Abrir menu principal

Another One Bites the Dust

"Another one Bites the Dust"
Single de Queen
do álbum The Game
Lado B "Dragon Attack"
"Don't Try Suicide"
Lançamento 22 de agosto de 1980
Formato(s) Vinil (7")
Gravação 1980
Gênero(s)
Duração 3:36
Gravadora(s) EMI e Elektra
Composição John Deacon
Produção Queen e Reinhold Mack
Cronologia de singles de Queen
"Play the Game"
(1980)
"Need Your Loving Tonight"
(1980)

"Another One Bites the Dust" é uma canção escrita pelo baixista John Deacon, da banda Queen e é a terceira faixa do álbum de 1980 "The Game".

É tido como um dos maiores sucessos dos Queen: foi uma canção que estabeleceu a ligação entre o rock dos primeiros anos da banda e os novos sons que iriam usar nos tempos seguintes, como o funk rock.[4] É reconhecida pela sua linha de baixo pulsante, na verdade há quem a compare à canção "Good Times" da banda "Chic",[4] uma das favoritas de Deacon. Fez um enorme sucesso principalmente nos EUA onde alcançou o topo das paradas de rock, soul e disco. Foi a 28ª música mais tocada nas rádios brasileiras em 1980.

Another One Bites The Dust inicialmente não seria um single, mas depois de uma sugestão de Michael Jackson, a banda decidiu lançá-la.[5] Desde o seu lançamento em 1980 que esta canção foi tocada pela banda em quase todos os seus shows fazendo enorme furor entre o público. Em 2006 esta canção foi remixada pelo Miami Project voltando as paradas de sucesso.

Uso em treino médicoEditar

Contraditoriamente, as canções "Another One Bites the Dust" (Um outro bate as botas) e "Stayin' Alive" (Ficando vivo) foram usadas para treinar médicos profissionais para prover o número correto de compressões do peito por minuto enquanto faziam CPR[6]. Ambas as músicas tem perto de 104 batidas por minuto, e 100-120 compressões peitorais são o recomendado pela British Heart Foundation[7]. A American Heart Association considera o número ideal de compressões na Reanimação cardiorrespiratória, 100 por minuto. "Stayin' Alive" tem 103 batidas rítmicas por minuto[8].

Ficha técnicaEditar

Referências

  1. Schaffner, Nicholas (1982). The British Invasion: From the First Wave to the New Wave. New York: McGraw-Hill. p. 254.
  2. Smith, Chris (2006). The Greenwood Encyclopedia of Rock History: From Arenas to the Underground, 1974-1980. Greenwood Press. p. 65. ISBN 0-313-32937-0.
  3. Breithaupt, Don; Breithaup, Jeff (2000). Night Moves: Pop Music in the Late '70s. New York: St. Martin's Press. p. 6. ISBN 978-0-312-19821-3.Breithaupt, Don; Breithaup, Jeff (2000). Night Moves: Pop Music in the Late '70s. New York: St. Martin's Press. p. 6. ISBN 978-0-312-19821-3.
  4. a b Vladimir Bogdanov (2001). All music guide to electronica: the definitive guide to electronic music. [S.l.]: Backbeat Books. 89 páginas. 9780879306281 
  5. Lisa D. Campbell (1993). Michael Jackson: the king of pop. [S.l.]: Branden Books. 49 páginas. 9780828319577 
  6. In cardiac arrest, think 'Stayin' Alive' por Elizabeth Cohen, CNN
  7. British Heart Foundation - life-saving skills. Acessado a 8 de janeiro de 2012.
  8. http://diario.iol.pt/acredite-se-quiser/musica-bee-gees-massagem-cardiaca-medicos-emergencia-paragem-respiratoria/1003197-4088.html
  Este artigo sobre um single de Queen é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.