Abrir menu principal
Antônio Soares Calçada
Nascimento 16 de abril de 1923
Portugal
Morte 5 de agosto de 2019 (96 anos)
Rio de Janeiro
Cidadania Brasil
Ocupação dirigente esportivo

Antônio Soares Calçada (Portugal, 16 de abril de 1923Rio de Janeiro, 5 de agosto de 2019) foi um dirigente esportivo luso-brasileiro, ex-presidente do Club de Regatas Vasco da Gama.

BiografiaEditar

Chegou ao Brasil em 1935, se tornando sócio do clube em 1942 e depois Conselheiro em 1948. Em 1950 começou sua trajetória na diretoria vascaína como diretor de Tênis de Mesa. Tendo se destacado, foi chamado pelo presidente Cyro Aranha em 1952 para ser assessor da presidência e diretor de patrimônio. Em 1954 se tornou vice-presidente de futebol na presidência de Arthur Pires, cargo que ocupou ainda nas presidências de João da Silva Rocha, Manoel Joaquim Lopes e Alberto Pires Ribeiro. Depois de mais de 30 anos militando no Vasco, foi o 41º presidente do Vasco, entre 1983 e 2000[1] e elegendo seu sucessor, Eurico Miranda, e foi presidente de honra do mesmo clube desde 2000.[2]

HistóricoEditar

EleiçõesEditar

1976
Apoiou a chapa vencedora "Vila Olímpica Vascaína", de Agathyrno Gomes contra a chapa de oposição "Renovação Vascaína", no pleito de 12 de novembro de 1976 -

para o triênio 77/78/79.[3]

  1. Vila Olímpica Vascaína - 2334 votos
  2. Renovação Vascaína - 714 votos
1979
Participa da chapa "União Vascaína", que derrota no pleito de 18 de dezembro de 1979 a chapa de situação "Tradição Vascaína" e assume o cargo de vice-presidente de futebol no triênio 80/81/82.
  1. União Vascaína - 2710 votos
  2. Tradição Vascaína - 1020 votos
1982
Sua chapa "Vasco da Gama" derrota as chapas "União Vascaína", de Eurico Miranda e "Por Um Vasco Maior e Melhor", de Agarthyno Gomes.[4]
  1. Vasco da Gama - 2091 votos
  2. União Vascaína - 1360 votos
  3. Por um Vasco Maior e Melhor - 1292 votos
1985
12 de novembro de 1985 - Sua chapa vence a de Eurico Miranda.[5]
  1. Calçada - 2961 votos
  2. Eurico - 2592 votos

Após a eleição fez uma composição política, nomeando o mesmo Eurico para ser seu vice-presidente de futebol.[6]

1988
11 de novembro de 1988 - Sua Chapa "Rumo Ao Tri" vence as eleições, derrotando "Opção Vascaína", de Fernando Horta e "Frente Almirante de Oposição", de Levi Lafetá.[7]
  1. Rumo Ao Tri - 1564 votos
  2. Opção Vascaína - 257 votos
  3. Frente Almirante de Oposição - 25 votos
1991
12 de novembro de 1991 - Sua "Chapa Azul" vence as eleições, derrotando a chapa "Agora Vai Mudar", de Luso Soares da Costa.[8]
  1. Chapa Azul: 1201 votos
  2. Agora Vai Mudar: 612 votos
1994
11 de novembro de 1994 - Sua chapa "Rumo Ao Tetra" derrota a chapa "Dignidade Vascaína", de Nelson de Almeida.[9]
  1. Rumo Ao Tetra - 1074 votos
  2. Dignidade Vascaína - 485 votos
1997

Em 1997, Calçada enfrentava um grupo forte de oposição, o recém-criado MUV, que reunia em seus quadros Arthur Sendas (que seria o Presidente da Comissão do Centenário), Pedro Valente (que veio como 2º vice-presidente geral), Olavo Monteiro de Carvalho (como 1º vice-presidente geral) e Luso Soares da Costa, dentre outros peso-pesados do cardinalato vascaíno. Essa oposição se alia a Força Jovem - principal torcida organizada vascaína - e os protestos passaram a ser constantes e alimentados pela má fase do time de futebol. O candidato da Oposição era Jorge Salgado, economista eleito 1º vice-presidente geral de Calçada em 1988 e ex-diretor de futebol da CBF.

