Abrir menu principal

Antonio Fernando de Franceschi

Antonio Fernando de Franceschi (Pirassununga, 1942) é um poeta, crítico e jornalista brasileiro.

Foi Diretor do Museu de Arte de São Paulo (1993-1994) e responsável pelos Cadernos de Literatura Brasileira editados pelo Instituto Moreira Sales[1].

Na poesia tem seu nome associado a Geração 60 ou Geração dos Novíssimos. Em 1985 recebeu o Prêmio Jabuti por Tarde revelada, seu primeiro livro de poesia publicado. Em 1987 recebeu o Troféu APCA na categoria Poesia com o livro Caminho das águas.

PublicaçõesEditar

PoesiaEditar

  • Tarde revelada.  São Paulo: Editora Brasiliense, 1985.
  • Caminho das águas.  São Paulo: Editora Brasiliense, 1987.
  • Sal.  São Paulo: Companhia das Letras, 1989.
  • Fractais.   Poemas.   São Paulo: Editora Brasiliense, 1990.
  • A Olho Nu. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.
  • Sete suítes.  São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

Ligações externasEditar

ReferênciasEditar

  1. Willer, Claudio (2005). «Antonio Fernando de Franceschi: o poeta e o divulgador de poesia (entrevista)». Agulha - revista de Cultura. Consultado em 29 de agosto de 2018 

Ver tambémEditar