Abrir menu principal
António Leal
Nascimento 1 de maio de 1877
Alvarães
Portugal
Morte 4 de maio de 1946 (69 anos)
Rio de Janeiro
Brasil
Ocupação Cineasta
Produtor de cinema
Diretor de fotografia
Ator
Jornalista.

António Leal (Alvarães, 1 de Maio de 1877Rio de Janeiro, 4 de Maio de 1946), foi um cineasta, diretor de fotografia, produtor de cinema e ator luso-brasileiro.

Leal fez o curso do Magistério Primário em Braga. Foi viver no Brasil quando tinha 21 anos de idade, onde se dedicou ao magistério, jornalismo e cinema. No Brasil, Leal realizou o que para muitos é a primeira obra de ficção do cinema nacional, "Os estranguladores" em 1908, o que deu a ele a fama questionável de fundador do cinema brasileiro. Foi fotógrafo da revista O Malho e fundador da produtora Photo-Cinematografia, juntamente com Giuseppe Labanca.

FilmografiaEditar

Ver tambémEditar

BibliografiaEditar

  • Grande Livro dos Portugueses (Círculo de Leitores - ISBN 972-42-0143-0)
  • ARAÚJO, Vicente de Paula. A Bela Época do Cinema Brasileiro. São Paulo: Editora Perspectiva, 1976.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.