Abrir menu principal

Apama (esposa de Seleuco I Nicátor)

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Apama, veja Apama.
Apama
Nascimento Século IV a.C.
Morte Desconhecido
Cônjuge Seleuco I Nicator
Filho(s) Antíoco I Sóter, Laódice I
Ocupação consorte
Título rainha consorte

Apama foi uma esposa de Seleuco I Nicátor e mãe do seu sucessor Antíoco I Sóter.

Apama era filha de Espitamenes (Pitamenes), um general dos partas, morto por Seleuco I Nicátor.[1] Segundo Estrabão, o nome do seu pai era Artabazo.[2]

Apama era virgem, e teve duas filhas com Seleuco, Apama e Laódice.[1] Ela também foi a mãe de Antíoco I Sóter.[2][3]

Após a morte de Apama, Seleuco achou Estratonice, filha de Demétrio Poliórcetes, escondida com seu pai Demétrio na cidade de Rhosus, que havia sido fundada por Cílix, filho de Agenor.[1] Seleuco se apaixonou por Estratonice, que era muito bonita.[1] Seleuco e Estratonice tiveram uma filha, Fila.[1]

A cidade de Apameia, fundada por Seleuco, ganhou este nome em homenagem a sua esposa, Apama,[4] filha de Artabazo.[2]

Referências

  1. a b c d e João Malalas, Cronografia, Livro VIII [em linha]
  2. a b c Estrabão, Geografia, Livro XII, Capítulo 8, 15
  3. Eusébio, Crônia, 94, Os reis da Ásia Menor após a morte de Alexandre, o Grande
  4. Estrabão, Geografia, Livro XVI, Capítulo 2, 4

Árvore genealógica:

Apolo (deus)
Laódice
Antíoco
Espistamenes ou Artabazo
Seleuco I Nicátor
Apama
Apama
Laódice
Antíoco I Sóter