António Brandão, Arcebispo de Goa e Primaz das Índias

António Brandão
Arcebispo da Igreja Católica
Arcebispo de Goa

Título

Primaz do Oriente
Atividade eclesiástica
Ordem Cistercienses
Ordenação e nomeação
Ordenação episcopal 24 de fevereiro de 1675
por Luís de Sousa
Nomeado arcebispo 17 de dezembro de 1674
Brasão arquiepiscopal
PrimateNonCardinal PioM.svg
Dados pessoais
Nascimento Alcobaça
1620
Morte Goa
6 de julho de 1678 (58 anos)
dados em catholic-hierarchy.org
Arcebispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

António Brandão O. Cist. (Alcobaça, Alcobaça, 1620Goa, 6 de julho de 1678[1]) foi um religioso português, Arcebispo de Goa e Primaz das Índias.

BiografiaEditar

Foi nomeado para a sé de Goa em 17 de dezembro de 1674, sendo consagrado em 24 de fevereiro de 1675 por Dom Luís de Sousa, bispo-titular de Hippo Diarrhytus, tendo como co-consagrantes a Dom Luís da Silva Teles, O.SS.T, bispo-titular de Titopolis e Dom Cristóvão de Almeida, O.S.A., bispo-auxiliar de Lisboa.[2]

Por um período, foi Governador da Índia interino, ora junto com António Pais de Sande, ora sozinho.

Referências

Ligações externasEditar

Precedido por
Cristóvão da Silveira
 
Arcebispo de Goa

16751678
Sucedido por
Manuel de Sousa e Meneses
Precedido por
Pedro de Almeida, 1.º Conde de Assumar
 
Conselheiro do 8.º Conselho de Governo Interino da Índia Portuguesa

1678
Sucedido por
o próprio
Precedido por
8.º Conselho de Governo Interino da Índia Portuguesa
 
Governador Interino da Índia Portuguesa

1678
Sucedido por
Francisco de Távora