Abrir menu principal
Antonio Seijas
O ilustrador e escritor galego Antonio Seijas Cruz, fotografado pelo Marcus Fernández na Feira do Livro de La Coruña, 2016.
Nome completo Antonio Seijas Cruz
Nascimento 19 de julho de 1976
Ferrol, A Coruña,
Espanha
Nacionalidade Galiza Galego
Ocupação Ilustrador
Principais trabalhos Un Hombre Feliz, La Luz

Antonio Seijas Cruz (Ferrol, A Coruña, 19 de julho de 1976) é um historiador de arte, ilustrador, desenhista, fotógrafo, pintor e autor de revistas em quadrinhos espanhol.

Índice

BiografiaEditar

Licenciado em Historia da Arte pela Universidade de Santiago de Compostela (1994-1998), iniciou seu trabalho com caricaturas, publicadas em revistas galegas como Golfiño[1] e Murguía[2]

Seu primeiro trabalho de ilustração foi lançado em 2006 com o título Un Hombre Feliz ,[3] com prefácio de Miguelanxo Prado. Em outubro de 2012, adaptou a obra Cartas de Inverno do autor Agustín Fernández.[4] La Luz é sua terceira obra, lançada em março de 2014, e vencedora da melhor obra de quadrinhos da Espanha. .[5] Foi o ilustrador da obra Miña querida Sherezade escrita por Andrea Maceiras, vencedora do Prêmio Moira em 2014. [6] e do livro Castañeiro de Abril, de Antonio Fraga.[7] Na área musical realizou o trabalho artístico do álbum Happiness Is the Road da banda Marillion. Contribuiu com o álbum Demon, da banda norueguesa Gazpacho, e ilustrou os álbuns das bandas Discanto, Harvest, The Wishing Tree, Nine Stones Close, John Jowitt´s arK, 50hz e The Dave.

IlustraçõesEditar

Seus quadrinhos fizeram parte de várias exposições em festivais Criou logos para marcas da David Lynch Foundation Music. Seu trabalho consta em diferentes iniciativas de caridade, como 4 Canciones de hambre y esperanza e Canción para un niño en la calle, uma campanha em que colaborou e consta com a participação de artistas como Steve Hogarth, Loquillo, Rebeldes, Lesli, Pep Sala e Jorge Lorenzo.[8]

A série de televisão La que se avecina[9] possui quatro obras do ilustrador. Durante os episódios elas são exibidas como parte do cenário.

Trabalhos Publicados[10]Editar

  • Revista Golfiño, número 67, 2003
  • Revista Na Vangarda, números 1 e 2, 2004
  • Fanzine das Xornadas, número 13, 2006
  • Coleção Crepúsculo, números 14 e 47, 2007
  • Un Hombre Feliz, 2007
  • Livro homenagem a Joan Manuel Serrat, 2008
  • Sorrisos e Boa Colleita, número 1, 2008
  • Amar unha serea, 2010
  • A casiña de chocolate, 2011
  • Cartas de Inverno, 2012
  • The Balloon Race, 2012
  • O Castañeiro de Abril, 2013
  • Mediomedo, 2013
  • La Oruga en el Bosque Creciente, 2014
  • La Luz, 2014
  • La oruga en el bosque creciente, 2014
  • Miña querida Sherezade, 2015
  • Onde vai Carlos?, 2017

Trabalhos como Ilustrador - Álbuns Musicais[11]Editar

  • Firebird (Gazpacho), 2005
  • Night (Gazpacho), 2007
  • Happiness Is The Road (Marillion), 2008
  • Ostara (The Wishing Tree), 2009
  • Tick Tock (Gazpacho), 2009
  • 4 Canciones de hambre y esperanza, 2009
  • Canción para un niño en la calle, 2009
  • Happiness Is Cologne (Marillion), 2009
  • Gravity (The Dave), 2010
  • Live in Montreal Saturday (Marillion), 2010
  • Wild Untamed Imaginings (Ark), 2010
  • Missa Atropos (Gazpacho), 2011
  • Live in Montreal Sunday (Marillion), 2011
  • March of Ghosts (Gazpacho), 2012
  • Music That Changes The World (Vários), 2012
  • Sounds That Can't Be Made (Marillion), 2012
  • Demon (Gazpacho), 2014
  • Beyond The Seventh Wave (Silhouette), 2014
  • Molok (Gazpacho), 2015
  • Leaves (Nine Stones Close), 2016
  • Absorption Lines (Jet Black Sea), 2017


