Abrir menu principal
António Rendas
António Rendas em 2014
Nome completo António Manuel Bensabat Rendas
Conhecido(a) por Reitor da Universidade NOVA de Lisboa
Nascimento 19 de abril de 1949 (70 anos)
Lisboa
Nacionalidade Portugal Portuguesa
Ocupação Professor catedrático
Investigador, Autor
Principais interesses Investigação médico-científica
Gestão universitária
Doenças respiratórias

António Manuel Bensabat Rendas GCIP (Lisboa, 19 de abril de 1949), pai de António Serras Rendas e de Ana Vera Serras Rendas , é um professor catedrático de medicina e investigador na área das doenças respiratórias.[1] Foi Reitor da Universidade NOVA de Lisboa, tendo sido eleito pela primeira vez para o cargo em 2007[2] e sucedido no cargo por João Sáàgua em 2017.[3]

Foi Presidente do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) entre 2010 e 2014.[4] É atualmente académico titular da Academia Nacional de Medicina de Portugal, membro do Comité de Direção da Rede UNICA (Network of Universities from the Capitals of Europe)[5] e integra o Conselho de Curadores da Universidade Aga Khan.[6]

Índice

BiografiaEditar

É licenciado pela Faculdade de Medicina de Lisboa (1972) e Doutorado na área de Patologia Experimental pelo Cardiothoracic Institute da Universidade de Londres (1977).[7] Foi bolseiro de investigação da Fundação Calouste Gulbenkian, entre 1974 e 1976, no Departamento de Patologia Experimental, do Brompton Hospital, no Cardiothoracic Institute da Universidade de Londres.[8] Mais tarde, a partir de 1990, foi Membro do Conselho Consultivo de Bolsas de Estudo do Serviço de Educação e Bolsas, da Fundação Calouste Gulbenkian.[1]

Em 1977-78, foi Investigador Associado em Patologia, no Departamento de Patologia no Children's Hospital Medical Center, na Harvard Medical School.

Dirigiu o Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa (IHMT), entre 1983 e 1986.[8] Foi também Diretor da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da mesma Universidade, de 1996 a 2006, onde é catedrático de Fisiopatologia desde 1982.[9]

Entre 1992 e 1994, foi Coordenador do Projeto responsável pela introdução do método de aprendizagem por problemas no ensino médico, em Portugal, em colaboração com o Departamento de Educação Médica da Southern Illinois University School of Medicine, com o apoio da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento.[10] Entre 1995 e 1997, exerceu ainda o cargo de Vice-Presidente da Sociedade Portuguesa de Pneumologia.

Entre 2005 e 2008, foi Coordenador do Conselho Nacional de Ensino e Educação Médica da Ordem dos Médicos,[11] função que desempenhava quando foi eleito Reitor da Universidade NOVA de Lisboa, em 2007. Nesta instituição, viu o seu mandato de Reitor renovado em 2013, pelo Conselho Geral.[12]

Carreira internacionalEditar

Deu os primeiros passos na carreira internacional em 1977, quando terminou o doutoramento no Cardiothoracic Institute da Universidade de Londres. No mesmo ano, foi investigador associado da Escola Médica de Harvard, em Boston, nos Estados Unidos,[13] tendo permanecido nesta instituição até 1978.

Entre as instituições internacionais que integrou, destaca-se a Organização Mundial da Saúde, com a qual colaborou como consultor para as áreas da formação médica e treino especializado, entre 1984 e 1986.[14] Participou ainda num projeto da mesma organização, na área do desenvolvimento de materiais para a saúde em Moçambique.[14]

Entre 1998 e 2006, foi membro eleito do Council da International Society for Pathophysiology e Coordenador da Comissão de Ensino. De 2002 a 2006, foi membro do Executive Council da Association of Medical Schools in Europe (AMSE).

Esteve envolvido na adaptação do Processo de Bolonha ao curso de Medicina, em 2004, enquanto Membro do respetivo Grupo de Trabalho, no âmbito do Conselho Superior de Ciência, Tecnologia e Inovação.[11] De 2010 a 2014, foi ainda membro do Council da Associação das Universidades Europeias.

