Antônio Guites

Jogador brasileiro

Antônio Guites, mais conhecido como Zangão (Porto Alegre, 28 de janeiro de 193612 de novembro de 2021), foi um futebolista brasileiro.

Zangão
Informações pessoais
Nome completo Antônio Guites
Data de nasc. 28 de janeiro de 1936
Local de nasc. Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil
Falecido em 12 de novembro de 2021 (85 anos)
Local da morte Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil
Informações profissionais
Posição lateral-direito
Clubes profissionais
Anos Clubes
1955–1964
1965–1967
Internacional
14 de Julho

BiografiaEditar

Filho de Percilia D. Guites e do apicultor Herminio Vitalino Guites, Zangão recebeu o apelido do pai, em homenagem ao macho da abelha, por ter sido o único homem dentre sete filhos. Era viúvo de Lela, com quem esteve casado por 60 anos, até novembro de 2020.[1]

CarreiraEditar

Zangão iniciou a carreira em 1952 pelo Internacional ainda na categoria juvenil.[2] Foi alçado ao time principal em 1955 por Teté, atuando em função mais adiantada, como substituto do meio-campista Salvador, após este ser negociado com o Peñarol, do Uruguai. Posteriormente, foi deslocado para lateral-direita, posição em que consagraria. Ainda em 1955, logo em seu primeiro ano como profissional, fez parte o elenco que conquistou o o Campeonato Citadino de Porto Alegre e o Campeonato Gaúcho. Já em 1961, repetiu o feito ao ser campeão estadual como capitão da equipe, interrompendo a sequência de cinco títulos consecutivos do rival Grêmio.

Em 1965, foi laureado pelo Internacional, após completar dez temporadas vestindo a camisa do clube, pelo qual disputou 334 partidas.[3] Zangão ainda jogou por três anos pelo Grêmio Esportivo e Recreativo 14 de Julho, de Passo Fundo. Depois, encerrou a carreira. Trabalhou no Departamento Estadual de Portos, Rios e Canais (DEPRC) até se aposentar.

Chegou a ser convocado para a Seleção Brasileira de Futebol que disputou os Jogos Pan-Americanos de 1959, em Chicago. No entanto, solicitou dispensa ao treinador Oswaldo Rolla para casar-se com sua esposa Leila.[4]

MorteEditar

Zangão morreu em 12 de novembro de 2021, em Porto Alegre, vítima de infarto. A família não realizou velório. O corpo de Zangão foi cremado. Ele deixou dois filhos e seis netos.[1]

TítulosEditar

Internacional

Referências

  1. a b Clicrbs (13 de novembro de 2021). «Morre Zangão, ex-lateral do Inter nos anos 1950 e 1960». Consultado em 14 de novembro de 2021 
  2. Sport Club Internacional. «Zangão». Consultado em 14 de novembro de 2021 
  3. Sport Club Internacional (13 de novembro de 2021). «Luto pela morte de Zangão». Consultado em 14 de novembro de 2021 
  4. Terceiro Tempo. «Zangão - Que fim levou?». Consultado em 14 de novembro de 2021