PrêmiosEditar

  • 2º colocado no concurso de da revista cultural Desafío, 1994
  • Premiado no VII Concurso de Caricatunistas na VII Bienal de Caricatura de Ourense, 2004
  • Finalista do concurso de quadrinhos da Junta de Galícia, 2004
  • 2º colocado no concurso de BD em O Alfaiate, no site Empuje.net, 2005
  • 1º colocado no concurso de quadrinhos Ciudad de Dos Hermanas, 2005
  • 3º colocado no concurso de quadrinhos Mari Puri Express em Torrejón de Ardoz, 2005
  • 2º colocado no X Certame de Arteixo, 2005
  • Ganhador do II Premio Castelao da Deputación da Coruña con "Un home feliz", 2006[12]
  • Un hombre feliz - Premio Melhor Roteiro, Salón del Comic de Barcelona, 2008[13]
  • Cartas de Inverno - Prêmio Isaac Días Pardo de Melhor Livro Ilustrado da Galícia, 2012[14]
  • La Luz - Nominada melhor obra nacional de 2014 na Expocomic[15]

Ligações externasEditar

Referências

  1. La Voz de Galicia. «Banda deseñada». Consultado em 19 de dezembro de 2017 
  2. «Galicia Encantada - Enciclopedia de Fantasia Popular de Galicia». Consultado em 19 de dezembro de 2017 
  3. AGPI - Asociación Gelega de Profesionais da Ilustración. «Un Hombre Feliz de Antonio Seijas». 25 de novembro de 2007. Consultado em 26 de dezembro de 2017. Arquivado do original em 27 de dezembro de 2017 
  4. Diego Giráldez. «Cartas de inverno e un lapis dixital». 1 de novembro de 2012. Consultado em 23 de dezembro de 2017 
  5. María Fidalgo Casares. «El aresano Antonio Seijas en recta final hacia la mejor Obra de Comic España 2014». 11 de dezembro de 2014. Consultado em 23 de dezembro de 2017 
  6. Baía Edicións. «Andrea Maceiras gaña o 6.º Premio Meiga Moira 2014 de Literatura Infantil-Xuvenil». 19 de setembro de 2014. Consultado em 22 de dezembro de 2017 
  7. Telexornal Mediodía FDS. «"O castañeiro de abril" é o Premio Merlín 2013». 09 de junho de 2013. Consultado em 23 de dezembro de 2017 
  8. AGPI - Asociación Galega de Profesionais da Ilustración. «Antonio Seijas». Consultado em 23 de dezembro de 2017. Arquivado do original em 31 de março de 2017 
  9. Espacio Cultural SDI. «Exposición Antonio Seijas». Consultado em 26 de dezembro de 2017 
  10. Tebeosfera Cultura Gráfica. «Antonio Seijas Cruz». Consultado em 22 de dezembro de 2017 
  11. Discologs. «Antonio Seijas Discography». Consultado em 23 de dezembro de 2017 
  12. Consello da Cultura Galega. «Banda deseñada - autores». Consultado em 26 de dezembro de 2017 
  13. Europa Press. «La obra "Un hombre feliz" de Antonio Seijas gana el premio de banda diseñada "Castelao" de la Diputación de A Coruña». Consultado em 26 de dezembro de 2017 
  14. Baía Edicións. «Entregados os Premios da Edición 2012». 18 de março de 2013. Consultado em 26 de dezembro de 2017 
  15. Mundiario. «Antonio Seijas, nominado con La Luz al Premio de Mejor Obra Nacional 2014 Expocomic». 10 de dezembro de 2014. Consultado em 26 de dezembro de 2017