Antônio Ferreira de Macedo

Dom Antônio Ferreira de Macedo, CSsR (Guaratinguetá, 21 de outubro de 1902Aparecida, 28 de fevereiro de 1989) foi um arcebispo católico brasileiro de Aparecida.

Antônio Ferreira de Macedo
Arcebispo da Igreja Católica
Arcebispo-coadjutor de Aparecida
Atividade eclesiástica
Congregação Congregação do Santíssimo Redentor
Diocese Arquidiocese de Aparecida
Nomeação 22 de junho de 1964
Mandato 1964 - 1977
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 20 de julho de 1928
por Dom Michael Cardeal von Faulhaber
Nomeação episcopal 20 de abril de 1955
Ordenação episcopal 11 de junho de 1955
por Dom Armando Lombardi
Nomeado arcebispo 22 de junho de 1964
Brasão arquiepiscopal
Archbishop hc.png
Dados pessoais
Nascimento Guaratinguetá
21 de outubro de 1902
Morte Aparecida
28 de fevereiro de 1989 (86 anos)
Nacionalidade brasileiro
Funções exercidas -Bispo-auxiliar de São Paulo (1955-1964)
dados em catholic-hierarchy.org
Arcebispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Nasceu na Fazenda Natal, em Guaratinguetá, aos 21 de outubro de 1902.Teve 12 irmãos. Foi batizado em Aparecida, aos 04 de janeiro de 1903, ingressou no juvenato em Aparecida em 1916. De 1923 até 1928 estudou Filosofia e Teologia na Alemanha, tendo sido ordenado pelo Cardeal Faulhaber, em 1928.

Entre os anos de 1931 e 1942,Dom Macedo trabalhou como missionário, passando então a ocupar cargos de reitor, nas casas de Tietê e São Paulo, de Cachoeira do Sul (RS) e novamente na Penha, em São Paulo. De 1948 a 1955 foi Superior Provincial.

Em 1955 foi eleito Bispo Auxiliar de São Paulo por Pio XII. Ao ser criada a Arquidiocese de Aparecida, em 1958, Dom Macedo recebeu a incumbência de pô-la em andamento e passou a residir aqui como representante de seu administrador, o Cardeal Mota.

Em 1964, quando Dom Carlos Carmelo Cardeal Mota veio para Aparecida, trouxe-o consigo, para ser seu auxiliar, tendo-o consigo até sua morte, em 1982. Ele foi elevado ao título de Arcebispo Auxiliar - Sedi datus. Participou de algumas sessões do Concílio Vaticano II.

Dentre as obras que o destacaram, três aparecem com grande mérito: o prédio do Seminário Santo Afonso, a fundação da Rádio Aparecida e a construção da Basílica Nova.

Em 1950, tendo o Cardeal pedido o Colegião, onde estavam instalados os seminaristas menores redentoristas, O Pe. Macedo, então Superior Provincial, construiu, em meio a grandes dificuldades, o novo Seminário de Santo Afonso. Durante todo seu episcopado manteve uma bolsa de estudos para formação de um de nossos seminaristas.

Em Aparecida, foi nomeado administrador do Santuário Novo e, apesar da luta incansável para ver erguida a nova igreja, não se descuidou de suas atividades pastorais. Uma delas foi a peregrinação que fez com a verdadeira imagem de Nossa Senhora Aparecida, com a qual visitou centenas municípios de vários Estados brasileiros.

Com sua saúde definhando lentamente, consumido por uma artrite dolorosa, faleceu ao lado de seus confrades, pois voltara a residir no convento da comunidade do Santuário, aos 28 de fevereiro de 1989. “Talvez nem se imagine quanto esse homem de Deus fez por Aparecida e por esta Arquidiocese”, palavras de Dom Geraldo Penido, Arcebispo de Aparecida.

(Arquivo Provincial)

Ligações externasEditar

Precedido por
criação da arquidiocese
Arcebispo-Coadjutor de Aparecida
1964 - 1977
Sucedido por
Geraldo Maria de Morais Penido
  Este artigo sobre um bispo católico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.