Abrir menu principal
Anton Bruckner
Nascimento 4 de setembro de 1824
Ansfelden
Morte 11 de outubro de 1896 (72 anos)
Viena
Residência Viena
Cidadania Áustria, Império Austríaco, Áustria-Hungria
Alma mater Universidade de Música e Performances Artísticas de Viena
Ocupação compositor, musicólogo, teórico musical, professor de música, organista, professor universitário, músico
Prêmios Doutor honorário da Universidade de Viena
Empregador Universidade de Viena, Universidade de Música e Performances Artísticas de Viena
Magnum opus Sinfonia n.º 3 (Bruckner), Sinfonia n.º 4 (Bruckner), Sinfonia n.º 5, Sinfonia n.º 6 (Bruckner), Sinfonia n.º 7 (Bruckner), Sinfonia n.º 8 (Bruckner), Sinfonia n.º 9 (Bruckner), Sinfonia n.º 2, Sinfonia em Ré menor, Sinfonia n.º 1 (Bruckner)
Religião Catolicismo
Anton Bruckner.

Josef Anton Bruckner (alemão: [ˈantɔn ˈbʁʊknɐ]; 4 de setembro de 1824 - 11 de outubro de 1896) foi um compositor austríaco, organista e teórico da música mais conhecido por suas sinfonias, missas, Te Deum e motetos. Os primeiros são considerados emblemáticos do estágio final do romantismo austro-germânico por causa de sua rica linguagem harmônica, caráter fortemente polifônico e extensão considerável. As composições de Bruckner ajudaram a definir o radicalismo musical contemporâneo, devido a suas dissonâncias, modulações despreparadas e harmonias itinerantes.

Atuou como professor de escola e organista, e foi nessa qualidade que trabalhou em Linz, até se mudar em 1868 para Viena para ensinar harmonia, contraponto e órgão no Conservatório de Viena. O seu sucesso como compositor não foi constante ao longo da sua vida, sendo a sua aceitação muitas vezes condicionada pela sua própria insegurança e as suas partituras traziam problemas editoriais, devido à sua prontidão em revê-las e alterá-las. Bruckner continuou a tradição austríaco-germânica de composição em grande escala, sendo a sua técnica de composição influenciada pela sua destreza como organista e consequentemente a improvisação formal. Sua sinfonia mais popular é a n.º 4 em mi bemol maior. Seu estilo musical foi influenciado pelo seu compositor preferido, o alemao Richard Wagner. Anton Bruckner classifica-se como uma especie de Richard Wagner instrumental, de maneira que, Bruckner seria para a musica instrumental, o que Wagner foi para musica vocal.

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Anton Bruckner


  Este artigo sobre um(a) compositor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.