Abrir menu principal
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Antonio Lotti
Nascimento 26 de março de 1954
São Paulo
Morte 15 de fevereiro de 2006 (51 anos)
São Paulo
Cidadania Brasil
Ocupação cantor lírico

Antonio Lotti Netto (São Paulo, 26 de março de 1954 - São Paulo, 15 de fevereiro de 2006) foi um cantor lírico brasileiro.

Índice

BiografiaEditar

CarreiraEditar

Filho do também tenor Roque Lotti,realizou seus estudos vocais com a renomada contralto Leila Farah. Estreou em 1982 no Teatro Municipal de São Paulo, na ópera Tosca de Puccini. Recebeu o prêmio APCA como melhor cantor lírico/revelação nesse ano.

Em 1987 estreou na Europa com a ópera Carmen, em Portugal. Fixou-se na Europa, onde foi contratado pela Ópera de Bonn, na Alemanha. Apresentou-se também na Itália (onde mais tarde passou a viver), Espanha, França, Suécia, Dinamarca, Inglaterra, Suíça, República Tcheca, Holanda, Noruega, Áustria, Bélgica, Estados Unidos, Canadá e Japão.

Apresentou-se ao lado de grandes personalidades,como Plácido Domingo, Mirella Freni, Ghena Dimitrova, Raina Kabaivanska e Renato Bruson. De volta ao Brasil, passou a lecionar canto.

FalecimentoEditar

Faleceu vítima de enfarte em sua residência, no bairro do Butantã, em São Paulo, enquanto preparava-se para viajar para o Egito, onde cantaria a ópera Aida, de Giuseppe Verdi.

Ligações externasEditar