846
16 de março de 1846
 
16 de março de 1846
5 de abril de 1846
 
Francisco Javier de Istúriz
(179-1871)
5 de abril de 1846
28 de janeiro de 1847
 
Carlos Martínez de Irujo
2.º Marquês de Casa Ijuro
(1802-1855)
28 de janeiro de 1847
28 de março de 1847
 
Joaquín Francisco Pacheco
(1808-1865)
28 de março de 1847
31 de agosto de 1847
 
Florencio García Goyena
(1783-1855)
12 de setembro de 1847
4 de outubro de 1847
 
4 de outubro de 1847
19 de outubro de 1849
 
Serafín María de Sotto
3.º Conde de Clonard
(1793-1862)
19 de outubro de 1849
20 de outubro de 1849
 
20 de outubro de 1849
10 de janeiro de 1851
 
14 de janeiro de 1851
14 de dezembro de 1852
 
Federico de Roncali
1.º Conde de Alcoy
(1806-1857)
14 de dezembro de 1852
14 de abril de 1853
 
Francisco de Lersundi
(1817-1874)
14 de abril de 1853
14 de setembro de 1853
 
Luis José Sartorius
1.º Conde de San Luis
(1820-1871)
14 de setembro de 1853
17 de julho de 1854
 
Fernando Fernández de Córdova
2.º Conde de Mendogorría
(1809-1883)
17 de julho de 1854
18 de julho de 1854
 
18 de julho de 1854
19 de julho de 1854
 
19 de julho de 1854
14 de julho de 1856
Progressista
 
14 de julho de 1856
12 de outubro de 1856
União Liberal
 
12 de outubro de 1856
15 de outubro de 1857
 
Francisco Armero
Marquês de Nevión
(1804-1866)
15 de outubro de 1857
14 de janeiro de 1858
 
Francisco Javier de Istúriz
(179-1871)
14 de janeiro de 1858
30 de junho de 1858
 
30 de junho de 1858
7 de novembro de 1859
União Liberal
 
Saturnino Calderón Collantes
(1799-1864)
7 de novembro de 1859
30 de abril de 1860
União Liberal
 
30 de abril de 1860
2 de março de 1863
União Liberal
 
Manuel de Pando
6.º Marquês de Miraflores
(1792-1872)
2 de março de 1863
17 de janeiro de 1864
 
Lorenzo Arrazola
(1797-1873)
17 de janeiro de 1864
1.º de março de 1864
 
Alejandro Mon
(1801-1882)
1.º de março de 1864
16 de setembro de 1864
 
16 de setembro de 1864
21 de junho de 1865
 
21 de junho de 1865
10 de julho de 1866
União Liberal
 
10 de julho de 1866
23 de abril de 1868
 
23 de abril de 1868
19 de setembro de 1868
 
José Gutiérrez de la Concha
Marquês de Havana
(1809-1895)
19 de setembro de 1868
30 de setembro de 1868
(Deposto)
 
3 de outubro de 1868
18 de junho de 1869
União Liberal
Regente
Francisco Serrano
(1868-1871)
 
18 de junho de 1869
27 de dezembro de 1870
(Assassinado)
Progressista
 
Juan Bautista Topete
(1821-1885)
27 de dezembro de 1870
4 de janeiro de 1871
União Liberal
Rei
Amadeu I
(1871-1873)
 
4 de janeiro de 1871
24 de julho de 1871
União Liberal
 
24 de julho de 1871
5 de outubro de 1871
Democrático Radical
 
José Malcampo
3.º Marquês de San Rafael
(1828-1880)
5 de outubro de 1871
21 de dezembro de 1871
Constitucional
 
21 de dezembro de 1871
26 de maio de 1872
Constitucional
 
26 de maio de 1872
13 de junho de 1872
Cons
 
13 de junho de 1872
11 de fevereiro de 1873
Democrático Radical
 
12 de fevereiro de 1873
11 de junho de 1873
Republicano Democrático Federal
 
11 de junho de 1873
18 de julho de 1873
Republicano Democrático Federal
 
18 de julho de 1873
7 de setembro de 1873
Republicano Democrático Federal
 
Emilio Castelar
(1832-1899)
7 de setembro de 1873
3 de janeiro de 1874
Republicano Democrático Federal
 
3 de janeiro de 1874
26 de fevereiro de 1874
Republicano Democrático Federal
 
Juan de Zavala
Marquês de Sierra Bullones
(1804-1879)
26 de fevereiro de 1874
29 de junho de 1874
Constitucional
 
