Angolanos

Angolanos são um povo e grupo étnico que habita Angola, um país na África Austral.[5][6] Eles possuem uma cultura e ancestralidade em comum.

Angolanos
Flag of Angola.svg
Bandeira de Angola
Ann Zingha.jpg
Leila Lopes 2012 Shankbone.jpg
Maria Teresa Cárcomo Lobo.jpg
Cremilda de Lima.jpg
Isabel dos Santos (cropped).jpg
Helena Moreno.jpg
Miss Angola 08 Brigith dos Santos.jpg
Aline Frazão-9390.jpg
Bruno Fernando crop.jpg
Luis Sa Silva.JPG
MonteiroTorres.jpg
Arthur Pestana (Pepetela).jpg
President MPLA, heer Neto door Den Uyl ontvangen premier Den Uyl en A Neto (r), Bestanddeelnr 927-8518 (cropped).jpg
José da Silva Maia Ferreira.png
JE Agualusa.jpg
Iran vs. Angola 2014-05-30 (074).jpg
População total

25.789.024 (Censo de 2014)[1]

Regiões com população significativa
Línguas
Português (o Quicongo, Chócue, Umbundo, Quimbundo, Ganguela e Cuanhama têm status de línguas nacionais)[2][3]
Religiões
Catolicismo romano: 56.4%
Outros cristãos: 37.0%
Religiões tradicionais africanas: 4.4%
Outras religiões: 1.1%
Sem religião: 1.0%
Fontes:[4]

A população de Angola em 2014, depois do primeiro censo pós-independência e dos resultados definitivos do Recenseamento Geral da População e Habitação 2014, é de 25 789 024 habitantes, sendo 52 por cento do sexo feminino.[7][8]

A população é composta por 37% de ovimbundos (língua umbundu), 25% de ambundos (língua quimbundo), 13% de congos e 32% de outros grupos étnicos (como os chócues, os ovambos, os vambunda e os xindongas), bem como por cerca de 2% de mestiços (mistura de europeus e africanos) e 1% de europeus. As etnias dos ambundos e ovimbundos formam, combinadas, a maioria da população (62%).[9]

O português é a língua oficial de Angola. Dentre as línguas africanas faladas no país, algumas têm o estatuto de língua nacional. Estas assim como as outras línguas africanas são faladas pelas respectivas etnias e têm dialectos correspondentes aos subgrupos étnicos.[10] A língua étnica com mais falantes em Angola é o umbundo, falado pelos ovimbundos na região centro-sul de Angola e em muitos meios urbanos. É língua materna de cerca de um terço dos angolanos.[11] O quimbundo (ou kimbundo) é a segunda língua étnica mais falada - por cerca da quarta parte da população,[11] O quicongo (ou kikongo) falado no norte, (Uíge e Zaire) tem diversos dialectos. O chócue (ou tchokwe) é a língua do leste, por excelência.

Embora as línguas étnicas sejam as habitualmente faladas pela maioria da população, o português é a primeira língua de 40%[12][13] da população angolana — proporção que se apresenta muito superior na capital do país —, enquanto cerca de 71% dos angolanos afirmam usá-la como primeira ou segunda língua.[14][15][16]

Referências

  1. Lançamento dos Resultados Definitivos do Censo 2014
  2. «Resolution adopted by Council of Ministers - Official Gazette No. 3/87 of May 1987» 
  3. «Angola Harmonização das línguas bantu dificultada pela fonética e grafia» 
  4. "Angola". Association of Religion Data Archives. 2015.
  5. «Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC)». Governo do Brasil. 25 de Junho de 2020. Consultado em 3 de Julho de 2021 
  6. Neusa Silva; João Peseiro Monteiro (14 de março de 2021). «Países da África Austral acertam estratégias comuns». Euronews. Consultado em 3 de Julho de 2021 
  7. «Angola: Setenta e um porcento da população angolana fala Língua Portuguesa». Angop. Consultado em 26 de maio de 2016 
  8. «População de Angola sobe para mais de 25,7 milhões de pessoas». Dinheiro Digital. Consultado em 26 de maio de 2016 
  9. «Veja o mapa étnico». CIA – The World Factbook – Angola. Consultado em 26 de outubro de 2013 
  10. José Redinha (1975). Etnias e culturas de Angola. Luanda: Instituto de Investigação Científica de Angola 
  11. a b «Angola. Ethnologue.com». Os 26% aqui indicados são desactualizados, de acordo com as estimativas do Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 19 de outubro de 2010 
  12. [1]
  13. [2]
  14. «Angola: português é falado por 71,15% de angolanos». Observatório da Língua Portuguesa. Consultado em 30 de março de 2016 
  15. «Mais de sete milhões de angolanos falam línguas nacionais». Angonotícias. Consultado em 26 de maio de 2016 
  16. «Entre os de 1ª e os de 2ª já somos mais de 25,7 milhões». Folha 8. Consultado em 26 de maio de 2016