É atualmente Membro do Comité de Direção da Rede UNICA (Network of Universities from the Capitals of Europe), eleito em 2015 para exercer o segundo mandato.[5]

Principais áreas de investigaçãoEditar

  • Patologia respiratória.
  • Avaliação biomédica do envelhecimento.
  • Fisiologia e fisiopatologia da respiração.
  • Educação médica.
  • Aprendizagem por problemas e mapas conceptuais.
  • Administração universitária e indicadores de gestão.[1]

Principais obras publicadasEditar

É autor e/ou co-autor de 138 comunicações e de 76 artigos científicos, nacionais e internacionais. Autor de 2 livros e de 10 capítulos de livros.[11] Em destaque:

  • "Adaptações funcionais do organismo humano", em: Leituras do Homem (pp. 55-68), Almerindo Lessa (ed.). Editora Internacional, Lisboa, 1998.
  • "Síndromes dispneizantes infralaríngeas", em: Manual de Otorrinolaringologia (pp. 104-108), com Mota Carmo M. Bárbara C., Samuel Ruah e Carlos Ruah (ed.), 1999.
  • "Adaptações normais e patológicas do organismo humano durante o envelhecimento – ‘Idade Biológica’ versus ‘Idade Cronológica’", em: Envelhecer Vivendo (pp. 49-55), coordenação de A. Mota Pinto, Quarteto, 2001.
  • "No âmbito da avaliação das faculdades de medicina", em: Ensino da Medicina - realidade ibérica (pp 191-197), Fundação Bissaya Barreto, 2002.
  • "Sistema de Indicadores de Gestão 2000 - 2002 – um meio de diagnóstico e intervenção na Faculdade de Ciências Médicas", com Névoa L., Faculdade de Ciências Médicas, 2004.
  • "O futuro da saúde em Portugal", Coordenação: Fundação Calouste Gulbenkian (pp. 25-32), Companhia das Ideias, 2006.

Distinções e PrémiosEditar

Referências

  1. a b c «Programa Gilead GÉNESE - Comissão Consultiva: Prof. Doutor António Rendas». Site Oficial do Programa Gilead GÉNESE. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  2. «António Rendas preside ao CRUP». Correio da Manhã. 9 de fevereiro de 2010. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  3. «João Sáàgua toma posse como reitor da Nova esta 5.ª feira». Dinheiro Vivo. 13 de setembro de 2017. Consultado em 14 de setembro de 2017 
  4. «António Rendas nega conflito com governo para sair do CRUP». RTP. 14 de outubro de 2014. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  5. a b «Reitor da NOVA reeleito para o comité de direção da rede UNICA». Site Oficial da NOVA. 16 de outubro de 2015. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  6. University, The Aga Khan. «Board of Trustees | About AKU | The Aga Khan University». www.aku.edu. Consultado em 27 de dezembro de 2017 
  7. «Relações Diplomáticas de A a Z: António Rendas». Site Oficial do Instituto Diplomático do Ministério dos Negócios Estrangeiros. Consultado em 15 de novembro de 2016. Arquivado do original em 16 de novembro de 2016 
  8. a b «António Rendas - CE 2013». Site Oficial das Conferências do Estoril. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  9. «Divisão de Reconhecimento - Mobilidade e Cooperação Internacional: António Rendas» (PDF). Site Oficial da Direção-Geral do Ensino Superior do Ministério da Educação e Ciência. Consultado em 15 de novembro de 2016. Arquivado do original (PDF) em 16 de novembro de 2016 
  10. Rendas, António B.; Pinto, Patrícia Rosado; et al. (1997). «Aplicação ao Ensino Médico do Método de Aprendizagem por problemas (APP)». Educação Médica. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  11. a b c d e f «Curriculum Vitae do Prof. Doutor António Rendas» (PDF). Site Oficial da NOVA. Julho de 2013. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  12. «António Rendas reeleito reitor da Universidade Nova». Notícias ao Minuto. 27 de julho de 2013. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  13. «António Rendas deixa a presidência do Conselho de Reitores». RTP. 24 de setembro de 2014. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  14. a b «Fusões no Superior têm de avançar no próximo ano». Negócios. 10 de maio de 2012. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  15. «Bolsas e Prémios: Prémio Thomé Villar/Boehringer Ingelheim». Site Oficial da Sociedade Portuguesa de Pneumologia. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  16. «António Rendas distinguido com Medalha de Ouro no Dia Mundial da Saúde». Site Oficial da NOVA. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  17. Ferreira, Matilde. «My Pneumologia - Prof. Doutor António Bensabat Rendas homenageado pela Fundação Portuguesa do Pulmão» 
  18. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "António Manuel Bensabat Rendas". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 17 de fevereiro de 2018