Antiátomo

O antiátomo é o correspondente ao átomo na antimatéria. Enquanto o átomo é composto por elétrons, prótons e nêutrons, o antiátomo possui pósitrons, antiprótons e antinêutrons. É representado por uma barra sobre o símbolo químico do elemento, como H, no caso do anti-hidrogênio.[1]

Diferença entre as cargas das partículas de um átomo (esquerda) e um antiátomo (direita).

De acordo com o Teorema CPT da Física de partículas, os antiátomos devem possuir praticamente as mesmas características dos átomos comuns, ou seja, devem possuir massa, momento magnético e frequências de transição iguais entre seus estados quânticos.[2] Antiátomos de anti-hidrogênio, por exemplo, brilhariam na mesma cor que o hidrogênio comum. Algo que se diferencia entre o átomo e o antiátomo é o fato da polaridade de ambos ser inversa.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Preuss, Paul (17 de novembro de 2010). «Antimatter Atoms Successfully Stored for the First Time». News Center (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2021 
  2. «What's the Matter with Antimatter?». NASA. 29 de maio de 2000. Cópia arquivada em 4 de junho de 2008 
  Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.