  1. Chapa "Azul" de Calçada - 1930 votos
  2. Corrente "Oposição Unida" - 1167 eleitores
2000

Em 2000 indicou para ser candidato de situação o então segundo vice-presidente, Eurico Miranda, que foi eleito.

TítulosEditar

Antônio Soares Calçada é dono de um respeitável histórico de títulos como Presidente do Vasco da Gama:

  • Campeão da Taça Libertadores da América 1998.
  • Campeão da Copa Mercosul 2000.
  • Campeão Brasileiro de Futebol 1989, 1997, 2000.
  • Campeão Estadual de Futebol 1982, 1987, 1988, 1992, 1993, 1994, 1998.
  • Campeão da Liga Sul-Americana de Basquete 1999, 2000.
  • Campeão Sul-Americano de Clubes de Basquete 1998, 1999.
  • Campeão Brasileiro de Basquete 2000.
  • Campeão Estadual de Basquete 1983, 1987, 1989, 1992, 1997, 2000.
  • Campeão Estadual de Remo 1998, 1999, 2000.

FinaisEditar

  • Dezembro de 1982 - Vasco 1x0 Flamengo (RJ) - Campeão Estadual de 1982
  • 9 de agosto de 1987 - Vasco 1x0 Flamengo (RJ) - Campeão Estadual de 1987
  • 22 de junho de 1988 - Vasco 1x0 Flamengo (RJ) - Campeão Estadual de 1988
  • 16 de dezembro de 1989 - Vasco 1x0 São Paulo (SP) - Campeão Brasileiro de 1989
  • 24 de novembro de 1992 - Vasco 1x0 Bangu (RJ) - Campeão Estadual de 1992
  • 16 de junho de 1993 - Vasco 0x0 Fluminense (RJ) - Campeão Estadual de 1993
  • 15 de maio de 1994 - Vasco 2x0 Fluminense (RJ) - Campeão Estadual de 1994
  • 21 de dezembro de 1997 - Vasco 0x0 Palmeiras (SP) - Campeão Brasileiro de 1997
  • 14 de maio de 1998 - Vasco 1x0 Bangu (RJ) - Campeão Estadual de 1998
  • 26 de agosto de 1998 - Vasco 2x1 Barcelona (EQUADOR) - Campeão da Copa Libertadores de 1998
  • 3 de março de 1999 - Vasco 2x1 Santos (SP) - Campeão do Torneio Rio-São Paulo de 1999
  • 20 de dezembro de 2000 - Vasco 4x3 Palmeiras (SP) - Campeão da Copa Mercosul de 2000
  • 18 de janeiro de 2001 - Vasco 3x1 São Caetano (SP) - Campeão Brasileiro de 2000

Referências

  1. a b «Presidentes do Vasco da Gama». Consultado em 8 de dezembro de 2009. Cópia arquivada em 11 de novembro de 2009 
  2. NetVasco Presidente de honra Antônio Soares Calçada completa 90 anos nesta 3ª feira Arquivado do original http://www.netvasco.com.br/n/126570/presidente-de-honra-antonio-soares-calcada-completa-90-anos-nesta-3-feira. Acessado em 23/05/2013
  3. Jornal dos Sports, 13 de novembro de 1976
  4. Jornal do Brasil, 14 de novembro de 1982
  5. Jornal do Brasil, 19 de outubro de 1985
  6. Jornal do Brasil, 14 de novembro de 1985
  7. Jornal dos Sports 12 de novembro de 1988
  8. Jornal do Brasil, 13 de novembro de 1991
  9. Jornal do Brasil, 12 de novembro de 1994
Precedido por
Alberto Pires Ribeiro
Presidente do Club de Regatas Vasco da Gama
19832000
Sucedido por
Eurico Miranda
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.