Abrir menu principal

Antônio Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque, barão de Vila Viçosa

Antônio Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque
Nascimento 13 de março de 1841
Santo Amaro
Morte 19 de maio de 1915 (74 anos)
Santo Amaro
Cidadania Brasil
Ocupação político

Antônio Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque, primeiro e único barão de Vila Viçosa, com título concedido em 26 de abril de 1879,[1] (Santo Amaro, 13 de março de 1841Santo Amaro, 19 de maio de 1915) foi um jurista, escritor, deputado durante a Constituinte de 1891 e a primeira legislatura (1891-1893)[2] e musicista brasileiro.

BiografiaEditar

Filho de Maria Violante de Mattos e Inácio Pires de Carvalho e Albuquerque, portanto, sobrinho do Visconde da Torre de Garcia d'Ávila e descendente dos morgados da Casa da Torre.

Era casado com Francelina Maria da Conceição, de quem teve filhos, e possuía uma grande biblioteca onde pessoas como o escritor Eugênio Gomes fizeram suas primeiras leituras.

Referências

  1. Pereira, Wendel Albert O. O Almanaque Imperial. [S.l.]: Clube de Autores (managed). p. 248. 356 páginas 
  2. «Constituição91». www.planalto.gov.br. Consultado em 3 de julho de 2019 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.