3 de setembro de 1874
31 de dezembro de 1874
Constitucional
 
31 de dezembro de 1874
12 de setembro de 1875
Rei
Afonso XII
(1875-1886)
 
12 de setembro de 1875
2 de dezembro de 1875
 
2 de dezembro de 1875
7 de março de 1879
 
7 de março de 1879
9 de dezembro d
 
9 de dezembro de 1879
8 de fevereiro de 1881
 
8 de fevereiro de 1881
13 de outubro de 1883
Liberal
 
13 de outubro de 1883
18 de janeiro de 1884
Esquerda Dinástica
 
18 de janeiro de 1884
27 de novembro de 1885
 
27 de novembro de 1885
5 de julho de 1890
Liberal
Rainha Regente
Maria Cristina da Áustria
(1886-1902)
 
5 de julho de 1890
11 de dezembro de 1892
 
11 de dezembro de 1892
23 de março de 1895
Liberal
 
23 de março de 1895
8 de agosto de 1897
(Morreu no cargo)
 
8 de agosto de 1897
4 de outubro de 1897
 
4 de outubro de 1897
4 de março de 1899
Liberal
 
4 de março de 1899
23 de outubro de 1900
 
23 de outubro de 1900
6 de março de 1901
 
6 de março de 1901
6 de dezembro de 1902
Liberal
 
6 de dezembro de 1902
20 de julho de 1903
Rei
Afonso XIII
(1902-1931)
 
20 de julho de 1903
5 de dezembro de 1903
 
Antonio Maura
(1853-1925)
5 de dezembro de 1903
16 de dezembro de 1904
 
16 de dezembro de 1904
27 de janeiro de 1905
 
27 de janeiro de 1905
23 de junho de 1905
 
23 de junho de 1905
1.º de dezembro de 1905
Liberal
 
Segismundo Moret
(1833-1913)
1.º de dezembro de 1905
6 de julho de 1906
Liberal
 
6 de julho de 1906
30 de novembro de 1906
Liberal
 
Segismundo Moret
(1833-1913)
30 de novembro de 1906
4 de dezembro de 1906
Liberal
 
4 de dezembro de 1906
25 de janeiro de 1907
Liberal
 
Antonio Maura
(1853-1925)
25 de janeiro de 1907
29 de outubro de 1909
 
Segismundo Moret
(1833-1913)
29 de outubro de 1909
9 de fevereiro de 1910
Liberal
 
José Canalejas
(1854-1912)
9 de fevereiro de 1910
12 de novembro de 1912
(Morreu no cargo)
Liberal
 
14 de novembro de 1912
27 de outubro de 1913
Liberal
(Romanistas)
 
Eduardo Dato
(1856-1921)
27 de outubro de 1913
9 de dezembro de 1915
Conservador
(Datista)
 
9 de dezembro de 1915
19 de abril de 1917
Liberal
(Romanistas)
 
19 de abril de 1917
11 de junho de 1917
Liberal Democrata
 
Eduardo Dato
(1856-1921)
11 de junho de 1917
3 de novembro de 1917
Conservador
(Datista)
 
3 de novembro de 1917
22 de março de 1918
Liberal Democrata
 
Antonio Maura
(1853-1925)
22 de março de 1918
9 de novembro de 1918
Conservador
(Maurista)
 
9 de novembro de 1918
5 de dezembro de 1918
Liberal Democratas
 
5 de dezembro de 1918
19 de abril de 1919
Liberal
(Romanistas)
 
Antonio Maura
(1853-1925)
19 de abril de 1919
20 de julho de 1919
Conservador
(Mauristas)
 
20 de julho de 1919
12 de dezembro de 1919
Conservador
(Datista)
 
12 de dezembro de 1919
5 de maio de 1920
 
Eduardo Dato
(1856-1921)
5 de maio de 1920
8 de março de 1921
(Assassinado)
Conservador
(Datista)
 
13 de março de 1921
18 de agosto de 1921
 
Antonio Maura
(1853-1925)
18 de agosto de 1921
8 de março de 1922
Conservador
(Maurista)
 
