Antônio da Silva Prado Júnior

Antônio da Silva Prado Júnior
Nascimento 5 de abril de 1880
São Paulo
Morte 1955 (75 anos)
Cidadania Brasil
Ocupação engenheiro, político

Antônio da Silva Prado Júnior (São Paulo, 5 de abril de 18801955) foi um engenheiro, empresário e político brasileiro.

Formado pela Escola de Engenharia da Universidade de São Paulo, entrou para a vida política por ser filho do antigo presidente do Estado de São Paulo, conselheiro Antônio Prado. Durante o governo de Washington Luís exerceu o cargo de prefeito do então Distrito Federal, assumindo em novembro de 1926 e ficando no cargo até outubro de 1930. Vitoriosa a Revolução de 1930, Prado Júnior foi deposto e exilado. Foi também deputado estadual e diretor da Companhia Paulista de Estradas de Ferro.[1]

Prado Júnior também foi um homem ousado e pioneiro em algumas conquistas brasileiras. Em 10 de agosto de 1907, em Paris, subiu com a esposa Eglantina Penteado e Eduardo Prado no balão Lutéce, pilotado por ninguém menos que Alberto Santos-Dumont, do qual era amigo.[2] Entre 16 e 17 de abril de 1908, protagonizou, junto com outros companheiros (Clóvis Glicério, Bento Canavarro e Mário Cardim) a primeira travessia automobilística de São Paulo, numa viagem de 37 horas entre a capital paulista e a cidade de Santos. Eles utilizaram um veículo francês Motobloc, de 36 cavalos vapor. Esta história foi contada numa obra literária lançada durante as festividades do centenário desta viagem.

Em 1941, ajudou a fundar a Associação Brasileira para Prevenção de Acidentes (ABPA), no Rio de Janeiro, e foi seu primeiro presidente.

Casou-se com Eglantina Penteado em 19 de outubro de 1901 em São Paulo. Eglantina Penteado nasceu em 12 de outubro de 1883 e faleceu em 22 de abril de 1931, filha de Antonio Álvares Leite Penteado e Ana Paulina Lacerda Franco. O casal teve os seguintes filhos:

Prado Júnior foi fundador e presidente por vários anos do Club Athlético Paulistano e responsável por levar a equipe de futebol para a França onde fez uma excepcional campanha, encantando o público europeu.

Referências

  1. Antônio Prado Arquivado em 2 de janeiro de 2006, no Wayback Machine. JB Cultural acessado em 26 de abril de 2008
  2. Les ascensions au parc de l’Aéroclub de France, L’Aérophile. Paris : Aéroclub de France, 15o ano, no 9, set. 1907, p. 241.

Precedido por
Alaor Prata Leme Soares
Prefeito do Distrito Federal (1889-1960)
1926 — 1930
Sucedido por
Adolfo Bergamini