Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
António Montes Moreira, O.F.M.
Bispo da Igreja Católica
Bispo-emérito de Bragança-Miranda
Hierarquia
Papa Francisco
Arcebispo metropolita D. Jorge Ferreira da Costa Ortiga
Ordem Religiosa Frei Michael Perry, O.F.M.
Atividade Eclesiástica
Ordem Ordem dos Frades Menores
Diocese Diocese de Bragança-Miranda
Nomeação 13 de junho de 2001
Predecessor D. António José Rafael
Sucessor D. José Manuel Garcia Cordeiro
Mandato 2001 — 2011
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 13 de julho de 1958
Nomeação episcopal 13 de junho de 2001
Ordenação episcopal 14 de outubro de 2001
por D. José da Cruz Cardeal Policarpo
Dados pessoais
Nascimento São Tomé do Castelo
30 de abril de 1935 (84 anos)
Nacionalidade português
Residência Seminário Franciscano da Luz, Largo da Luz, 11
1600-491 LISBOA
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

António Montes Moreira O.F.M. GOIH (São Tomé do Castelo, Vila Real, 30 de Abril de 1935) é um bispo católico português.

BiografiaEditar

Até à sua ordenação presbiterial a 13 de Julho de 1958, passou por Montariol (Braga), Varatojo (Torres Vedras), Convento dos Franciscanos (Leiria) e Seminário da Luz (Lisboa). Após a ordenação continuou os estudos na Universidade Católica de Louvaina (Bélgica) de 1958 a 1964, onde alguns professores foram peritos no Concílio do Vaticano II.

No Seminário da Luz (Lisboa) leccionou Sagrada Escritura e desempenhou também funções docentes no Instituto de Cultura Superior Católica (onde era director o P. António Ribeiro, futuro Cardeal-Patriarca de Lisboa). Nestes primeiros tempos de sacerdote foi também professor de Religião e Moral na Escola Agrícola da Paiã (Pontinha). No Seminário dos Olivais leccionou também durante um semestre a cadeira de Sacramentologia.

Nos primeiros anos do Concílio percorreu várias localidades do Patriarcado para divulgá-lo, juntamente com o P. António Ribeiro.

Desempenhou as funções de secretário da Faculdade de Teologia durante 13 anos. Naquele estabelecimento de ensino, exerceu também as funções de professor de História Eclesiástica.

Com uma tese de doutoramento sobre o primeiro bispo conhecido da diocese de Lisboa, D. António Montes leccionou, sobretudo, História da Igreja Antiga, Medieval e Moderna. Foi o orientador da tese de D. Manuel Clemente, bispo do Porto.

Em 1984 D. António Moreira foi eleito provincial dos Franciscanos (cargo desempenhado durante 7 anos) e conselheiro geral (durante 6 anos).

Foi director do Secretariado Geral da Conferência Episcopal Portuguesa.

Apesar de ser transmontano, D. António Montes passou grande parte da sua vida em Lisboa, ao todo 36 anos entre seminarista e padre.

A 13 de Junho de 2001 foi nomeado bispo da Diocese de Bragança-Miranda pelo Papa João Paulo II. Foi ordenado bispo a 14 de Outubro de 2001 por D. José Policarpo, D. António Rafael e D. Joaquim Gonçalves.

Por limite de idade, a sua resignação foi aceite a 18 de Julho de 2011.

A 19 de Junho de 2014 foi feito Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.[1]

Referências

  1. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "António Montes Moreira". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 3 de abril de 2016 

Ligações externasEditar