Abrir menu principal

António Adriano de Ascensão Pires Ventura (Portalegre, 1953) é um professor universitário português e investigador na área da História.[1][2]

Índice

BiografiaEditar

Licenciado e mestre em História, António Ventura é Doutor em História Contemporânea pela Universidade de Lisboa, professor catedrático do Departamento de História da Faculdade de Letras dessa Universidade[3] e académico de número da Academia Portuguesa de História.[4][5]

António Ventura é investigador no Centro de História da Universidade de Lisboa[6]

Algumas obrasEditar

  • O Imaginário Seareiro. Ilustradores e Ilustrações da revista «Seara Nova». Lisboa : Instituto Nacional de Investigação Científica, 1989.[7]
  • José Régio e a arte popular. Portalegre; Vila do Conde : Câmara Municipal, 2001. ISBN 972-96228-5-X
  • Entre a república e a acracia: O pensamento e a ação de Emílio Costa (1897-1914). Lisboa : Colibri, 1994. ISBN 972-8047-94-0[8]
  • José Frederico Laranjo (1846-1910). Lisboa : Colibri, 1996. ISBN 972-8288-48-4
  • A carbonária em Portugal (1897-1910). 3.ª ed. Lisboa : Livros Horizonte, 2010. ISBN 978-972-24-1587-3[9]
  • Anarquistas, republicanos e socialistas: as convergências possíveis (1892-1910). Lisboa : Cosmos, 2000. ISBN 972-762-196-1
  • José Régio e a Política. Lisboa : Livros Horizonte, 2003. ISBN 972-24-1203-5
  • Memórias da resistência: literatura autobiográfica da resistência ao Estado Novo. Lisboa : Câmara Municipal de Lisboa, 2001.
  • Guerra das Laranjas (1801). Matosinhos : Quid Novi, 2008. ISBN 978-989-628-075-8

Algumas obras sobre a maçonaria portuguesaEditar

FontesEditar

A fonte para as obras de António Ventura é a PORBASE : Base Nacional de Dados Bibliográficos.[10]

Referências

  1. Cf. António Ventura no site da Wook.
  2. Cf. António Ventura no site da Assembleia da República.
  3. Cf. Docentes do departamento de História da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.
  4. Cf. Academia Portuguesa de História.
  5. Cf. Registo Biográfico[ligação inativa] dos docentes das instituições de ensino superior portuguesas.
  6. Investigadores Arquivado em 20 de janeiro de 2017, no Wayback Machine. do Centro de História da Universidade de Lisboa.
  7. Tese de mestrado em História Contemporânea apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.
  8. Tese de doutoramento em História Contemporânea.
  9. A primeira edição data de 2004.
  10. Cf.António Ventura na PORBASE.