8 de março de 1922
7 de dezembro de 1922
 
7 de dezembro de 1922
15 de setembro de 1923
(Deposto)
Liberal Democratas
 
15 de setembro de 1923
30 de janeiro de 1930
União Patriótica
 
30 de janeiro de 1930
18 de fevereiro de 1931
Nenhum
Militar
 
18 de fevereiro de 1931
14 de abril de 1931
Nenhum
Militar
 
14 de abril de 1931
14 de outubro de 1931
Direito Liberal Republicano
Presidente do Governo Provisório
Niceto Alcalá-Zamora
(1931)
 
14 de outubro de 1931
12 de setembro de 1933
Ação Republicana
 
12 de setembro de 1933
8 de outubro de 1933
Republicano Radical
 
8 de outubro de 1933
16 de dezembro de 1933
Republicano Radical
 
16 de dezembro de 1933
28 de abril de 1934
Republicano Radical
 
Ricardo Samper
(1881-1938)
28 de abril de 1934
4 de outubro de 1934
Republicano Radical
 
4 de outubro de 1934
25 de setembro de 1935
Republicano Radical
 
25 de setembro de 1935
14 de dezembro de 1935
 
Manuel Portela
(1867-1952)
16 de dezembro de 1935
19 de fevereiro de 1936
Centro Democrático
 
16 de fevereiro de 1936
10 de maio de 1936
Esquerda Republicana
 
Augusto Barcía Trelles
(1881-1961)
10 de maio de 1936
13 de maio de 1936
Esquerda Republicana
 
13 de maio de 1936
18 de julho de 1936
Esquerda Republicana
 
18 de julho de 1936
19 de julho de 1936
 
José Giral
(1879-1962)
19 de julho de 1936
4 de setembro de 1936
Esquerda Republicana
 
4 de setembro de 1936
17 de maio de 1937
 
Juan Negrín
(1892-1956)
17 de maio de 1937
5 de março de 1939
 
José Miaja
(1878-1958)
5 de março de 1939
28 de março de 1939
Nenhum
Militar
Presidente do Conselho de Defesa
José Miaja
(1939)
Espanha Franquista (1938-1973)
 
Francisco Franco
(1892-1975)
30 de janeiro de 1938
9 de junho de 1973
 
9 de junho de 1973
20 de dezembro de 1973
(Assassino)
 
20 de dezembro de 1973
5 de dezembro de 1975
Reino de Espanha (1975-atualidade)
 
5 de dezembro de 1975
1.º de julho de 1976
Rei
João Carlos
(1975-2014)
 
Adolfo Suárez
(1932-2014)
5 de julho de 1976
26 de fevereiro de 1981
Movimento Nacional
(até 1977)
União de Centro Democrático
(UDC)
(Depois de 1977)
 
26 de fevereiro de 1981
2 de dezembro de 1982
 
2 de dezembro de 1982
5 de maio de 1996
 
5 de maio de 1996
17 de abril de 2004
 
17 de abril de 2004
21 de dezembro de 2011
 
21 de dezembro de 2011
1.º de junho de 2018
(Censurado)
 
2 de junho de 2018
Presente
Rei
Filipe VI
(2014-presente)

Ver tambémEditar

Referências

  1. Congreso de los Diputados, Secretaría General (1 de abril de 1995). «Nota de la Secretaría General del Congreso de los Diputados sobre requisitos materiales para la constitución de grupo parlamentario en el Congreso de los Diputados.». Revista de las Cortes Generales: 215–223. ISSN 2659-9678. doi:10.33426/rcg/1995/34/660. Consultado em 6 de maio de 2022 
  2. Boletín Oficial del Obispado de Salamanca. 1 de janeiro de 1978. doi:10.36576/summa.10529 http://dx.doi.org/10.36576/summa.10529. Consultado em 6 de maio de 2022  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  3. «Relación cronológica de los Presidentes de la Academia (1836-1936)». Dykinson: 153–156. Consultado em 6 de maio de 2022 
  4. Moliner Prada, Antonio (1986). «ARTOLA, M.; TORTELLA, G.; BERNAL, A.M.; TOMAS Y VALIENTE, F.; MAINER, J.C. y otros, La España de la Restauración. Política, economía, legislación y cultura. I Coloquio de Segovia sobre Historia Contemporánea de España, dirigido por M. Tuñón de Lara. Madrid, 1985, 545 págs». Anales de la Universidad de Alicante. Historia Contemporánea (5). ISSN 0212-5080. doi:10.14198/ancontemp.1986.5.15. Consultado em 6 de maio de 2022 
  5. Boletín Oficial del Obispado de Salamanca (11). 1 de novembro de 1967. doi:10.36576/summa.10416