Abrir menu principal
Antoine-Simon Le Page du Pratz
Nascimento 1695
Morte 1775 (80 anos)
Residência França
Cidadania França
Ocupação historiador, etnógrafo, naturalista
Chefe Natchez, gravura extraída da Histoire de la Louisiane de Le Page du Pratz (1758)

Antoine-Simon Le Page du Pratz (1695?–1775)[1] foi um etnógrafo, historiador e naturalista francês ou neerlandês, recordado pela sua Histoire de la Louisiane. Foi publicada pela primeira vez em doze mensalidades, em 1751-1753 no Journal Economique, e depois completamente em três volumes em Paris em 1758. Depois da sua vitória na Guerra dos Sete Anos, os ingleses publicaram parte da obra numa tradução de 1763. Nunca foi traduzida completamente para inglês.

As memórias relatam os anos em que Le Page esteve na colónia da Luisiana, de 1718 a 1734, quando aprendeu a língua natchez e se tornou amigo dos líderes nativos. Deixou longas descrições da sociedade natchez e da sua cultura, incluindo os rituais funerários após a morte em 1725 de Serpente Tatuada, o seu segundo chefe em importância.

Também incluiu o seu relato de Moncacht-apé, explorador yazoo que lhe falou de uma viagem que completou até à costa do Pacífico e do seu regresso, provavelmente em finais do século XVII ou inícios do XVIII. Através deste viajante, Le Page conheceria as tradições orais dos povos indígenas da Costa Oeste. Falavam dos primeiros nativos americanos que alcançaram a América do Norte por uma ponte de terra a partir da Ásia. O livro de Le Page foi levado como guia pela expedição de Lewis e Clark, quando foram explorados os territórios da compra da Luisiana a partir de 1804.

Índice

Referências

NotasEditar

BibliografiaEditar

  • Shannon Lee Dawdy, "Enlightenment from the Ground: Le Page du Pratz's Histoire de la Louisiane", French Colonial History, Volume 3, 2003, pp. 17–34
  • Gordon Sayre, «Le Page du Pratz's Fabulous Journey of Discovery: Learning about Nature Writing from a Colonial Promotional Narrative», en The Greening of Literary Scholarship: Literature, Theory, and the Environment, edited by Steven Rosendale (University of Iowa Press, 2002)
  • Gordon Sayre, «Natchez Ethnohistory Revisited: New Manuscript Sources by Le Page du Pratz and Dumont de Montigny», Louisiana History 50:4 (Fall 2009), 407-436.
  • Gordon Sayre, «A Newly-discovered Manuscript Map by Antoine-Simon Le Page du Pratz: From Mississippi Bubble to "Fleuve St. Louis," a new portrait of America's greatest river», Common-place 9:4 (Junho de 2009)

Ligações externasEditar